Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Vencedores do 1º Prêmio Brasil de TI

Vencedores do 1º Prêmio Brasil de TI

13/12/2006 Da Redação

O 1º Prêmio Brasil de TI anunciou no mês de novembro, em Brasília, os vencedores de sua primeira edição. O primeiro lugar ficou com o Siga Brasil, um sistema que permite ao cidadão comum acompanhar, via internet, as várias etapas do Orçamento da União. Já disponível, o projeto é um exemplo de como a TI pode contribuir para a transparência no serviço público.

O concurso foi criado pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) com objetivo de incentivar a criatividade na área de tecnologia da informação e utilizá-la a favor de um setor público mais eficiente. O Siga Brasil foi elaborado por equipe de profissionais do Prodasen (Secretaria Especial de Informática do Senado) e da (Conorf) Consultoria de Orçamentos, Fiscalização e Controle do Senado. Pode ser conhecido no site http://www.senado.gov.br/sf/orcamento/siga/siga.asp

O segundo e o terceiro lugares foram para projetos desenvolvidos, respectivamente, no DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral) e no Serpro. Os técnicos do DNPM Reinaldo Aciolly e Miguel Néri criaram um sistema que vai modernizar o processo de pedidos de autorização para exploração mineral no país. Conectado, o solicitante poderá localizar a área de seu interesse em um mapa virtual, preencher o pedido de autorização e na mesma hora saber se há restrições à exploração ou não, garante Reinaldo.

O terceiro colocado, um protótipo criado pela analista de sistemas Heloísa Reis e seu colega Vítor Barbosa, propõe a implementação de um sistema de medição de desempenho interno no Serpro, por meio de criação de banco de dados que reúne todos os indicadores e metas da instituição. Como o Serpro é um prestador de serviços em softwares, o sistema pode ser oferecido para implantação em qualquer outro órgão do governo.

Fonte: Engenho Criatividade & Comunicação



Startups do agronegócio entram em rodada de captação de investimentos na CapTable

Pomartec e Skydrones pretendem arrecadar um total de R$2,6mi em investimentos coletivos com cotas que podem ser adquiridas a partir de R$500.

Startups do agronegócio entram em rodada de captação de investimentos na CapTable

Como as empresas podem aumentar a segurança no uso do WhatsApp

Vivemos uma era em que a exigência por respostas rápidas é inquestionável.

Como as empresas podem aumentar a  segurança no uso do WhatsApp

Renner investirá quase R$ 1 bilhão em 2020

A Lojas Renner anunciou que vai investir R$ 910 milhões ao longo de 2020.

Renner investirá quase R$ 1 bilhão em 2020

SPC Brasil libera monitoramento gratuito de CPF no Carnaval

Consumidores que tiverem documento furtado ou perdido poderão monitorar a movimentação do seu CPF de forma gratuita por 30 dias.

SPC Brasil libera monitoramento gratuito de CPF no Carnaval

Home office: sua empresa está preparada?

A cada dia as relações e os negócios são construídos por meio de ferramentas virtuais.

Home office: sua empresa está preparada?

Endividamento Tributário é o que mais inviabiliza o crescimento da empresa

Assessoria jurídica empresarial tem competência para revisar o débito acumulado, proporcionando reduções de até 70% do valor.

Endividamento Tributário é o que mais inviabiliza o crescimento da empresa

Caixa anuncia financiamento imobiliário com juros fixos

Condições são válidas para imóveis residenciais novos e usados

Caixa anuncia financiamento imobiliário com juros fixos

Selecionando profissionais

É inegável que vivemos em um grande manancial de informações que nos chegam por todos os lados.


O que não fazer ao investir em 2020?

Saiba quais erros não cometer.


40% dos consumidores utilizaram cartão de crédito de alguma startups nos últimos 12 meses

Isenção de taxas e menos burocracia estimulam a contratação dos serviços de plataformas digitais, aponta pesquisa CNDL/SPC Brasil.

40% dos consumidores utilizaram cartão de crédito de alguma startups nos últimos 12 meses

Selecionando profissionais

É inegável que vivemos em um grande manancial de informações que nos chegam por todos os lados.

Selecionando profissionais

CNC projeta alta de 2,1% para o setor de serviços em 2020

Volume de receita do setor avançou, em 2019, pela primeira vez em cinco anos, segundo o IBGE.

CNC projeta alta de 2,1% para o setor de serviços em 2020