Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Vendas do varejo de material de construção ficam estáveis em maio

Vendas do varejo de material de construção ficam estáveis em maio

05/06/2019 Divulgação

Desempenho foi registrado na comparação sobre Abril. No acumulado do ano, setor registra alta de 3,5%.

Vendas do varejo de material de construção ficam estáveis em maio

As vendas no varejo de material de construção tiveram desempenho estável no mês de Maio. Os números da Pesquisa mensal da Anamaco mostram que, no comparativo com Abril, as vendas do setor subiram 1% e, no acumulado do ano, já somam 3,5%. Nos últimos doze meses, o reflexo no setor é de crescimento de 4,5%.

“Maio mostra que a direção que o país segue atualmente é a que alavancará a economia”, diz Cláudio Conz, presidente da Anamaco. Para ele é importante assinalar que as medidas do Governo Federal, que evitaram uma nova paralisação dos caminhoneiros no mês, foram acertadas: “Vimos como a logística é fundamental para o varejo e como a greve nos afetou em 2018. Este caminho do diálogo é positivo”.

Maio também apresentou um crescimento de 10% nas vendas do setor na comparação com o mesmo mês do ano anterior. O número exponencial deve-se ao fato de que no mesmo período, em 2018, o Brasil parou por conta do clima de caos que se instaurou no país graças à greve dos caminhoneiros (também conhecida como Crise do Diesel) durante praticamente quinze dias.

Os dados são resultado da pesquisa Tracking Anamaco, realizada pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção, que ouviu 530 lojistas de todo o Brasil entre os dias 27 e 31 de Maio de 2019.



Como cuidar do fluxo de caixa pós-pandemia

Lembrando que o poder de compra dos clientes e dos potenciais clientes também deve mudar.


Sucesso nos negócios: estratégia ou acaso?

Embora sejam simples, as estratégias não são simplistas, e a maioria avassaladora das empresas brasileiras não possui esse tipo de direcionamento.

Sucesso nos negócios: estratégia ou acaso?


Acredite, 2020 será o melhor ano da vida de muitas pessoas

Independente do cenário, muitas pessoas estão fazendo dinheiro como nunca. E a causa primária disso é a Internet.


O momento pede revisão na estratégia para manutenções

Como essa nova realidade mundial enfrentada pelo coronavírus impõe mudanças na estratégia de gestão dos ativos.


Economia brasileira recua 1,5% no primeiro trimestre

Resultado foi afetado pelo novo coronavírus e isolamento social.

Economia brasileira recua 1,5% no primeiro trimestre

O engajamento dos colaboradores em um mundo colocado à força em home office

É fato que muitas empresas, no Brasil e no mundo, já tinham essa como uma prática regular.

O engajamento dos colaboradores em um mundo colocado à força em home office

Pesquisa mostra consumo mais consciente e compromisso com a sustentabilidade

61% dos consumidores esperam que as marcas que compram tenham práticas claras de sustentabilidade.


Coronavírus provoca a maior queda da história na intenção de consumo das famílias

ICF cai 13,1% em segunda retração mensal consecutiva e atinge menor nível desde novembro de 2017.

Coronavírus provoca a maior queda da história na intenção de consumo das famílias

A hipótese das três crises

Ao colocar as pessoas em isolamento social, a pandemia do coronavírus gerou uma crise múltipla.


Shopping Centers – O desafio da reinvenção

Há a necessidade de ir mais além, mergulhar no íntimo do conhecimento do nosso cliente, usar definitivamente o que se aprendeu nos bancos da universidade - a antropologia do consumo, o atendimento personalizado, ir além.


Produtores do Cerrado fazem primeira venda coletiva de queijo minas artesanal

Produtores da Aprocer comercializam 450 quilos de queijo a um valor superior ao que vinha sendo negociado regionalmente.

Produtores do Cerrado fazem primeira venda coletiva de queijo minas artesanal