Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Vendas na Páscoa têm ligeira alta em 2019

Vendas na Páscoa têm ligeira alta em 2019

22/04/2019 Da Redação

Alta de 1,29% é insuficiente para o varejo retornar ao patamar anterior da crise econômica

Vendas na Páscoa têm ligeira alta em 2019

Confirmando a expectativa de que a recuperação econômica segue em ritmo moderado, o volume de vendas a prazo na semana anterior a Páscoa (que, este ano, foi entre os dias 14 e 20 de abril) apresentou um leve crescimento de 1,29% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Os dados são da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Em 2018, as vendas haviam recuado -0,34%, após crescer 3,34% em 2017. Já entre os anos de 2015 e 2016, as vendas no período acumularam queda de -2,24% e -13,34%, respectivamente.

Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, a alta deste ano é um sinal positivo para a retomada do crescimento do varejo e serve de termômetro para as próximas datas comemorativas, como o Dia das Mães. “O resultado é um alento para o varejo começar a dar sinais mais sólidos de recuperação, mas não é o suficiente para retornarmos ao patamar de crescimento anterior a recessão econômica. A páscoa representa a primeira grande festa do ano para o comércio e pode funcionar como uma prévia não só para o Dia das Mães, como para o desempenho da atividade comercial ao longo deste ano”, afirma Pellizzaro Junior.

Neste ano, segundo um levantamento do SPC Brasil e da CNDL, os produtos mais procurados para a Páscoa seriam os tradicionais ovos de chocolates industrializados (61%), caixas de bombons (50%), ovos de páscoa artesanais e caseiros (38%), barras de chocolate industrializadas (33%) e artesanais (25%), colombas pascoais (13%) e bebidas, como vinho (13%).



Governo anuncia mudanças no eSocial

Segundo secretário, sistema será dividido em dois até 2020

Governo anuncia mudanças no eSocial

Endividamento alcança maior nível desde julho de 2013

Segundo CNC, o percentual de famílias endividadas cresceu em junho, nas comparações mensal e anual

Endividamento alcança maior nível desde julho de 2013

Uma análise do acordo Mercosul e União Europeia

Um conjunto de pressupostos internacionais permitiram a realização do acordo.

Uma análise do acordo Mercosul e União Europeia

Negociação coletiva como ferramenta de gestão empresarial

A negociação coletiva é ferramenta de gestão, em que os trabalhadores poderão participar dos destinos da empresa.


Mercado de equinos movimenta R$ 16,5 bi ao ano no Brasil

Animais atraem investidores e apaixonados, além de aquecer a economia do país

Mercado de equinos movimenta R$ 16,5 bi ao ano no Brasil

Inflação no comércio eletrônico registra queda de -1,39% em maio

Análise realizada pelo IBEVAR monitora a alteração dos preços dos produtos comprados pela internet.

Inflação no comércio eletrônico registra queda de -1,39% em maio

Em cada dez usuários de cartão de crédito, dois são adeptos de bancos digitais

Jovens são os que mais usam cartões digitais, atraídos por taxas mais baixas e isenção de anuidade, revela pesquisa CNDL/SPC Brasil

Em cada dez usuários de cartão de crédito, dois são adeptos de bancos digitais

O trabalho do futuro não será focado em projetos

Não tem erro: o trabalho do futuro não será focado em projetos, mas em produtos.


Como gerenciar equipes que trabalham à distância?

Produtividade e engajamento dos profissionais é a maior preocupação da liderança e o grande entrave para fazer o modelo deslanchar

Como gerenciar equipes que trabalham à distância?

Fábrica de cerveja vai investir R$ 1 bi em Minas Gerais

Unidade em Uberaba vai demandar contratações na região do Triângulo Mineiro que abrigará a construção.


Pequenas empresas garantem saldo positivo de empregos, mostra Sebrae

Os pequenos negócios do setor agropecuário lideraram a geração de vagas em maio

Pequenas empresas garantem saldo positivo de empregos, mostra Sebrae

Número de empresas inadimplentes cresce 2,90% em maio

Capacidade de pagamento das empresas ainda é afetado pela baixa atividade econômica e menor faturamento, apontam CNDL/SPC Brasil

Número de empresas inadimplentes cresce 2,90% em maio