Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O segredo para incentivar a leitura

O segredo para incentivar a leitura

07/02/2022 Luciana de Gnone

Só não gosta de ler, quem não encontrou o livro certo.

O segredo para incentivar a leitura

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Pró-Livro revelou que o brasileiro lê em média 4,96 livros por ano. Pode parecer bastante, mas os franceses, por exemplo, chegam a ler mais de 20 obras no mesmo período. O que explica então o desinteresse pela leitura, especialmente entre os mais jovens, no nosso país?

Acredito que estas estatísticas negativas sobre leitura estão, em parte, ligadas à obrigatoriedade de ler os grandes clássicos da literatura brasileira durante o ensino básico. Não me entenda mal, não estou criticando os clássicos, longe de mim.

O que quero dizer é que a maioria das pessoas tem dificuldade em ler e interpretar a linguagem rebuscada dessas narrativas. Esta formalidade, aliada à obrigação imposta sobre estas leituras, acaba criando um afastamento entre os jovens e a literatura que infelizmente se estende para a vida toda.

Há algum tempo, em uma conversa de família, soube que minha sobrinha de 15 anos, que até então não gostava de livros, finalmente descobriu sua paixão pela leitura. Isso aconteceu porque ela estava lendo um livro que despertou seu interesse.

Este caso retrata minha crença que defendo quase como um mantra: a pessoa diz não gostar de ler até ler um livro que gosta. Não acho que o ser humano seja avesso à leitura. Acredito apenas que cada um tem estilos, gostos e interesses diferentes.

Desde que comecei a escrever romances profissionalmente, tento reverter este movimento contra a leitura que parece ter se enraizado na nossa cultura. Na verdade, todas as pessoas que não leem hoje são potenciais leitores, basta encontrar o livro certo.

Como escritora, uso meu ativismo pró-leitura para enfatizar a importância dos livros no desenvolvimento humano. Inclusive, costumo indicar três caminhos para quem não gosta de ler descobrir como identificar os títulos certos para investir seu tempo.

Para saber quais são os seus gêneros literários preferidos, basta analisar os filmes e séries que você mais assiste. Depois, vale procurar os trabalhos de autores destes gêneros e ler resenhas de livros escritos por eles para encontrar aquele que mais chama a sua atenção.

Tem ainda a regra 80/20: se você leu 20% do livro e não gostou, o melhor é deixá-lo de lado e começar uma nova leitura. Se até ali você não se encantou por aquela história, talvez não seja o livro certo ou mesmo o momento ideal para ele.

Se você conhece alguém que se encaixa neste perfil de brasileiros que não gostam de ler, sugira estas técnicas. Pode ser o incentivo necessário para que mais uma pessoa descubra o potencial dos livros e se apaixone pelo universo mágico da literatura.

Texto: Luciana de Gnone - escritora e autora do suspense policial “Evidência 7: Segredo Codificado”.

Para mais informações sobre leitura clique aqui.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: LC Agência de Comunicação



Onde andará o senhor coelho? traz diversão para as crianças nesta Páscoa

Livro da Editora de Cultura tem texto poético de Penélope Martins e ilustração de Camila Teresa.


O bom jornalismo morreu?

Carlos Monforte discute os efeitos da digitalização do jornalismo em novo livro.

O bom jornalismo morreu?

Dia Nacional do Livro: hábito da leitura aumentou na pandemia

Entre janeiro e setembro deste ano houve aumento nas vendas de 39% em comparação ao mesmo período de 2020.

Dia Nacional do Livro: hábito da leitura aumentou na pandemia

Modelo de negócio brasileiro é destaque na Feira do Livro de Frankfurt

Skeelo é um exemplo de inovação e pioneirismo do mercado editorial brasileiro.

Modelo de negócio brasileiro é destaque na Feira do Livro de Frankfurt

Gêmeas Melissa e Nicole lançam quinto livro da carreira

Irmãs são fenômeno na web com mais de 4 bilhões de visualizações em seus vídeos.

Gêmeas Melissa e Nicole lançam quinto livro da carreira

Crianças de Ribeirão Preto lançam livros virtuais inclusivos

Biblioteca virtual apresenta livros narrados em áudio e traduzidos para a Língua Brasileira de Sinais.

Crianças de Ribeirão Preto lançam livros virtuais inclusivos

Não existe museu no mundo como a casa da nossa avó

Livro infantojuvenil faz homenagem às avós de todo mundo.


A sabedoria ancestral do benzimento: um ato de amor e fé

Bióloga e terapeuta holística, Jacqueline Naylah apresenta no livro "Eu te Benzo" tudo sobre o dom de benzer e o poder desse ato perpetuado ao longo da história da humanidade.

A sabedoria ancestral do benzimento: um ato de amor e fé

Dia de Finados: O que significa e como é celebrado em diferentes culturas?

Para algumas nações a data remete à tristeza; para outras; alegria e orgulho à memória dos falecidos.


Redes sociais: a cultura do ódio

Livro 'Psicanálise e Pandemia' discute a polarização nas redes sociais e suas consequências no contexto atual.

Redes sociais: a cultura do ódio

Envolvente ‘Alucinações’ mistura romance com mistério

Livro de Júlia Roscoe aborda os sentimentos com delicadeza e nos transporta para o universo da personagem.


Livro aborda educação infantil atual com foco no ‘combate à dispersão’

Fabiano de Abreu lança seu oitavo livro visando uma nova ‘Filosofia na Educação Infantil’.

Livro aborda educação infantil atual com foco no ‘combate à dispersão’