Portal O Debate
Grupo WhatsApp


A arte pode ser um investimento muito lucrativo

A arte pode ser um investimento muito lucrativo

16/08/2019 Divulgação

Saiba como lucrar fazendo aplicações neste setor.

A arte pode ser um investimento muito lucrativo

O relatório anual do grupo Art Basel – que comanda as principais feiras de arte do mundo – apontou que o mercado da arte alcançou o segundo maior valor total de vendas dos últimos dez anos, chegando no ano passado a atingir a marca dos US$ 67,4 bilhões, cerca de R$ 260 bilhões de reais. Estes números representam um crescimento de 6% em relação a 2017. No Brasil, o setor movimentou em torno de R$ 500 milhões em 2016, segundo um levantamento feito pela Associação Brasileira de Arte Contemporânea (Abact).

Neste contexto bastante positivo para o mercado da arte, investir na área pode ser muito lucrativo e vantajoso. No entanto, uma grande parte das pessoas não sabem como funciona esta modalidade de investimento e se deparam com vários questionamentos. Dentre eles estão: quais cuidados devem ser assumidos na hora da compra? Quais são os principais erros que devem ser evitados? Quais fatores podem acarretar uma maior valorização da obra de arte? Quais fatores podem influir na definição do preço de uma obra?

Para responder estas e outras perguntas, o economista Daniel Ribeiro, que também é sócio fundador da Monteverde Investimentos – empresa que receberá uma palestra sobre o tema no dia 21 de agosto – , aponta a seguir os principais passos a serem seguidos para  lucrar investindo em arte.

O economista explica que o investimento no mercado de arte pode ocorrer por meio da compra de obras, da aplicação em galerias e leilões, ou mesmo do oferecimento de aporte financeiro a artistas em ascensão. “Ao contrário do que a maioria das pessoas acredita, hoje não é preciso   investir uma grande quantia de dinheiro para obter lucro a longo prazo nesta área. Uma pessoa pode investir no setor por meio de contribuições a partir de 500 reais”, aconselha.

Segundo Daniel, os investidores de menor porte podem começar pela compra de esculturas, telas, fotos, gravuras, dentre outros. “Durante o processo de aquisição, é muito importante saber a procedência e ter o certificado de autenticidade da peça, pois estas informações são primordiais para a manutenção do preço do bem adquirido”, afirma.

Conforme o economista, por ser muito diverso e amplo, este tipo de mercado proporciona aos seus investidores diferentes estratégias de aplicação. “Por exemplo, um investidor pode tanto negociar a compra de uma obra quanto optar por fundos de investimento em arte”, esclarece.

O primeiro conselho para começar a aplicar nesta área é se informar sobre ao mercado. Pesquise sobre o assunto, busque a orientação de um especialista e frequente feiras e galerias para se atualizar quanto ao setor. Também é muito importante lembrar que o investidor, antes de tudo, precisa gostar de arte. Além disso, ele também deve identificar quais são os atributos artísticos que mais o atraem em uma obra.

Além de compreender as características desse mercado, é indispensável que o capital voltado ao investimento seja direcionado especialmente para isso. “Muitas pessoas tendem a investir o dinheiro reservado para emergências, acreditando que o mesmo será reposto em pouco tempo por meio do lucro gerado pela valorização da obra de arte adquirida. No entanto, essa atitude não é recomendável, pois o mercado costuma ter alto risco. A obra pode não ser tão valorizada quanto o esperado ao longo dos anos, e isso consequentemente, pode prejudicar a lucratividade advinda do investimento”, aconselha.

De acordo com Daniel, outra qualidade que um investidor iniciante deve ter é a calma, pois este tipo de investimento somente produzirá lucro a médio e longo prazo. “Em algumas situações, a valorização de uma obra pode demorar vários anos, por isso é imprescindível que as pessoas fiquem atentas as novidades do mercado e se informem quanto ao melhor momento para comprar ou vender uma obra”, indica.

Com todas estas particularidades, o economista salienta que o investimento no mercado de arte não é o mais recomendável para pessoas que não possam manter os seus recursos aplicados por um maior período de tempo. “Por possuir tais aspectos, este tipo de aplicação é indicado para indivíduos que já possuam uma carteira diversificada e que estejam dispostos a correr um maior risco”, conclui.

Naves Coelho Comunicação



Grupo Ponto de Partida oferece residência artística gratuita a distância

Inscrições vão até o dia 4/7; atividade é patrocinada pela Cemig através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais

Grupo Ponto de Partida oferece residência artística gratuita a distância

Cirque du Soleil pede recuperação judicial após crise por pandemia

Empresa de entretenimento está com receita zero desde o fechamento forçado de todos os shows devido à Covid-19.

Cirque du Soleil pede recuperação judicial após crise por pandemia

Tiradentes conquista melhor pontuação dos últimos anos no ICMS Patrimônio Cultural

​A pontuação de Tiradentes foi a maior entre as 24 cidades integrantes do Circuito Turístico Trilha dos Inconfidentes.

Tiradentes conquista melhor pontuação dos últimos anos no ICMS Patrimônio Cultural

Sessenta anos de Brasília são tema de concurso do Arquivo Nacional

Objetivo é ampliar democratização, difusão e acessibilidade de acervos.

Sessenta anos de Brasília são tema de concurso do Arquivo Nacional

Teatro Santo Agostinho oferece gravação e transmissão de vídeos de artistas mineiros

Saiba como participar do processo seletivo. Prazo para envio de projetos se encerra no dia 21 de junho.

Teatro Santo Agostinho oferece gravação e transmissão de vídeos de artistas mineiros

Prêmio CNT 2020 abre inscrições e busca valorizar o jornalismo de qualidade

Jornalistas e fotógrafos têm até o dia 10 de agosto para inscrever seus trabalhos.

Prêmio CNT 2020 abre inscrições e busca valorizar o jornalismo de qualidade

Clássico musical ‘Peter Pan’ ganha versão online

Montagem de "Peter Pan" da Cyntilante Produções será transmitido no dia 21 de junho nas redes sociais do Diversão em Cena ArcelorMittal.

Clássico musical ‘Peter Pan’ ganha versão online

BDMG Cultural lança editais do programa Lab Cultural

Programa seleciona propostas de Artes Cênicas, Artes Visuais e Música e Experimentação Sonora.

BDMG Cultural lança editais do programa Lab Cultural

Centro histórico de Congonhas será revitalizado

Cidade fez parte do chamado Ciclo de Ouro de Minas Gerais.

Centro histórico de Congonhas será revitalizado

7º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake prorroga inscrições

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 08 de julho.


Livros sobre discriminação racial se tornam best-sellers nos EUA

Muitos estão esgotados e volumes usados chegam a custar 50 dólares.

Livros sobre discriminação racial se tornam best-sellers nos EUA

Audiência de canais de notícia cresce em março, afirma Kantar Ibope

Busca por notícias confiáveis aumentou, de acordo com levantamento da Kantar Ibope.

Audiência de canais de notícia cresce em março, afirma Kantar Ibope