Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Bloco da Fofoca promete atrair multidão ao centro de BH

Bloco da Fofoca promete atrair multidão ao centro de BH

27/02/2019 Divulgação

O desfile de 2019 ocorre dia 3 de março, a partir das 14h30, na Av. Afonso Pena, em BH

Bloco da Fofoca promete atrair multidão ao centro de BH

Um grande mar de saias rodadas vai colorir a Av. Afonso Pena na tarde do domingo de carnaval, 3 de março. O Bloco da Fofoca ultrapassa, em 2019, a marca de 150 dançantes e se consolida como o maior corpo de baile entre os blocos de rua de Belo Horizonte.

O que embala essa folia é o carimbó paraense, que desde 2014, a Fofoca leva para as ruas de BH. Tanto bateria como corpo de baile são abertos a quem quiser participar, sem restrição de corpos ou idades. Crianças, adultos e idosos se misturam na festa, e muitas famílias se reúnem para curtirem, juntas, o carimbó.

Para garantir a qualidade do que vai para a avenida, o bloco oferece ao longo do ano oficinas gratuitas de dança e percussão, ministradas por integrantes do Grupo Folclórico Aruanda, um dos mais importantes na difusão da cultura popular brasileira há quase 60 anos.

O repertório traz os maiores clássicos do carimbó com canções de Dona Onete, Lia Sophia, Mestre Verequete, Pinduca e Mestre Lucindo. Este ano apresentam canções autorais do carimbó-mineiro da banda Tutu com Tacacá, que se formou a partir do bloco.

Serviço:
Cortejo de carnaval – Bloco da Fofoca Carimbó
Data: 03 de março (Domingo de Carnaval)
Concentração: às 14h30, na Rua Espírito Santo, 757 (na altura da Igreja São José)
Facebook: https://www.facebook.com/blocodafofoca
Instagram: @blocodafofoca



Galpão Cine Horto realiza edição especial do Festival Cenas Curtas 2020

Consagrado na cena nacional, festival deste ano conta com programação 100% virtual.


Mostra de Cinema de Belo Horizonte terá sessões online

Filmes serão transmitidos a partir de quinta-feira no site do evento.

Mostra de Cinema de Belo Horizonte terá sessões online

Cristo Redentor será restaurado para celebração de 90 anos

Reforma será feita em parceria com instituições de ensino e pesquisa.

Cristo Redentor será restaurado para celebração de 90 anos

6º Prêmio Copasa Sinparc de Artes Cênicas reverencia os melhores do teatro em Minas

As bailarinas, diretoras e coreógrafas Dulce Beltrão e Sylvia Calvo, integrantes da Primeira Companhia de Dança do Estado, serão as homenageadas dessa edição.

6º Prêmio Copasa Sinparc de Artes Cênicas reverencia os melhores do teatro em Minas

Rio Montreux Jazz Festival reacende a cultura no Rio de Janeiro

Festival contou com mais de 250 músicos e gerou 1200 empregos diretos e indiretos.

Rio Montreux Jazz Festival reacende a cultura no Rio de Janeiro

MASP reabre com exposições sobre histórias das danças

Museu traz mostras de Hélio Oiticica, Trisha Brown e Senga Nengudi.

MASP reabre com exposições sobre histórias das danças

Oficina de Literatura para alunos da EJA: real, possível e necessária

Desenvolver o letramento literário é um desafio constante a todo professor e aos estudantes.

Oficina de Literatura para alunos da EJA: real, possível e necessária

Expominas volta a ser um centro de eventos

Depois de quase 8 meses sendo utilizado pelo Governo de Minas como Hospital de Campanha, o Expominas volta à sua vocação original.

Expominas volta a ser um centro de eventos

BB seleciona 138 projetos para compor a programação dos quatro CCBBs

Edital de Seleção de Projetos para os Centros Culturais 2021/2022 recebeu 9.944 propostas, número recorde de inscrições. 

BB seleciona 138 projetos para compor a programação dos quatro CCBBs

Minas publica decreto que regulamenta a aplicação dos recursos da Lei Aldir Blanc

Objetivo é promover e proteger a diversidade cultural no Estado.

Minas publica decreto que regulamenta a aplicação dos recursos da Lei Aldir Blanc

Projeto leva vídeos musicais adaptados para crianças com deficiência

Iniciativa uma parceria do Unicef com o MPT e TotoyKids.

Projeto leva vídeos musicais adaptados para crianças com deficiência

Retorno de público a eventos será no mesmo ritmo que o de bares e restaurantes

Levantamento revela que 46% dos entrevistados têm intenção de voltar a frequentar imediatamente atividades de cultura e entretenimento.

Retorno de público a eventos será no mesmo ritmo que o de bares e restaurantes