Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Festival da Loucura resgata história de Barbacena

Festival da Loucura resgata história de Barbacena

14/03/2006 Da Redação

A dualidade tão bem descrita pelo teólogo e filósofo holandês Erasmo em "Elogio a Loucura" - 1509 é uma das facetas da loucura, distúrbio que faz de seus portadores seres ao mesmo tempo incompreendidos e geniais. O tema, quase sempre tratado com restrições, foi abraçado pela cidade de Barbacena e vai virar festival, idealizado pelo secretário de Turismo da cidade, Ralph Justino, e realizado pela Cenatur – Empresa Municipal de Turismo.

A fama de Barbacena, conhecida como “cidade dos loucos” é antiga. Em 1903, pode determinação do Dr. Joaquim Dutra, primeiro diretor da Assistência aos Alienados de Minas Gerais, foi instalado na cidade o Hospital Colônia, que centralizou todo o atendimento psiquiátrico no Estado. Durante 30 anos, hospital funcionou de forma aceitável. Gradativamente, porém, veio a superlotação. Pacientes de toda parte eram abandonados na cidade sob condições precárias de funcionamento, que perduraram por muitas décadas. Calcula-se que cerca de 60 mil pessoas lá faleceram, em geral de causas como diarréia, sífilis ou fome – nunca de loucura. Somente na década de 70 do século passado uma forte reação de médicos, jornalistas e intelectuais de diversas áreas levou a uma reavaliação das condições de tratamento então vigentes.

Nos dias 30 e 31 de março (quinta e sexta-feira) e 1o e dois de abril (sábado e domingo) a cidade assume sua porção maluca e sedia o Festival da Loucura. A preservação dessa história e a desmistificação da doença, abordados sob a ótica artística, intelectual e social, é o que pretende a Cenatur durante esses quatro dias de realização do evento.

Grandes artistas nacionais vão mostrar para população de Barbacena e seus visitantes uma programação muito bem elaborada e o que é melhor, gratuita. Shows do cantor Lobão, do instrumentista com fama internacional, Hermeto Paschoal e do genial compositor Tom Zé, todos malucos assumidos. Além disso, haverá apresentações teatrais, performances, cinema, exposições de artes plásticas, como a de Mário Mendonça, um dos mais conceituados artistas contemporâneos que apresenta seus quadros sobre o louco Dom Quixote. Espaços como o Salão do Humor, o Museu do Inconsciente, que mostra o trabalho desenvolvido pela médica Nise da Silveira, o Museu Contemporâneo do Bispo do Rosário, com a participação do artista Gilmar Ferreira que apresentará uma performance no mínimo, inusitada: como suas obras são feitas de alimentos, elas poderão ser degustadas depois de apreciadas. Enfim, um leque de opções, onde também não faltará a boa gastronomia, recheada com o tempero e os ingredientes que a só a loucura tem.



Prêmio Sesc de Literatura recebe inscrições até fevereiro

Podem concorrer obras inéditas nas categorias conto e romance.

Prêmio Sesc de Literatura recebe inscrições até fevereiro

Editais “Minas de Culturas Populares” têm inscrições prorrogadas

Os três editais foram prorrogados até o dia 2 de março de 2020.

Editais “Minas de Culturas Populares” têm inscrições prorrogadas

Restauração da Capela de Nosso Senhor dos Passos é finalizada

A capela fica no distrito de Córregos, em Conceição do Mato Dentro (MG).

Restauração da Capela de Nosso Senhor dos Passos é finalizada

CCBB-BH recebe exposição inédita de Antônio Poteiro

A mostra "poteiro, o popular e o público" traz 30 obras que retratam a cultura popular por meio de cores fortes e formas livres.

CCBB-BH recebe exposição inédita de Antônio Poteiro

Museu do Ipiranga recebe festival de grafite no aniversário de SP

O evento será no entorno do museu que está fechado para restauração.

Museu do Ipiranga recebe festival de grafite no aniversário de SP

Público e arrecadação do cinema no Brasil crescem em 2019

Mesmo assim, filmes nacionais passam por queda de bilheteria.

Público e arrecadação do cinema no Brasil crescem em 2019

Belo Horizonte recebe clássico infantil ‘João e Maria’

Espetáculo pode ser visto no Teatro Francisco Nunes nos dias 11, 12, 18 e 19 de janeiro, às 16h.

Belo Horizonte recebe clássico infantil ‘João e Maria’

Peça no Teatro Marília reflete sobre a violência contra mulheres no Brasil

Espetáculo faz parte da 46ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança em Belo Horizonte


Mostra no MIS Cine Santa Tereza destaca cinematografia pernambucana

Mostra 'Made in Pernambuco' apresenta 15 longas e 21 curtas e médias-metragens.

Mostra no MIS Cine Santa Tereza destaca cinematografia pernambucana

BH tem programação cultural gratuita durante as férias escolares

Serão oferecidas brincadeiras tradicionais, jogos de tabuleiro, oficinas e exibições de filmes.

BH tem programação cultural gratuita durante as férias escolares

Circuito de Presépios e Lapinhas integra programação de Natal em Minas

O circuito estará aberto à visitação pública até 6 de janeiro, Dia de Reis.

Circuito de Presépios e Lapinhas integra programação de Natal em Minas

Exposição na Fiocruz no Rio mostra incineração de lixo do século 19

Mostra é permanente e tem entrada gratuita para o público.

Exposição na Fiocruz no Rio mostra incineração de lixo do século 19