Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Governo de Minas assume restauração do vapor Benjamim Guimarães

Governo de Minas assume restauração do vapor Benjamim Guimarães

18/01/2022 Divulgação

Intenção é dar continuidade às obras de reparo para que embarcação histórica possa voltar a navegar pelo Rio São Francisco.

Governo de Minas assume restauração do vapor Benjamim Guimarães

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo e do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG), informa que assumiu integralmente a restauração do vapor Benjamim Guimarães, embarcação histórica localizada no município de Pirapora, no Norte do estado.

A decisão foi tomada em função da falta de repasses de recursos financeiros em convênio firmado entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan e o Iepha, até então encarregado pela contratação e execução da obra. Em breve serão divulgados orçamentos e novo cronograma para a continuação da obra.

O projeto de restauração do vapor Benjamim Guimarães foi aprovado pelas duas instituições no ano de 2019 e a obra iniciada em 2020. O primeiro repasse financeiro realizado pelo Iphan ocorreu no início de 2021 e foi utilizado no pagamento dos gastos iniciais dos serviços contratados pelo Iepha. Contudo, no princípio de 2021, os repasses cessaram para ajustes técnicos e administrativos entre as instituições. Com isso, foi necessário suspender a obra temporariamente. Tanto o Iepha-MG quanto o Iphan vêm empreendendo esforços para a continuidade do convênio e finalização das obras.

História
A embarcação foi construída em 1913, pelo estaleiro norte-americano James Rees e Sons e navegou alguns anos no Rio Amazonas sendo transferido para o Rio São Francisco a partir de 1920. Transportou turistas pelo rio, sendo o único em funcionamento.

Com capacidade para transportar até 140 pessoas, entre tripulantes e passageiros, ao vapor é permitido navegar em rio, lago e correnteza que não tenham ondas ou ventos fortes. O tombamento estadual foi aprovado em 1985 com inscrição no Livro do Tombo Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico.

Como características construtivas, o bem cultural é uma embarcação fluvial de popa quadrada, com máquina à vapor de 60 cavalos de potência alimentada por lenha, e com uma capacidade máxima de estocagem de 28 toneladas de combustível. O sistema de propulsão é o de roda de pás localizado na popa, capaz de atingir até 6,5 nós de velocidade máxima. O peso descarregado é de 243,42 toneladas, podendo ainda ser acrescido de mais de 66 toneladas, possui 43,85 metros de comprimento total e 7,96 metros de largura.

O vapor Benjamim Guimarães é um dos últimos no mundo e tem sua história relacionada diretamente ao processo de implantação da navegação comercial no Rio São Francisco entre a segunda metade do século 19 e meados do século 20, participando como referência fundamental na paisagem do rio e na memória cultural coletiva local, regional e nacional. Por recomendação da Capitania dos Portos teve suas atividades interrompidas em 2015 e, desde então, aguarda recuperação da estrutura para retomar as atividades.

Para mais informações sobre Rio São Francisco clique aqui.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Agência Minas



Noite dos Museus anuncia as instituições participantes da sua sexta edição

Evento volta a acontecer em formato presencial no dia 21 de maio, abrindo 20 centros culturais de Porto Alegre para visitação das 19h à 1h.

Noite dos Museus anuncia as instituições participantes da sua sexta edição

Partituras dos mais importantes hinos brasileiros chegam a Minas Gerais

Material ficará exposto no Palácio da Liberdade a partir de 26 de abril.

Partituras dos mais importantes hinos brasileiros chegam a Minas Gerais

Exposição interativa em BH conta a história do videogame Atari

Minas Shopping recebe, até o dia 24 de maio, a exposição interativa "Atari 50 anos",

Exposição interativa em BH conta a história do videogame Atari

Exposição no Rio de Janeiro mostra tesouros da cartografia mundial

Brasil no [Centro do] Mapa vai até o dia 20 de junho no CCBB RJ.

Exposição no Rio de Janeiro mostra tesouros da cartografia mundial

Livro infantil que destaca a importância de brincar longe das telas

Paradouro Kids – O Livro chega gratuitamente ao público em versão digital neste 18 de abril, Dia Nacional do Livro Infantil.

Livro infantil que destaca a importância de brincar longe das telas

Ouro Preto ganha Museu Boulieu com acervo do barroco internacional

A coleção foi doada pelo casal Jacques e Maria Helena Boulieu.

Ouro Preto ganha Museu Boulieu com acervo do barroco internacional

Palácio das Mangabeiras abre as portas com exposição de Amilcar de Castro

Batizado de Parque do Palácio, espaço promoverá experiências artísticas, culturais e gastronômicas a mineiros e turistas.

Palácio das Mangabeiras abre as portas com exposição de Amilcar de Castro

Cemig destina R$10 milhões para incentivo de projetos artísticos e culturais de Minas

Os projetos aprovados serão realizados no conjunto de atividades dos 70 anos da Companhia.

Cemig destina R$10 milhões para incentivo de projetos artísticos e culturais de Minas

Casa França-Brasil oferece viagem imersiva pela obra de Van Gogh

Mostra multimídia vai até o dia 5 de junho no Rio de Janeiro.

Casa França-Brasil oferece viagem imersiva pela obra de Van Gogh

Joias contemporâneas são destaque em exposição gratuita em São Paulo

Brasil e França assinam parceria para fomentar políticas culturais

Protocolo de Intenções visa estimular a troca de experiências entre os dois países.


Sabor & Arte estreia “Na Boca do Povo” com histórias e sabores das ruas de quatro capitais

Cada um dos oito episódios aborda um aspecto diferente, além de apresentar o trabalho cotidiano dos ambulantes.

Sabor & Arte estreia “Na Boca do Povo” com histórias e sabores das ruas de quatro capitais