Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Energia renovável e oportunidades para negócios

Energia renovável e oportunidades para negócios

25/08/2006 Divulgação

Oitenta e cinco porcento da energia utilizada no planeta é de origem fóssil, não renovável. O petróleo contribui com 40%, o carvão mineral com 24% e o gás natural com 21%. O consumo mundial de energia tende a aumentar muito rapidamente.Uma em cada quatro pessoas que habitam o planeta ainda não tem acesso á eletricidade.

O atual crescimento explosivo do poder aquisitivo da classe média chinesa, por exemplo, já mostra um aquecimento rápido da demanda por energia. Petróleo e gás natural nunca tiveram seus preços tão elevados. Os combustíveis fósseis, além de finitos, estão entre os principais causadores do efeito estufa, do aquecimento global e das chuvas ácidas. Diante disso, os especialistas afirmam que os grandes negócios energéticos do futuro vão girar em torno da produção de hidrogênio e das fontes de energia renovável como, por exemplo, a solar, a biomassa, a eólica e a das ondas do mar.
 
 O hidrogênio é o combustível do futuro. Tudo indica que, na próxima década, ele substituirá grande parte do consumo de petróleo. O hidrogênio é um combustível limpo e economicamente viável. Ele poderá ser produzido em grandes quantidades através do uso da energia solar ou da eólica. Ele não é poluente. A queima do gás hidrogênio produz pequenas quantidades de água como principal resíduo. O hidrogênio terá um custo razoável, principalmente, quando comparado com os, sempre crescentes e ameaçadores, custos do petróleo. A chamada “economia do hidrogênio” já começa a despontar como um setor estratégico para novos negócios, especialmente nos Estados Unidos, Canadá, Alemanha e Japão. Diversos carros movidos a hidrogênio já estão rodando nesses países. Eles estão confirmando nas ruas a eficácia do combustível.

A expansão da infra-estrutura necessária para gerar e levar hidrogênio até as fábricas, residências e veículos de transporte já foi iniciada em diversas partes do planeta. O estado norte-americano da Califórnia, por exemplo, já planejou construir cerca de 200 postos de abastecimento de hidrogênio. Eles serão distribuídos a cada 30 quilômetros das principais rodovias que cortam o estado. A “economia do hidrogênio” causará, muito em breve, um grande impacto nos negócios energéticos. A geração, armazenagem e distribuição desse novo e promissor combustível certamente criará inúmeras oportunidades para as empresas do setor que conseguirem prospectar o futuro e planejar suas ações para esse novo e revolucionário cenário energético.
 
 O uso da biomassa como fonte de energia alternativa também agita o mundo dos negócios do setor em todo o mundo. O etanol produzido a partir da cana-de-açúcar brasileira, do milho norte-americano e de diversos outros vegetais já se consolidou como um combustível renovável, eficiente e menos poluente. Os norte-americanos já gastam 34 milhões de toneladas de milho por ano para produzir etanol. Em 2012, eles planejam transformar em álcool cerca de 62 milhões de toneladas anuais do cereal. Essa quantidade é 40% maior do que o total da atual safra brasileira de milho.

O potencial de aumento na produção de biomassa dos USA e de grandes consumidores de energia do futuro como a China e a Índia é limitado. Esses países dispõem de poucas terras agrícolas inexploradas e de parcos recursos hídricos. O Brasil tem todas as condições para liderar a produção mundial de energia verde. Basta incrementar os cultivos já tradicionais de cana de açúcar, soja e mandioca. Basta fomentar o plantio de oleaginosas como girassol, mamona, colza e pinhão manso.Também podem contribuir para a matriz energética brasileira renovável os cultivos de florestas como as de eucalipto, de pinus e de outras espécies florestais. 

Energia renovável representa, portanto, um setor com forte tendência para o crescimento de negócios lucrativos nas próximas décadas. Um empreendedor futurista, atento às inovações tecnológicas e às mudanças dos hábitos de consumo nesse setor, poderá descobrir inúmeras oportunidades para planejar e construir um negócio de sucesso.



Próteses controladas por sinais nervosos

Se parece estranho um homem com as pernas amputadas abaixo do joelho ser um dos mais velozes corredores do planeta, imagine poder digitar simplesmente pensando nas palavras ou se manter bem fisicamente na velhice.


Empresa alemã revoluciona tratamento do mal de Alzheimer

Após descobrir nova terapia para o diabetes 2, a firma Probiodrug anuncia método inédito contra a forma mais usual de demência senil, permitindo literalmente cortar o mal pela raiz.


Governo reage à crise ambiental

O ministério do meio ambiente anunciou a criação de um pacote com 12 medidas para impedir o desmatamento.


Itaú dará dinheiro para projetos de eficiência

O Itaú dará R$ 182.586,63 para até cinco projetos com foco em eficiência energética, energia renovável ou manejo de resíduos. O valor corresponde a 30% da taxa de administração dos fundos Itaú DI Ecomudança e Itaú RF Ecomudança, do período entre 31 de agosto de 2007 e 1º de setembro de 2008.


VW revela na Alemanha nova picape

A Volkswagen revela no Salão de Hanover (Alemanha), voltado para veículos comerciais, a Pick-Up Concept.


Área desmatada na Amazônia dobrou em agosto, mostra Inpe

Dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais mostram que o ritmo de desmatamento da Amazônia subiu 133,6% em agosto.


Mininotebook HP 2133

Uma segunda geração de mininotebooks chega às lojas, com configurações mais parrudas, a exemplo do Eee PC 900, do MSI Wind e do HP 2133.


Governos podem economizar com eficiência energética

O BID, Banco Interamericano de Desenvolvimento, acaba de lançar um estudo que afirma que os governos das Américas do sul e central podem economizar até 36 milhões de dólares caso invistam em eficiência energética.


Novo CD do Metallica é nº 1 de vendas em 25 países

Depois de chegar o primeiro lugar em vendas nos Estados Unidos em sua primeira semana de lançamento, Death Magnetic alcançou o topo das paradas em mais 24 países.


Operadora lança hoje o iPhone 3G no Brasil

A Claro começa a vender nessa sexta-feira o iPhone 3G com capacidade de 8GB. O preço variará entre R$ 1.000,00 e R$ 1.699,50 dependendo do plano escolhido pelo cliente.


Sony amplia linha Cyber-shot com recurso Smile Shutter

A Sony Brasil traz ao consumidor brasileiro mais sete lançamentos de sua linha Cyber-shot de câmeras digitais.


Americanos que jogam videogame são mais saudáveis

Uma pesquisa feita por três universidades americanas revelou que os jogadores do game EverQuest 2 – um jogo de representação online com temática de fantasia- estão mais próximos do peso ideal do que a maioria da população dos Estados Unidos.