Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Irresistível para os que valorizam conforto, prestígio e status

Irresistível para os que valorizam conforto, prestígio e status

05/01/2006 Divulgação

Em sua sexta geração o Passat Variant chega ao País, reunindo design atraente, acabamento aprimorado e alta tecnologia na concepção mecânica. Produzido na fábrica de Endem, na Alemanha, a versão Comfortline (a primeira a ser importada pelo Volkswagen do Brasil) é equipada com transmissão de seis velocidades Tiptronic e chega ao Brasil com preço sugerido de R$ 129.732,00.

Com motor transversal FSI de 2,0 litros, o único disponível no mercado nacional, com injeção direta de combustível, proporcionando a melhor combinação que se conhece entre alto desempenho e baixo consumo e emissões de poluentes. Com motor 2.0 16V de 150 cv de potência, o Passat Variant acelera de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos e atinge uma velocidade máxima de 205 km/h.

A linhas externas seguem a identidade da montadora, composta pela grade dianteira cromada em "V", que se estende até a parte inferior do pára-choque. Na traseira, o destaque vai para o conjunto ótico de grande atrativo estético. Com 4,77 metros de comprimento e 1,82 m de largura, a sexta geração do Passat Variant é 9,2 centímetros mais longo e 7,4 cm mais largo que seu antecessor.

A razão direta dessa ampliação das medidas externas deu-se no habitáculo, que cresceu expressivamente. Com mais espaço para ocupantes e bagagem, o novo top de linha da Volkswagen acomoda confortavelmente cinco passageiros adultos. E com folgas. No compartimento de carga, a capacidade foi ampliada para 603 litros (108 litros a mais do que o modelo anterior). A despeito da maior economia de combustível oferecida pelo motor FSI, o reservatório de combustível também foi aumentado para 70 litros.



24ª aula: Eine Kleine Nachtmusik

Está canção foi alterada ritmicamente para se adequar ao seu nível de leitura.


23ª aula: Amazing Grace

Procure executar esta canção na velocidade 85 (BPM), mas só use o metrônomo quando se sentir seguro. Toque uma oitava acima e procure ligar as notas sempre que possível. Observe sua respiração.


22ª aula: Exercício de articulação (colcheia)

Execute o exercício abaixo primeiramente devagar e sem metrônomo, em seguida com o metrônomo tente chegar a 135 (BPM). Observe sua respiração e ligue as notas quando possível (ligadura de expressão).


21ª aula: Exercícios de respiração

Execute o exercício abaixo em 130 (BPM) e faça a ligação das notas sempre que possível.


20ª aula: Red River Valley

Está canção foi alterada ritmicamente para se adequar ao seu nível de leitura.


19ª aula: Blowin’ In The Wind

Está canção foi alterada ritmicamente para se adequar ao seu nível de leitura.


18ª aula: ponto de aumento, ligaduras e staccato

Adicionando um ponto ao lado de uma figura musical, aumentamos seu valor em metade do seu valor atual.


17ª aula: Exercício de articulação (semínima)

Execute o exercício abaixo primeiramente devagar e sem metrônomo, em seguida com o metrônomo tente chegar a 95 (BPM).


16ª aula: Love me Tender

Está canção foi alterada ritmicamente para se adequar ao seu nível de leitura.


15ª aula: Exercícios de Articulação

Os exercícios de articulação foram criados para dar ao gaitista habilidades técnicas e desenvolver sua parte rítmica.


14ª aula: Localização das notas

O esquema a seguir representa a posição de todas as notas sopradas e aspiradas na harmônica diatônica C (dó).


13ª aula: Compasso

Toda música pulsa, portanto toda música tem vida.