Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Museu Guimarães Rosa em campanha de doação

Museu Guimarães Rosa em campanha de doação

07/03/2006 Divulgação

O Museu Casa Guimarães Rosa, em Cordisburgo, Região Central de Minas Gerais, lançou no último dia 17, a Campanha de Doação de Edições Especiais do escritor mineiro. As cessões de objetos podem ser feitas até junho. Essa ação integra as comemorações do cinqüentenário das obras Grande Sertão: Veredas e Corpo de Baile, que serão promovidas durante a 18º Semana Roseana, a ser realizada em julho de 2006.

O evento deste ano terá ainda a criação de uma nova proposta museográfica, patrocinada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), com recursos do Edital de Modernização de Museus. Os doadores receberão o Título de Sócio Benemérito da Associação de Amigos do Museu Casa Guimarães Rosa e receberão um exemplar do livro de Arte e Memórias de Cordisbugo, elaborado sob Coordenação da artista plástica Liliane Dadort, a ser lançado, em setembro de 2006.

O lançamento de Grande Sertão Veredas, em 1956, causou impacto no cenário literário brasileiro. O livro foi traduzido para diversas línguas e recebeu três prêmios nacionais: o Machado de Assis, do Instituto Nacional do Livro; o Carmen Dolores Barbosa, de São Paulo; e o Paula Brito, do Rio de Janeiro. A publicação deu a Rosa o título de singular no panorama da literatura moderna. Grande Sertão: Veredas reflete um autor de extraordinária capacidade de transmissão do seu mundo, e foi resultado de um período de dois anos de trabalho. A história do amor proibido de Riobaldo, o narrador, por Diadorim é o centro da narrativa.

O Coordenador do Museu, Ronaldo Alves, afirma que é de fundamental importância essa iniciativa. As doações poderão enriquecer o acervo bibliográfico, que é pequeno, porém significativo. O Museu guarda objetos da vida e obra de Guimarães Rosa e tem uma lacuna, como por exemplo, a inexistência das primeiras Edições do Grande Sertão: Veredas, diz Alves.

A Superintendência de Museus da Secretaria de Estado de Cultura representa uma unidade de integração das discussões sobre a memória, cultura e patrimônio em Minas Gerais. A Superintendente de Museus, Silvania Sousa do Nascimento, ressalta a importância de mobilizar a comunidade para a doação de acervos significativos para os museus. “Os Museus Casa, em geral, não possuem grandes acervos se constituindo do universo intimista do autor ou artista homenageado” – afirma.

O Museu surgiu em 30 de março de 1974, entre dois fatos distintos, fundamentais para a sua inauguração. O primeiro deles: o inesperado falecimento do escritor em 19 de novembro de 1974, três dias após tomar posse na Academia Brasileira de Letras. Intelectuais e amigos apelaram a fim de que fossem tomadas providências para homenageá-lo e também para preservar a casa onde nascera e passara a infância em Cordisburgo. O segundo: a criação do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA/MG), em 30 de setembro de 1971, que materializava o sonho preservacionista vigorante à época no Estado.

A Semana Roseana foi criada, em 1988, a fim de divulgar e estudar a obra de João Guimarães Rosa. O tema de 2006 é “Grandes Sertões: Veredas e Corpo de Baile: Cinquenta Anos, a história ainda continua”. As atividades são compostas por debates e mesas redondas. Além de vasta programação cultural, com oficinas destinadas aos visitantes, narração de trechos da Obra Roseana pelo Grupo de Contadores de Estórias Miguilim, exibição de filmes, mostras artísticas e apresentações de dança, teatro e música.

Grandes estudiosos da obra de escritor como a cineasta paulista Marily da Cunha Bezerra; Dieper Helderman – Geografia/USP; Maria Neuma Cavalcanti da Universidade Federal de Ceará; o Professor Luiz Claudio da UFMG; Willi Bolli da USP; Márcia Marques de Moraes da PUC; a cineasta carioca Ana Luísa Martins; Sandra Vasconcelos da USP; Marli Fantini da UFMG; Adélia Bezerra de Menezes da USP; o Geógrafo Carlos Augusto Monteiro; e a paulista Regina Sader já estiveram presente no evento.

João Guimarães Rosa nasceu em Cordisburgo, no dia 27 de junho de 1908, e era o primeiro dos seis filhos de D. Francisca (Chiquitinha) Guimarães Rosa e de Florduardo Pinto Rosa, mais conhecido por "Seu Fulô" comerciante, juiz-de-paz, caçador de onças e contador de estórias.A partir de o Corpo de Baile, a obra de Rosa, autor reconhecido como o criador de uma das vertentes da moderna linha de ficção do regionalismo brasileiro, adquire dimensões universalistas, cuja cristalização artística é atingida em Grande Sertão: Veredas.



Próteses controladas por sinais nervosos

Se parece estranho um homem com as pernas amputadas abaixo do joelho ser um dos mais velozes corredores do planeta, imagine poder digitar simplesmente pensando nas palavras ou se manter bem fisicamente na velhice.


Empresa alemã revoluciona tratamento do mal de Alzheimer

Após descobrir nova terapia para o diabetes 2, a firma Probiodrug anuncia método inédito contra a forma mais usual de demência senil, permitindo literalmente cortar o mal pela raiz.


Governo reage à crise ambiental

O ministério do meio ambiente anunciou a criação de um pacote com 12 medidas para impedir o desmatamento.


Itaú dará dinheiro para projetos de eficiência

O Itaú dará R$ 182.586,63 para até cinco projetos com foco em eficiência energética, energia renovável ou manejo de resíduos. O valor corresponde a 30% da taxa de administração dos fundos Itaú DI Ecomudança e Itaú RF Ecomudança, do período entre 31 de agosto de 2007 e 1º de setembro de 2008.


VW revela na Alemanha nova picape

A Volkswagen revela no Salão de Hanover (Alemanha), voltado para veículos comerciais, a Pick-Up Concept.


Área desmatada na Amazônia dobrou em agosto, mostra Inpe

Dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais mostram que o ritmo de desmatamento da Amazônia subiu 133,6% em agosto.


Mininotebook HP 2133

Uma segunda geração de mininotebooks chega às lojas, com configurações mais parrudas, a exemplo do Eee PC 900, do MSI Wind e do HP 2133.


Governos podem economizar com eficiência energética

O BID, Banco Interamericano de Desenvolvimento, acaba de lançar um estudo que afirma que os governos das Américas do sul e central podem economizar até 36 milhões de dólares caso invistam em eficiência energética.


Novo CD do Metallica é nº 1 de vendas em 25 países

Depois de chegar o primeiro lugar em vendas nos Estados Unidos em sua primeira semana de lançamento, Death Magnetic alcançou o topo das paradas em mais 24 países.


Operadora lança hoje o iPhone 3G no Brasil

A Claro começa a vender nessa sexta-feira o iPhone 3G com capacidade de 8GB. O preço variará entre R$ 1.000,00 e R$ 1.699,50 dependendo do plano escolhido pelo cliente.


Sony amplia linha Cyber-shot com recurso Smile Shutter

A Sony Brasil traz ao consumidor brasileiro mais sete lançamentos de sua linha Cyber-shot de câmeras digitais.


Americanos que jogam videogame são mais saudáveis

Uma pesquisa feita por três universidades americanas revelou que os jogadores do game EverQuest 2 – um jogo de representação online com temática de fantasia- estão mais próximos do peso ideal do que a maioria da população dos Estados Unidos.