Portal O Debate
Grupo WhatsApp

250 milhões de pessoas consumiram drogas em 2015

250 milhões de pessoas consumiram drogas em 2015

22/06/2017 Divulgação

Relatório da ONU aponta que o número de consumidores de drogas se mantém estável há cinco anos.

250 milhões de pessoas consumiram drogas em 2015

De acordo com um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgado nesta quinta-feira (21), 5% da população mundial consumiu algum tipo de droga em 2015, o que se traduz em aproximadamente 250 milhões de pessoas, e pelo menos 190 mil morreram neste mesmo ano por causas diretas relacionadas com entorpecentes. As informações são da Agência EFE.

O Relatório Mundial sobre Drogas da ONU, divulgado hoje em Viena, mostra especial preocupação pela situação de 29,5 milhões de pessoas que sofrem com transtornos graves pelo consumo de drogas, incluída a toxicodependência, e que são os mais vulneráveis.

Só uma de cada seis pessoas que requer tratamento por estes transtornos recebe assistência, a maioria nos países desenvolvidos, aponta o reporte elaborado pelo Escritório das Nações Unidas contra a Droga e o Delito (UNODC).

O número de consumidores de drogas se mantém estável há cinco anos, mas os responsáveis pelo relatório advertem que o mercado das drogas está se diversificando com o surgimento de novas substâncias mais potentes e perigosas.

"Aumentou a situação de risco para a saúde pela diversificação e a potência de novas substâncias", explicou em uma coletiva de imprensa Angela Me, coordenadora do relatório.

A especialista usou como exemplo o fentanil, um analgésico em pó que é até 50 vezes mais potentes que a heroína e que causou numerosas overdoses nos EUA nos últimos anos.

A maconha é a droga mais consumida, com 183 milhões de usuários em 2015, mas os opioides, entre eles a heroína, seguem sendo as substâncias mais nocivas e as que causam mais mortes.

"O consumo de opioides está associado ao risco de overdose fatais e não fatais, ao risco de contrair doenças infecciosas (como HIV e hepatite C) devido à prática perigosa de consumo de drogas por injeção", aponta o relatório.



Ministério da Saúde lança campanha nacional de combate à sífilis

Gestantes representaram mais da metade dos casos contraídos em 2020.


Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Cerca de 3,7 milhões de atendimentos deixaram de ser feitos.

Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Uma pesquisa recente publicada pela Digital Turbine mostra que 20% dos brasileiros não ficam mais de 30 minutos longe do celular.

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

A região lombar costuma ser a mais afetada pela osteofitose

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

A renda obtida com a venda dos livros será doada ao Instituto Correndo Pelo Diabetes para incentivar a prática da atividade física.

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

10 curiosidades sobre o crânio e o cérebro que irão te surpreender

Ainda estamos longe de conhecer todo o mistério que envolve a interligação do cérebro com o nosso organismo como um todo, mas já temos importantes achados.


Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Com medo do contágio pelo coronavírus, as mulheres deixaram de lado a rotina de cuidados.

Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Em 2021, Brasil registra 299.304 pessoas mortas por doenças cardiovasculares.

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Conheça os riscos e benefícios de crianças e adolescentes usar lentes de contato.

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Medicações têm efeitos danosos, inclusive com risco de morte.

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Entenda como as diferentes posições para dormir interferem no funcionamento do organismo.

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença

"Conhecer demência é conhecer Alzheimer" é tema de campanha em 2021.

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença