Portal O Debate
Grupo WhatsApp


A dieta do limão provoca erosão dentária e aumento de cáries entre as mulheres

A dieta do limão provoca erosão dentária e aumento de cáries entre as mulheres

02/12/2019 Divulgação

Acidez do limão provoca microporosidades na superfície do esmalte dos dentes.

A dieta do limão provoca erosão dentária e aumento de cáries entre as mulheres

Quantas de nós já não fez as maiores loucuras para estar dentro dos padrões beleza? E quando a receita é natural, fácil e acessível? Adoramos! A mais conhecida fórmula para o emagrecimento é a ingestão do sumo do limão – puro ou misturado com água, bebido em jejum pela manhã e continuando ao longo do dia. Como a maioria deve saber, o limão é rico em nutrientes, vitaminas e uma lista de infindável de benefícios, mas o que poucas mulheres sabem é que ele só começa a ter efeitos benéficos quando é metabolizado pelas células. É nesse momento que o potencial de Hidrogeniônico (pH) ácido muda para alcalino e, então, passa agir positivamente. O problema está no caminho até chegar ao metabolismo: o limão é muito ácido!

Na escala de pH – que vai de 0 (ácido) a 7 (neutro); de 7 a 14 (alcalino) – ele possui pH2, ou seja, a acidez do limão é capaz de provocar corrosão nos dentes, principalmente quando consumido em jejum pela manhã. E aqui cabe uma explicação. À noite salivamos menos, então, os dentes ficam menos protegidos quando acordamos.

A acidez do limão provoca microporosidades na superfície do esmalte e, se for escovado imediatamente após a ingestão do sumo, sofre ainda mais com a abrasão das cerdas da escova. Um outro fator negativo é o aumento da probabilidade de “manchar” o dente, principalmente se houver o hábito de ingestão de alimentos com mais pigmentação.

Estou falando sobre a abrasão dentária – a perda progressiva do revestimento dental por processos químicos que não envolvem ação bacteriana e provocam ambiente ideal para proliferação de bactérias. Essas, aliás, são a origem da cárie, sobretudo quando associado a um hospedeiro susceptível, à má higienização e a uma alimentação altamente cariogênica. Há, também, a questão da sensibilidade.

Na fase adulta, as cáries não são tão comuns, mas com o advento do limão, muitas pacientes têm sido diagnosticadas com número alto dessa incidência. Após uma breve sondagem sobre os hábitos alimentares, estilo de vida e escovação, verifiquei que a maioria dessas pacientes aderiu à essa dieta. Muitas perguntas, então, o que devem fazer. Deixam claro, inclusive, que não vão abandonar o hábito do sumo de limão.

Calma! Para manter esse ritual, bastam alguns cuidados: fazer uso de canudos – evitando o contato direto com os dentes –; não ingerir puro, sim com outros alimentos mais neutros ou alcalinos durante as refeições; ingerir água para equilibrar o pH; escovar os dentes de 15 a 30 minutos após a ingestão para dar tempo que a saliva reestabeleça o pH bucal e garanta a recuperação do esmalte. É importante fazer visitas periódicas ao dentista para manutenção da higiene bucal e identificação da biocorrosão dentária nos estágios iniciais; uso de creme dental e/ou enxaguantes bucais com flúor – que promovem a remineralização do esmalte –, associado ao uso de fio dental para remoção das placas onde a escova não alcança, de acordo com recomendações da Associação Dental Americana (ADA).

Texto: Dra. Selma Nishimura - cirurgiã dentista na clínica Care Center Brasil.

Fonte: Frida Luna Boutique de Comunicação



Autismo, respeito e compreensão

No dia 02 de abril é comemorado o Dia Mundial da Conscientização do Autismo.


A importância da vacina da gripe para os diabéticos

O assunto que é destaque há semanas é o coronavírus, porém não podemos deixar de falar da importância da vacina da gripe para os idosos.

A importância da vacina da gripe para os diabéticos

Meditação: como as crianças e adolescentes podem praticar

Incluir a atividade na rotina com a família pode contribuir durante o período de isolamento social.

Meditação: como as crianças e adolescentes podem praticar

Gordura abdominal prejudica coluna e joelhos

Mesmo em casa, é possível fazer quatro exercícios simples e seguir algumas dicas de alimentação para acabar com o excesso de peso ao redor da cintura.

Gordura abdominal prejudica coluna e joelhos

O canabidiol no tratamento da endometriose

O março amarelo é o mês dedicado à conscientização sobre a endometriose.


Quarentena e sanidade mental: é possível?

A pandemia do coronavírus impôs abruptamente a todas as pessoas a realidade da quarentena: privação da liberdade, limites, mudança de hábitos e rotinas, dificuldades financeiras e organizacionais.


Coronavírus e câncer: cuidado redobrado com o paciente oncológico

Pacientes com câncer podem apresentar imunidade mais baixa, ficando mais vulneráveis.

Coronavírus e câncer: cuidado redobrado com o paciente oncológico

Problemas psicológicos x COVID-19

Com a chegada do COVID-19 no Brasil, podemos notar que o comportamento das pessoas mudou.


Coronavírus e isolamento social

O mundo está sendo convulsionado pelo avanço da pandemia da Covid-19, que afeta e transtorna a vida da humanidade, em todos os sentidos e dimensões, de forma que ainda não conseguimos identificar com clareza as consequências.


Saúde emocional durante o isolamento social: o que fazer?

Vivemos tempos difíceis e incertos frente à pandemia de coronavírus, que exige de nós muitas mudanças.


O micro-organismo que afeta o comportamento e a saúde emocional

Seja no jornal, nos noticiários da TV ou nos sites de notícias, o tema é monotemático: coronavírus (Covid-19).


Telemedicina: liberação necessária na luta contra o coronavírus

A Telemedicina será utilizada “em caráter de excepcionalidade e enquanto durar a batalha de combate ao contágio da Covid-19”.