Portal O Debate
Grupo WhatsApp


A obesidade infantil e o uso excessivo de telas

A obesidade infantil e o uso excessivo de telas

25/06/2019 Dr. Henrique Eloy

Segundo a OMS, em poucos meses, haverão mais crianças obesas do que crianças em situação de miséria no mundo.

A obesidade infantil e o uso excessivo de telas

É um fato que a obesidade infantil é um problema alarmante. A Organização Mundial de Saúde estimou que são 42 milhões de crianças obesas no mundo, considerando apenas as que têm cinco anos ou menor de idade. Além disso, acreditam que até 2022 existirão mais crianças obesas do que abaixo do peso.

É alarmante ou não é? E o mais complexo disso é que as causas da obesidade infantil são variadas, a começar por uma alimentação rica em açúcares e gorduras, a aspectos genéticos. Além disso, o mundo moderno tem um outro fator de risco que deve ser considerado. São os dispositivos eletrônicos, como celulares, tablets, televisão e computadores, que também são grandes vilões por acarretar no sedentarismo.

Apesar do consumo de telas ser cada vez mais frequente no mundo inteiro, esse hábito está tornando as crianças mais sedentárias. Segundo a OMS, 80% dos adolescentes não são suficientes ativos fisicamente. De acordo com o estudo Sedentary Behaviors in Today’s Youth: Approaches to the Prevention and Management of Childhood Obesity: A Scientific Statement From the American Heart Association, publicado no periódico American Heart Association, o excesso de tempo que as crianças têm estado em frente às telas estão diretamente ligadas ao sobrepeso e a obesidade.

Os números são bastante preocupantes e apontam para uma grande possibilidade de que esses indivíduos se mantenham obesos ou com sobrepeso durante a vida adulta. A obesidade nessa fase prejudica a saúde, não somente na área física, como também a psíquica e a vida social. Com causas multifatoriais, a obesidade está sofrendo maior estímulo por parte de características socioculturais e comportamentais da sociedade atual.

A fim de amenizar a crescente obesidade, a OMS divulgou uma cartilha orientando que crianças menores de cinco anos, passem menos tempo diante das telas e mais tempo se exercitando, já que pertencem a uma faixa etária crucial para o desenvolvimento de um estilo de vida. Segundo a instituição, menores de dois anos não devem ter contato com telas. 

Por isso, os pais, mais do que nunca, desempenham um papel fundamental na criação de hábitos saudáveis. Manter as crianças longe de seus dispositivos não é fácil, mas os pais precisam impor regras e limites. Elas sempre encontrarão o que fazer se o tempo com dispositivos eletrônicos for restringido.

É bom esclarecer que o tratamento da obesidade em crianças e adolescentes deve ser multidisciplinar, contando com o acompanhamento obrigatório de uma equipe de profissionais qualificados, desde um nutricionista até um instrutor de esportes. Mas também alerta que a mudança comportamental de toda família é a principal ferramenta no combate à doença.

Uma outra saída são as cirurgias. Porém, o tratamento medicamentoso e cirúrgico em crianças é totalmente contraindicado. Já em adolescentes, a prática deve ser realizada somente em casos excepcionais, com a indicação formal de toda a equipe. No fundo, o melhor mesmo é prevenir.

* Dr. Henrique Eloy é médico especialista em cirurgia, endoscopia bariátrica e gastroenterologia

Fonte: Naves Coelho Comunicação



Cinco dicas rápidas para cuidar da saúde mental

A mente e o corpo estão ligados. Além dos exercícios físicos, fazer terapia ajuda a confortar a mente.

Cinco dicas rápidas para cuidar da saúde mental

Obesidade pode ser combatida por meio da adoção de hábitos saudáveis

Em 11 de outubro é celebrado o Dia Nacional de Prevenção da Obesidade.

Obesidade pode ser combatida por meio da adoção de hábitos saudáveis

Obesidade e a saúde da mulher no climatério

O avanço da idade e a menopausa estão associadas a um aumento da massa gorda e uma redistribuição da gordura para área abdominal.


Obesidade pode ser combatida com hábitos saudáveis

Em 11 de outubro é celebrado o Dia Nacional de Prevenção da Obesidade.


Tecnologia muda parâmetros da medicina diagnóstica

Apenas 30% das análises ainda necessitam de jejum; há dez anos, este índice era inverso.

Tecnologia muda parâmetros da medicina diagnóstica

Canabidiol: Mitos e Verdades

Em todas as discussões que ocorrem junto à opinião pública sempre nos defrontamos com mitos e verdades e alguns desses temas merecem nossa atenção pela relevância.


Rosa App estimula prevenção ao câncer de mama

aplicativo atua na prevenção, no controle e no apoio ao tratamento do câncer de mama.

Rosa App estimula prevenção ao câncer de mama

Primavera desencadeia conjuntivite alérgica

A primavera é a estação das flores e dos dias mais longos e quentes, tendo a fama de época mais bonita do ano.

Primavera desencadeia conjuntivite alérgica

Vasectomia e Reversão no Planejamento Familiar: o que é preciso saber

A vasectomia é um procedimento cirúrgico simples que promove a esterilidade masculina, visando o planejamento familiar definitivo.


Campanha nacional contra o sarampo tem início no país

A meta do Ministério da Saúde é vacinar 2,6 milhões de crianças.

Campanha nacional contra o sarampo tem início no país

Pesquisa estuda lesão pulmonar causada por cigarro eletrônico

Estados Unidos já registraram 1.080 casos de lesões pulmonares associadas a cigarros eletrônicos, e 18 mortes.

Pesquisa estuda lesão pulmonar causada por cigarro eletrônico

Incêndios na Amazônia afetam crianças e custam R$ 1,5 milhão ao SUS

Estudo mostra também aumento de mortes de crianças com menos de 10 anos hospitalizadas por problemas respiratórios.

Incêndios na Amazônia afetam crianças e custam R$ 1,5 milhão ao SUS