Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A pele é a vitrine do organismo

A pele é a vitrine do organismo

07/12/2005 Divulgação

Alterações cutâneas podem trazer diagnóstico precoce de doenças sistêmicas

Você estranharia a solicitação de um exame de tireóide durante uma consulta ao dermatologista? Pois esse tipo de pedido não chega a ser incomum. Alterações na pele podem, em determinados casos, ser indicativas de doenças sistêmicas. Quem faz o alerta é o dermatologista Mário Grinblat, do Hospital Albert Einstein.

"A pele é a vitrine do organismo", afirma Grinblat, ressaltando que algumas enfermidades podem ser diagnosticadas com bastante antecedência apenas pela observação de anomalias cutâneas. "É possível fazer o diagnóstico precoce de muitas doenças apenas olhando para a pele da pessoa", garante o especialista.

Em casos extremos, o médico pode até descobrir a ocorrência de diabetes ou distúrbios de tiróide. "O dermatologista pode fazer um diagnóstico dessas doenças antes que elas se manifestem. Mas é preciso que as pessoas estejam atentas a qualquer mudança externa", diz Grinblat.

Mas não é somente na pele que as doenças sistêmicas podem ter algum reflexo. As unhas também podem apresentar alterações em conseqüências de algumas enfermidades. "Dependendo de como estiver a unha do paciente, podemos suspeitar de doenças reumáticas, hepáticas, renais, metabólicas ou endocrinológicas", observa Grinblat.

Embora seja mais comum a manifestação na pele e nas unhas de alguma disfunção interna, também há casos em que problemas dermatológicos evoluem para uma doença sistêmica: são as anomalias infecciosas, que devem ser tratadas com ainda mais atenção.



Pesquisa comprova maior eficácia de teste HPV para detecção de câncer

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Passa a ser direito fundamental da pessoa com câncer a obtenção de diagnóstico precoce e acesso a tratamento universal.

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

A quantidade de pessoas que sofrem com problemas cardiorrespiratórios no Brasil é tão significativa que sobram estatísticas para contar a história.

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Segundo Dr. Geraldo Carvalhaes, casos de dor crônica também afetam pessoas mais jovens.

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Você é um Hipocondríaco?

Quando a preocupação com a saúde vira doença.

Você é um Hipocondríaco?

Número de prematuros aumenta no Brasil

Média de prematuridade no país atingiu 11,1% em 2020 e aumento pode estar ligado ao covid-19.

Número de prematuros aumenta no Brasil

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Pesquisa da Anab foi realizada com 1.006 usuários da saúde suplementar em todo o Brasil no mês de setembro.

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Acupuntura e outras técnicas podem ajudar no alívio dos sintomas e melhora global dessas condições.

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica

Trabalhos científicos mostram que 25% dos portadores de câncer de próstata morrem devido à doença.

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica

Qualidade de vida, apesar da dor

Lista de doenças dolorosas passíveis de tratamento é bem extensa.

Qualidade de vida, apesar da dor

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

A mulher não deve se sentir sozinha nessa jornada.

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

5 dicas para prevenir a osteoporose

Você sabia que uma em cada três mulheres têm osteoporose em todo o mundo?

5 dicas para prevenir a osteoporose