Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Além das birras infanto-juvenis

Além das birras infanto-juvenis

19/07/2010 Divulgação

Birras, gritos, má-resposta aos adultos, dificuldade em aceitar regras e irritabilidade. Para muitos, esse tipo de conduta nas crianças é coisa da idade ou, simplesmente, falta de uma boa conversa e castigo dos pais.

Poucas pessoas sabem que reações como essas podem ser sintomas de uma doença psiquiátrica, denominado de Transtorno Desafiador de Oposição (TDO). Segundo a médica e psicanalista, Soraya Hissa de Carvalho, a doença se caracteriza exatamente por um padrão global de desobediência, desafio e comportamento hostil. “O portador do transtorno discute excessivamente com adultos, não aceita responsabilidade por sua má conduta, incomoda deliberadamente os demais, possui dificuldade em aceitar regras e perde facilmente o controle se as coisas não seguem a forma que ele deseja”, afirma a médica. Com freqüência, e como conseqüências dos sintomas, essas crianças apresentam baixa auto-estima, fraca tolerância às frustrações, humor deprimido, ataque de raiva. Além de possuírem poucos amigos.

De acordo com pesquisas internacionais, coordenadas pela psiquiatra americana, Helen Egger, cerca de 10% das crianças entre zero e seis anos têm algum transtorno psiquiátrico grave, que se não diagnosticado e tratado a tempo pode causar comprometimento em suas vidas. Alguns estudos sugerem que, entre as crianças em idade escolar, de 2% a 16%  apresentam o Transtorno Desafiador Opositivo. “Normalmente, o transtorno inicia-se por volta dos oito anos de idade. Apesar de ser mais freqüente em meninos do que em meninas antes da puberdade, essa proporção vai se igualar depois dessa fase, ou seja, observa-se uma mesma proporção de meninos e meninas com o transtorno desafiador opositivo a partir dos 14-15 anos”, explica Soraya. Os sintomas ocorrem em vários ambientes, mas é na escola e em casa que ficam mais evidentes. Por isso, a médica orienta os pais e educadores que observem atentamente a conduta das crianças. “Quando não tratado o transtorno desafiador opositivo pode evoluir para o transtorno de conduta na adolescência, fato que ocorre em até 75% dos casos de crianças com o diagnóstico inicial”, diz.



Pesquisa comprova maior eficácia de teste HPV para detecção de câncer

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Passa a ser direito fundamental da pessoa com câncer a obtenção de diagnóstico precoce e acesso a tratamento universal.

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

A quantidade de pessoas que sofrem com problemas cardiorrespiratórios no Brasil é tão significativa que sobram estatísticas para contar a história.

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Segundo Dr. Geraldo Carvalhaes, casos de dor crônica também afetam pessoas mais jovens.

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Você é um Hipocondríaco?

Quando a preocupação com a saúde vira doença.

Você é um Hipocondríaco?

Número de prematuros aumenta no Brasil

Média de prematuridade no país atingiu 11,1% em 2020 e aumento pode estar ligado ao covid-19.

Número de prematuros aumenta no Brasil

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Pesquisa da Anab foi realizada com 1.006 usuários da saúde suplementar em todo o Brasil no mês de setembro.

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Acupuntura e outras técnicas podem ajudar no alívio dos sintomas e melhora global dessas condições.

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica

Trabalhos científicos mostram que 25% dos portadores de câncer de próstata morrem devido à doença.

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica

Qualidade de vida, apesar da dor

Lista de doenças dolorosas passíveis de tratamento é bem extensa.

Qualidade de vida, apesar da dor

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

A mulher não deve se sentir sozinha nessa jornada.

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

5 dicas para prevenir a osteoporose

Você sabia que uma em cada três mulheres têm osteoporose em todo o mundo?

5 dicas para prevenir a osteoporose