Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Alergia em tempos de pandemia

Alergia em tempos de pandemia

13/07/2021 Divulgação

Saiba as diferenças entre rinite, gripe, resfriado e covid-19.

Alergia em tempos de pandemia

Tosse, coriza, nariz entupido e dores de cabeça. Essa lista descreve com precisão alguns dos sintomas da covid-19, mas também poderia ser confundida com uma rinite. Se por um lado essa semelhança ajuda a ligar o sinal de alerta, por outro pode levar um portador do coronavírus a acreditar que seu estado não passa de uma gripe ou outra doença respiratória.

Para que se tenha a noção exata do problema, é importante entender as diferenças entre rinite, gripe, resfriado e covid-19, e não relativizar os sintomas. O clima frio e seco do inverno, aliado ao maior tempo que as pessoas passam acondicionadas em casa, é propenso à elevação dos casos de doenças respiratórias. Como estamos vivendo paralelamente a pandemia do novo coronavírus, o risco de confusão tende a aumentar nessa época do ano.

Por isso, o Dia Mundial da Alergia, celebrado no dia 8 julho, promete ter um peso extra em 2021. Afinal, a data serve para conscientizar as pessoas sobre as doenças que levam o sistema imunológico a dar uma resposta excessiva contra um organismo externo. E conhecer as diferenças entre elas é um bom caminho.

Enquanto a rinite resulta em muitos espirros em sequência, com crises que podem se repetir após certo período, a gripe tem sintomas duradouros (em torno de 5 a 7 dias) e é propensa a provocar febre alta. O resfriado, por sua vez, apresenta reações parecidas com a gripe, mas o seu desaparecimento é mais rápido (2 a 4 dias) e menos doloroso.

Já a covid-19 apresenta uma lista maior de sintomas, muitos deles semelhantes a essas doenças cotidianas. Os mais comuns são febre, tosse seca, coriza e cansaço. No entanto, também podem ocorrer perda de paladar e de olfato, dores de cabeça, de garganta ou musculares, calafrios, conjuntivite, diarreia e erupções cutâneas. Em casos mais graves, que exigem inclusive internação, o paciente apresenta dificuldade de respirar, perda de fala ou de movimento e dor no peito.

Por serem doenças contagiosas, quem apresenta esses sintomas deve evitar contato com outras pessoas, e à medida do possível realizar um dos exames disponíveis na rede de saúde para certificar-se de que doença está acometendo o seu organismo.

Em regra, o tratamento contra doenças respiratórias exige apenas que o paciente faça um repouso e intensifique a ingestão de líquidos. Por serem acompanhados de dor e febre, também é feito o uso de analgésicos e antitérmicos.

Já para a covid-19, ainda não existem medicamentos comprovadamente eficazes contra os seus sintomas, e a recomendação é que as pessoas optem pelas vacinas, embora não representem garantia de 100% de imunidade.

Texto: Rodrigo Felipe, presidente do Grupo First e idealizador da operadora de planos de saúde You Saúde

Para mais informações sobre alergia clique aqui.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Naves Coelho Comunicação



Por que o autismo em meninas é menos comum?

Elas têm mais autoconsciência, senso de empatia e tenta “se encaixar” mais socialmente que eles.

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Pesquisa comprova maior eficácia de teste HPV para detecção de câncer

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Passa a ser direito fundamental da pessoa com câncer a obtenção de diagnóstico precoce e acesso a tratamento universal.

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

A quantidade de pessoas que sofrem com problemas cardiorrespiratórios no Brasil é tão significativa que sobram estatísticas para contar a história.

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Segundo Dr. Geraldo Carvalhaes, casos de dor crônica também afetam pessoas mais jovens.

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Você é um Hipocondríaco?

Quando a preocupação com a saúde vira doença.

Você é um Hipocondríaco?

Número de prematuros aumenta no Brasil

Média de prematuridade no país atingiu 11,1% em 2020 e aumento pode estar ligado ao covid-19.

Número de prematuros aumenta no Brasil

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Pesquisa da Anab foi realizada com 1.006 usuários da saúde suplementar em todo o Brasil no mês de setembro.

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Acupuntura e outras técnicas podem ajudar no alívio dos sintomas e melhora global dessas condições.

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica

Trabalhos científicos mostram que 25% dos portadores de câncer de próstata morrem devido à doença.

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica

Qualidade de vida, apesar da dor

Lista de doenças dolorosas passíveis de tratamento é bem extensa.

Qualidade de vida, apesar da dor

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

A mulher não deve se sentir sozinha nessa jornada.

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama