Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Aumenta perigo noturno no trânsito com a diabetes

Aumenta perigo noturno no trânsito com a diabetes

23/01/2008 Divulgação

Diabéticos têm variações nos vícios de refração e maior propensão a doenças oculares que aumentam perigo no trânsito noturno.

Metade dos diabéticos não sabe que tem a doença que em estágio inicial não apresenta sintomas. Queiroz Neto conta que muitas pessoas descobrem que são diabéticas durante a consulta oftalmológica. São pacientes que têm uma repentina dificuldade de enxergar de longe causada pela hiperglicemia. Ele explica que isso acontece porque o aumento da glicose na corrente sanguínea leva ao acúmulo de água na parte posterior do cristalino que induz à miopia.

À medida que a glicose no sangue retorna ao nível normal o cristalino volta ao tamanho original e a miopia induzida desaparece. A repetição dessas mudanças no cristalino observa, predispõe diabéticos a terem catarata que torna a visão embaçada.

As alterações metabólicas também enfraquecem os músculos. Nos olhos, comenta, pode ocorrer a perda parcial do movimento de um ou dois músculos que levam o diabético a ter visão dupla.

Quem tem a doença há mais de 10 anos devem fazer consultas oftalmológicas semestralmente, adverte. Isso porque o diabetes enfraquece a parede dos vasos sanguíneos da retina, conjunto de fibras nervosas na parte posterior dos olhos que leva luz ao nervo óptico onde se processam as imagens. O controle de hemorragias e surgimento de neovasos através de medicação intra-ocular e aplicações de laser impedem o surgimento da retinopatia diabética que ainda é a maior causa de cegueira irreversível no Brasil.

De acordo com Queiroz Neto, à noite a miopia, astigmatismo, glaucoma e catarata pioram devido à falta de iluminação suficiente que diminui o contraste das imagens e a noção de profundidade. O reflexo do motorista também fica mais lento porque entre míopes e astigmáticos a noção de distância em relação aos outros veículos é maior do que a real. Além disso, manter o foco na estrada durante a noite, exige mais da musculatura ocular o que compromete a acomodação. Ele ressalta que a carta de habilitação pode restringir a direção aos o por do sol e por isso a redução da visão noturna não desabilita o motorista.

Entre as dicas para reduzir os riscos de acidentes, destaca:

- Manter o grau dos óculos atualizado.
- Dar preferência por lentes anti-reflexo e com proteção UV.
- Certificar-se que os óculos de sol têm proteção UV, pois lentes sem proteção aumentam em 60% o risco de surgir catarata.
- Manter o pára-brisa limpo.
- Descansar durante o percurso.



Ministério da Saúde lança campanha nacional de combate à sífilis

Gestantes representaram mais da metade dos casos contraídos em 2020.


Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Cerca de 3,7 milhões de atendimentos deixaram de ser feitos.

Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Uma pesquisa recente publicada pela Digital Turbine mostra que 20% dos brasileiros não ficam mais de 30 minutos longe do celular.

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

A região lombar costuma ser a mais afetada pela osteofitose

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

A renda obtida com a venda dos livros será doada ao Instituto Correndo Pelo Diabetes para incentivar a prática da atividade física.

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

10 curiosidades sobre o crânio e o cérebro que irão te surpreender

Ainda estamos longe de conhecer todo o mistério que envolve a interligação do cérebro com o nosso organismo como um todo, mas já temos importantes achados.


Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Com medo do contágio pelo coronavírus, as mulheres deixaram de lado a rotina de cuidados.

Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Em 2021, Brasil registra 299.304 pessoas mortas por doenças cardiovasculares.

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Conheça os riscos e benefícios de crianças e adolescentes usar lentes de contato.

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Medicações têm efeitos danosos, inclusive com risco de morte.

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Entenda como as diferentes posições para dormir interferem no funcionamento do organismo.

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença

"Conhecer demência é conhecer Alzheimer" é tema de campanha em 2021.

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença