Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Os principais tipos de manchas na pele

Os principais tipos de manchas na pele

10/08/2018 Da Redação

As manchas na pele se dividem entre as cores marrom, preta, branca, roxa e vermelha.

Os principais tipos de manchas na pele

No Brasil, o número de pessoas que não aplica protetor solar diariamente é de 72, 5%, o que corresponde a quase 3/4 da população, segundo pesquisa cientifica do Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele.

De acordo com a pesquisa, em 2016, o percentual era de 65%, em 2015 foi de 53% e em 2014 de 57%. Mesmo com a comprovação de que o sol pode ser um dos principais implicadores no surgimento e desenvolvimento de manchas na pele, o costume de se proteger contra os raios solares ainda não atingiu níveis satisfatórios dentre os brasileiros.

Assim como o sol, outros fatores como o envelhecimento, alergias, predisposição genética, alterações hormonais, e hiperpigmentação após inflamações são alguns dos principais fatores que podem influenciar na piora ou no aparecimento de manchas na pele. Algumas manchas podem afetar somente a estética dos pacientes, outras podem ser sinais de doenças subjacentes.

De acordo com a dermatologista Monalisy Rodrigues, os principais tipos de manchas na pele se dividem entre as cores marrom, preta, branca, roxa e vermelha.

As manchas marrons abrangem condições como a melanose ou mancha senil (possui ligação direta com o excesso da luz solar e aparece com maior frequência no dorso das mãos, colo e costas), fitofotodermatose (queimadura resultante da reação de um componente químico presente em frutas cítricas com o sol), e o melasma (com maior incidência durante a gravidez ou em mulheres que fazem uso de pílula anticoncepcional, este tipo de mancha pode estar relacionado a fatores genéticos, hormonais e ao sol).

Dentre as manchas pretas podemos identificar o nevo, nevo melanocítico congênito e a queratose seborreica escura. Os nevos se traduzem em pequenas pintas ou manchas de formato arredondado e regular, que podem ser planas ou elevadas, aparecendo nas primeiras décadas de vida de quase todas as pessoas.

As manchas brancas abrangem a leucodermia solar ou sardas brancas, pitiríase versicolor ou pano branco (micose de praia) e o vitiligo. A leucodermia solar ou gutata, são pequenas manchas esbranquiçadas na pele, com tamanho entre 1 a 10 mm, sendo causadas pela exposição excessiva aos raios ultravioleta. Já a pitiríase versicolor ou micose de praia é uma infecção de origem fúngica, que interfere na pigmentação normal da pele e acaba por gerar pequenas manchas espalhadas pelo corpo.

Por último, o vitiligo é uma doença com uma possível origem genética, mas que ainda não tem suas causas definidas. A doença leva ao aparecimento de manchas brancas na pele, principalmente, em locais como os órgãos genitais, cotovelos, joelhos, rosto, pés e mãos.

No grupo das manchas roxas se encontram os hematomas (causados por pequenos traumas, batidas ou topadas em objetos, que provocam o rompimento de vasos sanguíneos da pele) e a purpura senil, que são petéquias, equimoses, ou hematomas, que aparecem no dorso, punhos, antebraços ou das mãos, em decorrência do afinamento da pele, sendo comum em pessoas idosas.

Ainda existem os nevos rubi ou pintas de sangue que se enquadram no grupo de manchas vermelhas. De origem genética, essas pintas são um agrupamento de pequenos vasos sanguíneos dilatados na superfície da pele. Este tipo de mancha não é maligno, porém o paciente pode optar pela retirada por motivos estéticos.

 



Mercado de estética cresceu 567% em cinco anos

Especialista afirma que as pessoas buscam cada vez mais saúde e bem-estar, o que impulsiona o setor.

Mercado de estética cresceu 567% em cinco anos

Rotina de cuidados com a pele facial antes de dormir

Saiba como cuidar melhor da sua pele antes de dormir e tire suas principais dúvidas sobre o assunto.

Rotina de cuidados com a pele facial antes de dormir

Cirurgias plásticas em adolescentes crescem 141% em dez anos

Número de procedimentos em adolescentes ultrapassaram 90 mil casos no Brasil

Cirurgias plásticas em adolescentes crescem 141% em dez anos

Procedimento promete rejuvenescer os lábios

Lip Lift é um procedimento cada vez mais procurado e que ainda causa muitas dúvidas

Procedimento promete rejuvenescer os lábios

Proibição do bronzeamento artificial completa 10 anos

Bronzeamento artificial está proibido no Brasil desde 2009, alerta é da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Proibição do bronzeamento artificial completa 10 anos

Silicone não é a única alternativa para realçar os seios

Levantar os seios, colocar implante ou fazer preenchimento: entenda as diferenças.

Silicone não é a única alternativa para realçar os seios

Hormônio do crescimento ajuda a manter a juventude

É possível retardar a velhice e promover o rejuvenescimento com tratamento à base do hormônio do crescimento.

Hormônio do crescimento ajuda a manter a juventude

Homens acima dos trinta estão mais vaidosos

Botox, preenchedores e tratamentos contra a calvície são os procedimentos mais procurados.

Homens acima dos trinta estão mais vaidosos

Pele negra: características e principais cuidados

Por ser rica em melanina, a pele negra tem maior proteção contra o câncer de pele.

Pele negra: características e principais cuidados

Hidratação dos cabelos: mitos e verdades

Mitos e verdades que perseguem as mulheres na hora da hidratação capilar.

Hidratação dos cabelos: mitos e verdades

5 dicas para eliminar as manchas de pele

As manchas são verdadeiras inimigas de uma pele saudável.


Saiba como retardar o envelhecimento da pele

Tratamentos ajudam a diminuir manchas da pele e a corrigir linhas de expressão.

Saiba como retardar o envelhecimento da pele