Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Campanha Novembro Azul alerta para a prevenção do câncer de próstata

Campanha Novembro Azul alerta para a prevenção do câncer de próstata

06/11/2019 Da Redação

Homens que possuem histórico familiar de câncer de próstata, devem se preocupar com esse fator de risco.

Campanha Novembro Azul alerta para a prevenção do câncer de próstata

Durante o mês de novembro é realizada a conscientização mundial para prevenção de doenças masculinas, com enfoque na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata. A próstata é uma glândula que só o homem possui e localiza-se na parte baixa do abdômen, logo abaixo da bexiga e à frente do reto. Produz parte do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozoides, liberados durante o ato sexual.

O órgão envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada, por isso os primeiros sintomas do tumor são a dificuldade de urinar, frequência urinária alterada ou diminuição da força do jato da urina, dentre outros. Na fase inicial, por apresentar poucos sintomas, o câncer de próstata pode evoluir e, quando o homem procura atendimento por apresentar os sinais e os sintomas já estão em fase avançada, a cura é dificultada. Na fase avançada, os sintomas são: dor óssea; dores ao urinar; vontade de urinar com frequência, e presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

Os homens que possuem histórico familiar de câncer de próstata (pai, irmão e tio), devem se preocupar com esse fator de risco. Os homens negros têm maiores propensões de desenvolver a doença, e a obesidade também é um fator de risco a ser considerado.

Os tumores de próstata podem crescer de forma rápida, espalhando-se para outros órgãos e podendo levar à morte. Contudo, a grande maioria aumenta de forma tão lenta, sem chamar a atenção, um dos fatores que faz com que muitos homens negligenciem sua saúde. Com a falta de sinais e sintomas, a tendência é que eles não busquem atendimento, prejudicando o tratamento e a sobrevida. Por essa razão é importante fazer exames anuais de próstata.

A doença poderá não apresentar nenhum sintoma em sua fase inicial, porém, quando manifestados, os mais comuns são: dificuldade de urinar, diminuição do jato de urina, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite. Na fase mais avançada, o homem poderá ter dores nos ossos, sintomas urinários, e até mesmo infecção generalizada ou insuficiência renal.

A identificação da doença pode ser feita pelo exame de toque retal e de sangue, em que é avaliada a dosagem do PSA, o chamado Antígeno Prostático Específico.

Texto: Ivana Maria Saes Busato e Cristiano Caveião

Fonte: Uninter



Maquiagem ‘bafônica’ ou mais discreta?

Influencer de beleza ensina passo a passo de make perfeita para o Carnaval.

Maquiagem ‘bafônica’ ou mais discreta?

Como apoiar um colaborador com síndrome do pânico?

Você está vivendo um dia normal. A rotina é a mesma, nada de novo. A mesma tranquilidade de sempre.


O que fazer quando alguém tem uma síncope?

Normalmente, antes da síncope costuma haver palidez, vertigem, suor frio,  formigamento no corpo, pulsação fraca, diminuição da audição e visão embaçada.

O que fazer quando alguém tem uma síncope?

Casos de sífilis têm aumento no Brasil

Principal forma de transmissão da doença são as relações sexuais sem proteção.

Casos de sífilis têm aumento no Brasil

Violência “no touch”

O assédio moral pode trazer sequelas emocionais e físicas.


Esfoliação ideal para uma pele linda e renovada

Dicas para manter uma pele saudável e bem cuidada.

Esfoliação ideal para uma pele linda e renovada

Fevereiro é mês de conscientização do Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

Embora sejam doenças que não têm cura o diagnóstico precoce e correto pode garantir melhor qualidade de vida aos pacientes.

Fevereiro é mês de conscientização do Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

Exercícios físicos x uso de prótese nos seios

O implante de próteses nos seios é uma das cirurgias plásticas mais procuradas pelas brasileiras.

Exercícios físicos x uso de prótese nos seios

Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo foca em crianças e jovens

Nesta primeira etapa serão enviadas 660 mil doses da tríplice viral, destinadas a crianças e jovens entre 5 e 19 anos.

Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo foca em crianças e jovens

Como utilizar corretamente o protetor solar

Dicas simples que podem te ajudar de forma correta este produto indispensável para a saúde.

Como utilizar corretamente o protetor solar

Transtorno de conduta infantil

O Transtorno de conduta (TC) não é uma simples desobediência.


Volta às aulas: as vacinas estão em dia?

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda que as vacinas das crianças e dos adolescentes estejam em dia.

Volta às aulas: as vacinas estão em dia?