Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Check-up médico anual pode evitar doenças de alto risco

Check-up médico anual pode evitar doenças de alto risco

17/12/2019 Da Redação

Especialista vascular explica quais os principais exames a serem feitos todos os anos e por que não devem ser ignorados.

Check-up médico anual pode evitar doenças de alto risco

O clima de fim e começo de ano favorece para que as pessoas queiram se cuidar e iniciar um novo ciclo da melhor maneira possível. Cuidar da saúde é algo que não pode faltar, por isso, um check-up se faz importante na prevenção de doenças, ou mesmo no diagnóstico precoce de algum mal.

Entre as especialidades médicas recomendadas para a checagem anual, a vascular é uma das mais importantes. “O check-up vascular deve ser visto da mesma maneira que a avaliação ginecológica anual é recomendada às mulheres e também a avaliação urológica aos homens, ou seja, a prevenção de doenças circulatórias”, explica o cirurgião vascular Dr. Gilberto Narchi Rabahie.

No caso da especialidade do médico, o sistema venoso e arterial é analisado no check-up. “Por meio do exame físico específico, verifica-se a presença de varizes, edema em membros inferiores, palpação de pulsos em membros superiores e inferiores, entre outras análises”, explica Dr. Gilberto. O médico acrescenta que também é importante saber precocemente sobre fatores de risco que podem levar a doenças vasculares.

Doenças mais comuns

As doenças venosas são as mais detectadas – e atentar-se a elas no check-up anual é imprescindível. “Nesse sentido, as varizes são as mais importantes de se atentar, presente em aproximadamente 40% da população brasileira. Outra doença é a trombose venosa profunda, que leva ao edema e dor em pernas, e que pode ocasionar sequelas graves, como úlceras varicosas e edema crônico”, explica Dr. Gilberto.

Outra complicação comum de ser detectada em um check-up anual é a oclusão ou dilatação de vasos, que também causam doenças arteriais. “A oclusão da artéria carótida no pescoço por exemplo, pode levar ao acidente vascular cerebral, quadro conhecido como derrame cerebral”, acrescenta o especialista.

Mesmo que com menos frequência, a doença arterial periférica cursa com isquemia dos membros inferiores também é outra que pode ser detectada em uma checagem anual. A doença oferece risco de amputação, por isso, precisa ser identificada o mais precoce possível. “Já os aneurismas, que são dilatações das artérias que podem romper e causar sangramento intenso, tem altas taxas de óbito e precisam de atenção médica redobrada”, afirma o médico vascular.

Como prevenção, o Dr Gilberto Narchi Rabahie afirma que o exame dopller ultrassom é o mais comum a ser pedido pelos especialistas. “Não invasivo e identifica a grande maioria das doenças vasculares. Pode ser realizado no próprio consultório médico de maneira rápida e muito segura”.

Fonte: Agencia Contatto



Violência “no touch”

O assédio moral pode trazer sequelas emocionais e físicas.


Esfoliação ideal para uma pele linda e renovada

Dicas para manter uma pele saudável e bem cuidada.

Esfoliação ideal para uma pele linda e renovada

Fevereiro é mês de conscientização do Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

Embora sejam doenças que não têm cura o diagnóstico precoce e correto pode garantir melhor qualidade de vida aos pacientes.

Fevereiro é mês de conscientização do Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

Exercícios físicos x uso de prótese nos seios

O implante de próteses nos seios é uma das cirurgias plásticas mais procuradas pelas brasileiras.

Exercícios físicos x uso de prótese nos seios

Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo foca em crianças e jovens

Nesta primeira etapa serão enviadas 660 mil doses da tríplice viral, destinadas a crianças e jovens entre 5 e 19 anos.

Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo foca em crianças e jovens

Como utilizar corretamente o protetor solar

Dicas simples que podem te ajudar de forma correta este produto indispensável para a saúde.

Como utilizar corretamente o protetor solar

Transtorno de conduta infantil

O Transtorno de conduta (TC) não é uma simples desobediência.


Volta às aulas: as vacinas estão em dia?

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda que as vacinas das crianças e dos adolescentes estejam em dia.

Volta às aulas: as vacinas estão em dia?

Artrose nas mãos é comum, mas pode ser evitada

Doença normalmente associada à idade avançada, pode se manifestar muito cedo, causando dores e limitações motoras, mas é possível atenuar seus efeitos.

Artrose nas mãos é comum, mas pode ser evitada

Dia Nacional da Mamografia: um alerta sobre a importância do exame

Prevenção pode detectar lesões assintomáticas e possibilita tratamento do câncer de mama em fase inicial.

Dia Nacional da Mamografia: um alerta sobre a importância do exame

Hanseníase: entenda a doença

Considerada uma das doenças mais antigas do mundo, a Hanseníase foi registrada pela primeira vez no século 6 a.C., sendo conhecida naquela época como lepra.


Brasil terá 625 mil novos casos de câncer por ano até 2022

Para a população infantojuvenil são esperados mais de 8 mil casos, diz Inca.

Brasil terá 625 mil novos casos de câncer por ano até 2022