Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Ciência avança na cura da hepatite C

Ciência avança na cura da hepatite C

23/06/2006 Da Redação

A hepatite C é uma doença causada pelo vírus C, que é transmitido por meio do contato direto com sangue humano contaminado, e causa inflamação crônica no fígado. O contágio pode ocorrer durante transfusões de sangue ou do uso de hemoderivados que não foram testados adequadamente. No entanto, com a prática universal do teste anti-HCV nos bancos de sangue, a partir de 1992, reduziu-se drasticamente o risco de contaminação. Outras formas de contágio incluem o uso de drogas ilícitas com agulhas e seringas compartilhadas e acidentes com material perfurocortante contaminado, como lâminas, bisturis e agulhas.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), atualmente, existem cerca de 170 milhões de pessoas infectadas pelo vírus C no mundo. No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, há cerca de dois milhões portadores, número que coloca a hepatite C como uma doença cinco vezes mais infecciosa do que a Aids. 

A nova esperança de cura para pacientes portadores da hepatite crônica C pode estar no novo antiviral que está sendo pesquisado pela Roche e batizado pelo nome R1626. Um estudo preliminar demonstrou que o medicamento foi capaz de reduzir de forma significativa à quantidade de vírus no sangue e impedir a progressão da doença, em pacientes com hepatite crônica C infectados com genótipo um, considerado o subtipo viral mais difícil de tratar. Os resultados foram apresentados recentemente durante o 41º Encontro Anual da Associação Européia para o Estudo do Fígado (EASL), em Viena, Áustria.

No futuro, o tratamento da hepatite C deverá envolver combinações de novos medicamentos de uso oral e injetável, que atuam em pontos diversos no ciclo de vida do vírus e apresentam ação rápida no organismo.



Maquiagem ‘bafônica’ ou mais discreta?

Influencer de beleza ensina passo a passo de make perfeita para o Carnaval.

Maquiagem ‘bafônica’ ou mais discreta?

Como apoiar um colaborador com síndrome do pânico?

Você está vivendo um dia normal. A rotina é a mesma, nada de novo. A mesma tranquilidade de sempre.


O que fazer quando alguém tem uma síncope?

Normalmente, antes da síncope costuma haver palidez, vertigem, suor frio,  formigamento no corpo, pulsação fraca, diminuição da audição e visão embaçada.

O que fazer quando alguém tem uma síncope?

Casos de sífilis têm aumento no Brasil

Principal forma de transmissão da doença são as relações sexuais sem proteção.

Casos de sífilis têm aumento no Brasil

Violência “no touch”

O assédio moral pode trazer sequelas emocionais e físicas.


Esfoliação ideal para uma pele linda e renovada

Dicas para manter uma pele saudável e bem cuidada.

Esfoliação ideal para uma pele linda e renovada

Fevereiro é mês de conscientização do Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

Embora sejam doenças que não têm cura o diagnóstico precoce e correto pode garantir melhor qualidade de vida aos pacientes.

Fevereiro é mês de conscientização do Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

Exercícios físicos x uso de prótese nos seios

O implante de próteses nos seios é uma das cirurgias plásticas mais procuradas pelas brasileiras.

Exercícios físicos x uso de prótese nos seios

Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo foca em crianças e jovens

Nesta primeira etapa serão enviadas 660 mil doses da tríplice viral, destinadas a crianças e jovens entre 5 e 19 anos.

Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo foca em crianças e jovens

Como utilizar corretamente o protetor solar

Dicas simples que podem te ajudar de forma correta este produto indispensável para a saúde.

Como utilizar corretamente o protetor solar

Transtorno de conduta infantil

O Transtorno de conduta (TC) não é uma simples desobediência.


Volta às aulas: as vacinas estão em dia?

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda que as vacinas das crianças e dos adolescentes estejam em dia.

Volta às aulas: as vacinas estão em dia?