Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Cirurgia de catarata depois dos noventa anos?

Cirurgia de catarata depois dos noventa anos?

01/08/2011 Divulgação

Quando o assunto é a realização de cirurgia de catarata em pessoas muito idosas, com mais de 90 anos, os oftalmologistas sempre expõem seus temores sobre o tema: os múltiplos riscos.

No entanto, novos resultados de um estudo - Prevalence and Predictors of Ocular Complications Associated with Cataract Surgery in United States Veterans - publicados na revista Ophthalmology indicam que  pacientes com 90 anos ou mais não são mais propensos a sofrer complicações do que pacientes com 80 anos ou um pouco menos. A equipe de pesquisadores, coordenada por Paul B. Greenberg, decidiu estudar as doenças sistemicas associadas à cirurgia de catarata, pois é cada vez mais comum pacientes nesta idade decidirem operar. Num estudo anterior, Greenberg já havia analisado os fatores de risco para complicações oculares, após a cirurgia de catarata, analisando dados de pacientes com mais de 80 anos.

Desta vez, a pesquisa visava descobrir se o fato de ter 90 anos ou mais aumenta o risco de complicações pós-cirúrgicas. Foram incluídos no estudo, 554 nonagenários e 11.407 octogenários que haviam sido submetidos a cirurgia de catarata no Veterans Health Administration, entre outubro de 2005 e setembro de 2007. Quando os investigadores analisaram as doenças sistêmicas associadas aos dois grupos, eles encontraram uma diferença interessante. Pacientes com 90 anos ou mais apresentavam menos doenças. O grupo de referência com 80-89 anos tinha uma taxa ligeiramente superior de DPOC – doença pulmonar obstrutiva crônica, neoplasias malignas e diabetes descompensado. Já os participantes do estudo com  90 anos ou mais apresentavam uma taxa ligeiramente maior de demência, natural e relacionada à idade.

Os pesquisadores, liderados por Greenberg, descobriram que as taxas de complicações foram semelhantes em ambos os grupos. O grupo de nonagenários não apresentou aumento do risco cirúrgico. Não houve aumento no risco de complicações, quando comparados nonagenários e octogenários. Os octogenários, que formavam o grupo controle, tinham os mesmos riscos de complicações. Os índices eram quase idênticos: octogenários em 13,5% e 13,4% em nonagenários.

Leia também:

Brasil faz cirurgia usada em 40% dos transplantes nos EUA



55% dos brasileiros com mais de 18 anos consomem bebidas alcoólicas, diz pesquisa

Dado é de pesquisa do Instituto Brasileiro do Fígado.

55% dos brasileiros com mais de 18 anos consomem bebidas alcoólicas, diz pesquisa

A perda auditiva se manifesta em qualquer idade

A perda auditiva é uma queixa quase diária no consultório do otorrinolaringologista.

A perda auditiva se manifesta em qualquer idade

O consumidor é obrigado a dar o CPF nas farmácias?

Um ponto de dúvida para as pessoas, mas que é importante ter clareza, a exigência de CPF é ilegal para o fornecimento de descontos pelas farmácias.

O consumidor é obrigado a dar o CPF nas farmácias?

Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Casos aumentaram em 12 estados em relação ao ano passado.

Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Estamos todos saindo da UTI?

Nas últimas semanas, esses ambientes estão diferentes do que vivenciamos ao longo de quase 20 meses.

Estamos todos saindo da UTI?

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Elas têm mais autoconsciência, senso de empatia e tenta “se encaixar” mais socialmente que eles.

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Pesquisa comprova maior eficácia de teste HPV para detecção de câncer

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Passa a ser direito fundamental da pessoa com câncer a obtenção de diagnóstico precoce e acesso a tratamento universal.

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

A quantidade de pessoas que sofrem com problemas cardiorrespiratórios no Brasil é tão significativa que sobram estatísticas para contar a história.

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Segundo Dr. Geraldo Carvalhaes, casos de dor crônica também afetam pessoas mais jovens.

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Você é um Hipocondríaco?

Quando a preocupação com a saúde vira doença.

Você é um Hipocondríaco?

Número de prematuros aumenta no Brasil

Média de prematuridade no país atingiu 11,1% em 2020 e aumento pode estar ligado ao covid-19.

Número de prematuros aumenta no Brasil