Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Cirurgia inédita em Minas Gerais é realizada em Passos

Cirurgia inédita em Minas Gerais é realizada em Passos

20/08/2020 Divulgação

A operação de cranioestenose foi realizada em uma criança de 10 meses, cuja família é residente da cidade de Paracatu/MG.

Cirurgia inédita em Minas Gerais é realizada em Passos

O Hospital Unimed em Passos realizou uma cirurgia inédita em Minas Gerais: uma operação de cranioestenose, popularmente conhecida como “fechamento precoce da moleira”, que causa restrição no crescimento cerebral do bebê.

A operação foi realizada em uma criança de 10 meses, cuja família é residente em Paracatu/MG. A novidade do procedimento foi a confecção de um biomodelo em 3D do crânio da criança , baseado em exames de imagem prévios detalhados, com o objetivo de simular o procedimento antes da cirurgia, além do uso de um sistema de realidade aumentada em celular com imagens do crânio da paciente, que permitiram o treinamento prévio da equipe envolvida e um modelo físico híbrido, com o qual foi treinado cada passo da cirurgia.

O treinamento aconteceu no laboratório de habilidades cirúrgicas da Faculdade Atenas em Passos onde foi realizado um encontro de todos os membros da equipe. Foi realizado um simpósio sobre tema teórico e posteriormente planejamento e prática do biomodelo realístico, integrando e alinhando equipe através de educação continuada. Desta forma, foi possível verificar todas as nuances, reconstruções, utilização de materiais, bem como antecipação de possíveis complicações já no treinamento.

A operação foi realizada no dia 14 de agosto e durou 14 horas. A paciente saiu do leito de alto risco do Hospital Unimed no domingo e pode receber alta na quinta-feira, dia 20.

Fonte: Hospital Unimed



Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

A mulher não deve se sentir sozinha nessa jornada.

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

5 dicas para prevenir a osteoporose

Você sabia que uma em cada três mulheres têm osteoporose em todo o mundo?

5 dicas para prevenir a osteoporose

Ministério da Saúde lança campanha nacional de combate à sífilis

Gestantes representaram mais da metade dos casos contraídos em 2020.


Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Cerca de 3,7 milhões de atendimentos deixaram de ser feitos.

Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Uma pesquisa recente publicada pela Digital Turbine mostra que 20% dos brasileiros não ficam mais de 30 minutos longe do celular.

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

A região lombar costuma ser a mais afetada pela osteofitose

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

A renda obtida com a venda dos livros será doada ao Instituto Correndo Pelo Diabetes para incentivar a prática da atividade física.

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

10 curiosidades sobre o crânio e o cérebro que irão te surpreender

Ainda estamos longe de conhecer todo o mistério que envolve a interligação do cérebro com o nosso organismo como um todo, mas já temos importantes achados.


Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Com medo do contágio pelo coronavírus, as mulheres deixaram de lado a rotina de cuidados.

Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Em 2021, Brasil registra 299.304 pessoas mortas por doenças cardiovasculares.

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Conheça os riscos e benefícios de crianças e adolescentes usar lentes de contato.

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Medicações têm efeitos danosos, inclusive com risco de morte.

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor