Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Como funcionam as consultas médicas online? Tire suas dúvidas!

Como funcionam as consultas médicas online? Tire suas dúvidas!

06/11/2019 Divulgação

A telemedicina facilitou as consultas médicas online, mas ainda gera dúvidas entre os pacientes. Entenda melhor como ela funciona.

Como funcionam as consultas médicas online? Tire suas dúvidas!

A tecnologia tem permitido novas possibilidades em diferentes campos e com área da saúde não é diferente. As consulta médicas online já são uma realidade, mas ainda causam dúvida sobre o seu funcionamento e se são eficazes.

A questão é que por não haver um médico presencial para realizar exames físicos é comum imaginar que ela será incompleta, porém é preciso entender qual o objetivo desse tipo de atendimento e quando ele deve ser utilizado.

Para que possa esclarecer todas as suas dúvidas sobre as consultas médicas online, veja quais são os questionamentos mais comuns e a resposta para eles.

Como são feitas as consultas médicas online?

As consultas são realizadas por meio de plataformas ou aplicativos especializados no qual é possível que um médico e o paciente se comuniquem. Esses normalmente utilizam recursos de vídeo e voz e exigem que haja uma conexão com a internet.

Qual a diferença entre os telelaudos e a teleassistência?

Nos dois casos estamos falando da telemedicina, ou seja o atendimento remoto ao paciente e praticado à distância.

Os telelaudos são usados para emitir o laudo de um exame médico realizado anteriormente. Ou seja messe momento o médico ou uma plataforma irá apresentar quais foram os resultados obtidos.

Já a teleassistência é utilizada para a orientação do paciente. Isso é o que muita gente acaba chamando de consulta médica online, pois nesse momento se tem contato com um médico que irá fazer orientações de saúde, identificar os primeiros sintomas, fazer triagem, monitorar o paciente entre outros.

No Brasil, existe alguma regulamentação para as consultas médicas online?

Sim. Segundo o Código de Ética Médico (CEM), o médico pode fazer o atendimento do paciente remotamente, porém não pode utilizar apenas desse meio para prescrever um tratamento, uma vez que para isso é exigido uma exame físico.

A exceção para indicar um tratamento seria em caso de emergência quando não há a possibilidade de acesso a um profissional de saúde pessoalmente.

Entretanto, como já dito, para passar laudos, fazer o acompanhamento de paciente e outros as consultas médicas online estão liberadas.

O médico precisa registrar o atendimento à distância?

Uma das regras para que seja realizada a consulta remota é que o médico registre as consultas. Isso deve ser feito por meio da gravação do atendimento e por prontuário médico. Nesse último deverão ser anotadas todas as informações do paciente para que se crie um histórico.

Apesar da obrigatoriedade do registro, deve ser mantido o sigilo médico, ou seja, as informações do paciente não devem ser divulgadas.

Quais as vantagens das consultas médicas online?

A tecnologia proporcionou uma série de ganhos quando se trata do atendimento online, entre elas:

Diminuição do número de consultas

Muitas vezes um médico, ao perceber que o problema deve ser tratado com um especialistas, já consegue fazer o atendimento em parceria com o profissional especializado.

Isso evita que seja preciso ficar remarcando consultas e direcionando o paciente para diferentes especialistas até que encontre o certo.

Acesso mais fácil aos profissionais

Mesmo em locais mais remotos em que não existe um médico é possível ter acesso ao profissional com o uso da tecnologia.

Dessa forma não é preciso se deslocar quilômetros para se consultar, sendo isso feito apenas esporadicamente e nas demais vezes do conforto da casa do paciente.

Menores custos

Os médicos não precisam manter uma estrutura completa com escritório, secretária e pagar contas como de água e luz, e isso faz com que os custos para os profissionais diminuam e sejam repassados aos pacientes.

Já quem precisa se consultar não terá que gastar com deslocamento e até mesmo hospedagem.

Na UE, há ainda sites que oferecem a venda de medicamentos online, facilitando o acesso a quem não pode sair de casa e trazendo praticidade no tratamento.

Evita atrasos no atendimento

As chances de um paciente chegar atrasado nas consultas médicas online são mínimas e isso não gera atraso para os demais pacientes.

As consultas médicas online funcionam em outros lugares do mundo?

Sim. Cada país utiliza as consultas online de uma forma. Em Israel, é comercializado um kit em um dispositivo portátil que permite a realização de exames simples à distância.

Na Europa, a telemedicina é utilizada desde 1970 para prestar atendimento em locais remotos e possui autorização em 17 países.

No Japão e na China, a população mais pobre e que mora em locais distantes consegue atendimento utilizando plataformas de telemedicina instaladas em hospitais locais.

As consultas médicas online são uma realidade no mundo inteiro e no Brasil a tendência é que continuem crescendo.

 



Ministério da Saúde lança campanha de amamentação

Amamentação reduz mortalidade infantil e risco de câncer de mama.

Ministério da Saúde lança campanha de amamentação

Seminário internacional sobre autismo aborda ética no tratamento

No dia 22 de agosto, acontece o XVIII Seminário Internacional do Instituto LAHMIEI - Autismo da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).


Como saber se tenho bruxismo?

Dor na mandíbula e cabeça ao acordar são sintomas comuns.

Como saber se tenho bruxismo?

As novas maneiras de olhar e cuidar da saúde física e mental

Muito tem se falado sobre o impacto da pandemia e do distanciamento social na vida das pessoas.


Consultas odontológicas diminuem 80% durante a pandemia

Pesquisa feita pela UFPel diz respeito às consultas odontológicas na rede pública.

Consultas odontológicas diminuem 80% durante a pandemia

Aspectos emocionais do câncer

O câncer coloca a pessoa em situação limite, pois carrega o estigma da morte e do sofrimento.


Vacinas: destrinchando as fases da produção

A história do processo de produção das vacinas remonta aos trabalhos realizados pelo naturalista e médico inglês Edward Jenner, no final do século XVIII.

Vacinas: destrinchando as fases da produção

Lançado e-book com rotina de médicos em UTIs na pandemia

Prosas, versos e muita emoção mostram a nova realidade dos profissionais.


Síndrome de Burnout deve atingir diversos profissionais pós-pandemia

Cansaço, fadiga e estresse no trabalho podem ser mais sérios do que se imagina

Síndrome de Burnout deve atingir diversos profissionais pós-pandemia

Qual é o plano futuro para o setor de saúde depois da pandemia?

O setor de saúde deverá se reinventar, assim como vários setores da economia.

Qual é o plano futuro para o setor de saúde depois da pandemia?

Baixa adesão faz Ministério da Saúde ampliar campanha contra sarampo

Pessoas de 20 a 49 anos poderão se vacinar até o dia 31 de agosto, em todo o país.

Baixa adesão faz Ministério da Saúde ampliar campanha contra sarampo

Dores no inverno: como amenizar o quadro em tempos de menor temperatura

Queixar-se da piora das dores em dias frios está longe de ser um drama ou frescura.

Dores no inverno: como amenizar o quadro em tempos de menor temperatura