Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Consumo de bebidas alcoólicas cresce entre as mulheres

Consumo de bebidas alcoólicas cresce entre as mulheres

27/11/2020 Divulgação

O corpo leva de 1 a 3 horas para metabolizar uma dose de álcool no organismo.

Consumo de bebidas alcoólicas cresce entre as mulheres

O consumo de bebidas alcoólicas entre as mulheres tem se tornado cada vez mais frequente. Segundo dados levantados pela Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) revela que 17% das mulheres com mais de 18 anos de idade, consumiram bebidas alcoólicas uma vez ou mais por semana em 2019. O estudo foi realizado com base no estado de saúde, estilo de vida, saúde bucal e doenças crônicas destas pessoas. 

Para Alfredo Almeida Pina Oliveira, especialista em práticas de promoção da saúde e coordenador do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Enfermagem da Universidade UNG, apesar do consumo do álcool ser muito comum, existem problemas que podem ser reduzidos ou evitados. Os riscos dependem de diversos fatores como a quantidade de álcool consumida, padrão de consumo, vulnerabilidade (genética, psicológica, social), presença de doenças prévias ou uso de medicamentos, outros hábitos de saúde, entre outros. "Sabe-se que o consumo nocivo do álcool está fortemente relacionado com cerca de 200 tipos de doenças, lesões resultantes de violência e acidentes de trânsito e morte", explica.   

Os principais problemas de saúde associados ao álcool são: transtornos por uso do álcool, suicídios, violência doméstica, lesões no trânsito, epilepsia, cirrose hepática, câncer (boca, esôfago, intestino, mama), pancreatite, tuberculose e hipertensão (pressão alta).  

Algumas doenças são totalmente atribuíveis ao álcool, como por exemplo, a síndrome de dependência do álcool, enquanto outras têm uma grande parcela atribuível ao álcool, como é o caso da cirrose (em 48% de todos os casos de cirrose estima-se que a causa seja o consumo de álcool). No caso de lesões no trânsito, câncer de boca e pancreatite, mais de 25% dos casos são atribuíveis ao álcool.  

O corpo leva de 1 a 3 horas para metabolizar uma dose de álcool, o tempo é maior em pessoas que apresentam uma menor quantidade de enzimas ou menor quantidade de água no organismo. Por exemplo, mulheres e indivíduos que apresentam alguns problemas de saúde ou fazem uso de determinados medicamentos.   

O álcool é processado no organismo mais lentamente do que é absorvido, de modo que além da quantidade total de álcool é importante controlar a velocidade e a forma do consumo. O beber pesado episódico (BPE), também conhecido pelo seu termo em inglês como "bingedrinking", corresponde à ingestão de quatro doses ou mais em pelo menos uma ocasião no último mês, pode aumentar o impacto negativo do álcool nos órgãos e sistemas.

Fonte: Universidade UNG




Atividade física e saúde mental: mais é menos ou menos é mais?

Que a atividade física traz benefícios à saúde, não é novidade para quase ninguém, certo? No entanto, menos ênfase é dada à saúde mental.

Atividade física e saúde mental: mais é menos ou menos é mais?

Ministério da Saúde começa processo para distribuir vacina contra Covid-19 pelo país

Estados receberam segunda-feira (18) seis milhões de doses do imunizante, entregues hoje ao centro de logística do Governo Federal.

Ministério da Saúde começa processo para distribuir vacina contra Covid-19 pelo país

Covid-19: vacinação trará normalidade imediata à rotina das pessoas?

Um alerta para a importância de manter protocolos de segurança mesmo após imunização.

Covid-19: vacinação trará normalidade imediata à rotina das pessoas?

Estado deve fornecer medicamento para hepatite tipo C

Juiz considerou gravidade da doença e eficácia do remédio reconhecida pelo poder público.


Saiba escolher o melhor protetor solar para sua pele

Particularidades nos produtos fazem a diferença em cada tipo de pele.

Saiba escolher o melhor protetor solar para sua pele

Exposição excessiva a telas podem aumentar sintomas de cansaço na vista

Para qualquer sintoma relacionado a visão a recomendação é visitar um oftalmologista e encontrar a melhor solução para o problema.

Exposição excessiva a telas podem aumentar sintomas de cansaço na vista

Vai para a praia? Os principais cuidados para evitar a infeção urinária

O verão é um período em que as pessoas associam calor, férias, dias de sol, praia.

Vai para a praia? Os principais cuidados para evitar a infeção urinária

90% dos brasileiros gostariam de fazer mais pela saúde física e mental em 2021

Estudo da Hibou revela que 83% dos brasileiros se consideram saudáveis.

90% dos brasileiros gostariam de fazer mais pela saúde física e mental em 2021

Vacinação, a grande tarefa de 2021

Passadas as festas, voltamos à rotina.

Vacinação, a grande tarefa de 2021

Formigas podem transmitir mais fungos e bactérias que baratas

As formigas têm a capacidade de provocar doenças como intoxicações alimentares, diarreia, vômito, entre outras.

Formigas podem transmitir mais fungos e bactérias que baratas

Cuidado com álcool em gel no verão

Produto aumenta o risco de manchas em quem tem dermatites.

Cuidado com álcool em gel no verão

Faça o teste e descubra se você tem refluxo

Infelizmente, esse mal é mais comum do que deveria. Afeta cerca de 50 milhões de brasileiros - 30% da população adulta.

Faça o teste e descubra se você tem refluxo