Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Cuidado com álcool em gel no verão

Cuidado com álcool em gel no verão

06/01/2021 Divulgação

Produto aumenta o risco de manchas em quem tem dermatites.

Cuidado com álcool em gel no verão

O álcool em gel conquistou espaço importante no dia a dia de todos por conta da pandemia. Eficaz na higienização das mãos e essencial para o combate ao novo coronavírus, o produto deve ser usado com cautela ao longo da estação mais quente do ano. Segundo a dermatologista do Hospital Edmundo Vasconcelos, Isis Veronez Minami, a combinação entre o álcool e exposição solar piora o caso de pacientes com dermatite, ocasionando manchas.

“Apesar das dermatites por álcool surgirem em qualquer período, no verão essa preocupação é redobrada pelo elevado risco de surgimento de manchas pela exposição solar mais intensa e frequente”, explica. “Somado a isso, o sol pode piorar a sensação de ardência, coceira e vermelhidão - características do problema”, comenta.

Pacientes que já apresentam alterações de pele como psoríase, dermatite atópica ou dermatite de contato têm maior probabilidade de desenvolver essas irritações ocasionadas pela associação entre o sol e o uso do álcool em gel. Por isso a dermatologista do Edmundo Vasconcelos recomenda que se evitem as doses excessivas – o ideal é que a porção do produto seja suficiente para limpar toda a superfície das mãos, palmas e dorso.

“É preciso lembrar que a aplicação não deve ser exagerada e que a opção deve ser escolhida apenas quando não há alternativa. O melhor é sempre optar pela lavagem das mãos com água e sabão para evitar o ressecamento da pele, as dermatites e, como consequência, as manchas”, enfatiza Isis Veronez Minami.

Em casos já consolidados de dermatite pelo uso do álcool em gel, o importante é tratar de forma precoce. Para isso, a especialista esclarece que a escolha do método depende do grau de comprometimento da região. “O uso de pomadas muda conforme o quadro do paciente. O tratamento engloba ainda hidratantes e filtro solar - recursos importantes também para a prevenção”, conclui.

Fonte: TREE Comunicação



Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Casos aumentaram em 12 estados em relação ao ano passado.

Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Estamos todos saindo da UTI?

Nas últimas semanas, esses ambientes estão diferentes do que vivenciamos ao longo de quase 20 meses.

Estamos todos saindo da UTI?

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Elas têm mais autoconsciência, senso de empatia e tenta “se encaixar” mais socialmente que eles.

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Pesquisa comprova maior eficácia de teste HPV para detecção de câncer

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Passa a ser direito fundamental da pessoa com câncer a obtenção de diagnóstico precoce e acesso a tratamento universal.

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

A quantidade de pessoas que sofrem com problemas cardiorrespiratórios no Brasil é tão significativa que sobram estatísticas para contar a história.

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Segundo Dr. Geraldo Carvalhaes, casos de dor crônica também afetam pessoas mais jovens.

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Você é um Hipocondríaco?

Quando a preocupação com a saúde vira doença.

Você é um Hipocondríaco?

Número de prematuros aumenta no Brasil

Média de prematuridade no país atingiu 11,1% em 2020 e aumento pode estar ligado ao covid-19.

Número de prematuros aumenta no Brasil

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Pesquisa da Anab foi realizada com 1.006 usuários da saúde suplementar em todo o Brasil no mês de setembro.

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Acupuntura e outras técnicas podem ajudar no alívio dos sintomas e melhora global dessas condições.

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica

Trabalhos científicos mostram que 25% dos portadores de câncer de próstata morrem devido à doença.

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica