Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Dermatite e rosácea podem piorar nos dias mais frios

Dermatite e rosácea podem piorar nos dias mais frios

06/04/2018 Divulgação

A chegada das temperaturas mais baixas pode agravar alguns problemas de pele.

Dermatite e rosácea podem piorar nos dias mais frios

Há poucas semanas teve início o Outono e já se pode sentir na pele as temperaturas mais amenas. O uso da água quente no chuveiro e os banhos mais prolongados já voltaram a fazer parte do nosso dia a dia.

Essas ações, junto com as mudanças bruscas de temperatura e com a diminuição da umidade, reduzem a transpiração e aumentam o ressecamento da pele. Nos adultos o ressecamento, por exemplo, pode provocar coceira, descamação, vermelhidão e rachaduras que, muitas vezes, conseguem ser controlados com o uso regular de um bom hidratante corporal.

Além destes inconvenientes, algumas doenças de pele são mais frequentes neste período e uma das mais comuns é a dermatite atópica. “É a principal doença alérgica da pele e tem um comportamento semelhante ao da rinite alérgica e ao da asma: tem períodos de melhora, quando parece estar curada e períodos de piora, com crises ou surtos”, explica o médico dermatologista, Dr. André Lauth.

O que aparece na pele são áreas avermelhadas, escoriadas, grosseiras, às vezes até inchadas e com crostas "casquinhas", que coçam de maneira variável para cada pessoa.

Outra doença muito comum no Brasil, principalmente na regial Sul, nesta época do ano é a Rosácea, caracterizada pelas crises de calor e vermelhidão no rosto, principalmente bochechas e nariz, mas também testa e queixo, que costumam se intensificar nos períodos de instabilidade no clima.

“Muitas vezes o portador de rosácea já tem crises rápidas de vermelhidão desde a infância, mas estas não trazem incômodo. Após os 20 e, principalmente, 30 anos, as crises começam a se tornar mais frequentes e duradouras e trazem mais desconforto. A pele torna-se mais avermelhada e aparecem pequenos vasos sanguíneos. Às vezes podem surgir lesões parecidas com espinhas, mas que são persistentes e não estouram”, detalha o especialista.

Como em qualquer doença dermatológica, o Dr. André Lauth sugere alguns cuidados básicos e a procura de um especialista para diagnosticar e tratar adequadamente cada caso. “Os portadores da doença quando fazem o uso adequado de um bom filtro solar, por exemplo, podem ajudar a frear a piora da doença. Mas é sempre bom destacar que somente um especialista consegue passar o tratamento ideal para cada caso”, completa.



Evolução da telessaúde

Maior segurança e respeito à autonomia de profissionais e pacientes.


Minas mobiliza população para receber proteção contra sarampo e gripe

Ações para estimular a vacinação ocorrem em todo o estado, pois coberturas contra o sarampo e a gripe continuam baixas.

Minas mobiliza população para receber proteção contra sarampo e gripe

Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

A cirurgia é um recurso muito importante e deve ser considerada para alguns pacientes.

Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

Quais os sintomas da candidíase?

A candidíase é uma infecção causada por uma levedura (um tipo de fungo) chamada Candida albicans.


O Influenza também está no nosso foco

Falar em vacinação nos dias de hoje nos tende a remeter quase que exclusivamente ao combate à Covid-19.

O Influenza também está no nosso foco

A nova era da Telemedicina no Brasil

Alguns números atestam que as consultas virtuais estão sendo utilizadas cada vez mais no país.

A nova era da Telemedicina no Brasil

É inaceitável que pessoas ainda morram de malária

Esta semana, de 25 a 29 de abril, marca a luta mundial contra a malária.


Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

Médico psiquiatra comenta a situação exclusiva de pessoas que perderam parentes queridos durante a pandemia. A ansiedade e o transtorno de humor são os mais prevalentes nesses casos.

Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Nutricionista fala sobre o poder dos alimentos para a nossa saúde.

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Por muito tempo o hábito de roncar tem sido visto como motivo de chacota ou algo corriqueiro.

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Tireoide não é a culpada pelo ganho de peso

É muito comum algumas pessoas associarem o ganho de peso excessivo e inexplicado a um problema de tireoide, chamado de hipotireoidismo que nada mais é, a falta dos hormônios tireoidianos.


Você sabe identificar os sinais de um ataque cardíaco?

Quando uma forte dor no peito aparece é um indicativo de que há algo errado acontecendo e é comum associarmos imediatamente a dor com a possibilidade de que seja um infarto.

Você sabe identificar os sinais de um ataque cardíaco?