Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Dia Mundial Sem Tabaco

Dia Mundial Sem Tabaco

27/05/2019 Da Redação

Cigarro é o responsável por mais de 400 mortes por dia no Brasil e mais de 50 mil casos de cânceres.

Dia Mundial Sem Tabaco

Dia 31 de maio é uma data importante para falar sobre algo que está em quase todas as rodas de conversa: o cigarro. Milhões de pessoas morrem todos os anos de doenças relacionadas ao cigarro. O Dia Mundial sem Tabaco serve para conscientizar sobre os malefícios causados pelo tabagismo, além de alertar sobre as doenças que esse hábito pode causar.

O cigarro contém mais de 4 mil substâncias químicas, das quais pelo menos 70 são cancerígenas, e, por meio delas, aumenta o risco de câncer de pulmão, leucemia mielóide aguda, boca, garganta, pescoço, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, colo de útero, bexiga, rins, ossos e vários outros. O cigarro é responsável por, pelo menos, 40% de todas elas. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), no Brasil cerca de 428 pessoas morrem por dia em decorrência da dependência à nicotina. 

Ainda de acordo com o INCA, das mortes causadas pelo tabaco, 50.413 são por cânceres; 31.120 por doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC); 17.972 por tabagismo passivo; 10.900 por pneumonia e 10,900 por acidente vascular cerebral (AVC).

Segundo o Oncologista do Santa Genoveva Complexo Hospitalar, Rodolfo Gadia, caso haja uma predisposição genética, o risco para o desenvolvimento do câncer aumenta de maneira significativa. “O mais relatado é o câncer de pulmão, com 90% dos casos, e, entre os 10% restantes, um terço é de fumantes passivos. Ou seja, é uma questão de saúde pública, pois, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o tabagismo é considerado a principal causa de morte evitável”, disse.

Gadia garante que sempre é tempo de abandonar o hábito de fumar. “O primeiro passo, e o mais fundamental, é realmente querer. Apesar de todas as campanhas e informações disponíveis, a decisão é individual e precisa partir do próprio fumante”, afirma.

“Para isso, é muito importante saber que esse momento deve ser planejado. O fumante deve marcar uma data dentro dos próximos 15 dias e optar entre deixar de forma abrupta ou gradual. Nos primeiros dias sem fumar, o corpo já começa a adaptar-se ao funcionamento normal na ausência da nicotina. Mas, com essa mudança, é comum aparecerem alguns sintomas conhecidos como ‘síndrome de abstinência’, como: dor de cabeça, formigamento nas mãos e pés, ansiedade, tosse e, principalmente, uma vontade intensa de fumar”, completa o médico.

O oncologista acredita que os motivos pelos quais os fumantes têm tanta dificuldade em cessar o tabagismo são diversos fatores orgânicos, sociais e genéticos. Segundo ele, cerca de 70% dos fumantes querem abandonar o vício e não conseguem, o que é nítido pelo grande número de tentativas e recaídas.

“ Algumas dicas são importantes e ajudam nessa fase, como: beber água gelada, mascar gengibre ou chiclete sem açúcar. Estes itens devem estar sempre à mão de quem está deixando de fumar. Outra dica imprescindível é praticar atividade física. Além disso, o apoio da família e dos amigos ajuda a garantir o sucesso. Também é fundamental procurar ajuda de um profissional de saúde. Pode parecer difícil no início, mas é importante não desistir, porque os benefícios serão maiores do que qualquer sofrimento durante todas as tentativas”, finaliza o oncologista Rodolfo Gadia.

Fonte: Prelo Comunicação



Cinco dicas rápidas para cuidar da saúde mental

A mente e o corpo estão ligados. Além dos exercícios físicos, fazer terapia ajuda a confortar a mente.

Cinco dicas rápidas para cuidar da saúde mental

Obesidade pode ser combatida por meio da adoção de hábitos saudáveis

Em 11 de outubro é celebrado o Dia Nacional de Prevenção da Obesidade.

Obesidade pode ser combatida por meio da adoção de hábitos saudáveis

Obesidade e a saúde da mulher no climatério

O avanço da idade e a menopausa estão associadas a um aumento da massa gorda e uma redistribuição da gordura para área abdominal.


Obesidade pode ser combatida com hábitos saudáveis

Em 11 de outubro é celebrado o Dia Nacional de Prevenção da Obesidade.


Tecnologia muda parâmetros da medicina diagnóstica

Apenas 30% das análises ainda necessitam de jejum; há dez anos, este índice era inverso.

Tecnologia muda parâmetros da medicina diagnóstica

Canabidiol: Mitos e Verdades

Em todas as discussões que ocorrem junto à opinião pública sempre nos defrontamos com mitos e verdades e alguns desses temas merecem nossa atenção pela relevância.


Rosa App estimula prevenção ao câncer de mama

aplicativo atua na prevenção, no controle e no apoio ao tratamento do câncer de mama.

Rosa App estimula prevenção ao câncer de mama

Primavera desencadeia conjuntivite alérgica

A primavera é a estação das flores e dos dias mais longos e quentes, tendo a fama de época mais bonita do ano.

Primavera desencadeia conjuntivite alérgica

Vasectomia e Reversão no Planejamento Familiar: o que é preciso saber

A vasectomia é um procedimento cirúrgico simples que promove a esterilidade masculina, visando o planejamento familiar definitivo.


Campanha nacional contra o sarampo tem início no país

A meta do Ministério da Saúde é vacinar 2,6 milhões de crianças.

Campanha nacional contra o sarampo tem início no país

Pesquisa estuda lesão pulmonar causada por cigarro eletrônico

Estados Unidos já registraram 1.080 casos de lesões pulmonares associadas a cigarros eletrônicos, e 18 mortes.

Pesquisa estuda lesão pulmonar causada por cigarro eletrônico

Incêndios na Amazônia afetam crianças e custam R$ 1,5 milhão ao SUS

Estudo mostra também aumento de mortes de crianças com menos de 10 anos hospitalizadas por problemas respiratórios.

Incêndios na Amazônia afetam crianças e custam R$ 1,5 milhão ao SUS