Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Estresse dentro de casa é mais comum do que no trabalho

Estresse dentro de casa é mais comum do que no trabalho

10/07/2010 Divulgação

As pessoas ficam mais estressadas dentro da própria casa do que no trabalho. É o que aponta o mais amplo estudo sobre avaliação de risco cardiovascular já realizado no país, feito com base nos resultados do mutirão estadual do coração promovido em 2009 pela Secretaria de Estado da Saúde em parceria com a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo.

Cerca de 100 mil pessoas foram avaliadas nas cidades de São Paulo e de Campinas. Foi o primeiro estudo empírico em que o estresse foi considerado e avaliado como fator de risco. No Mutirão do Coração o estresse foi avaliado nos vários locais onde as pessoas convivem como trabalho, casa, locais sociais (clubes, bares, boates), além de ter considerado fatores como problemas financeiros e crença religiosa. E a casa foi apontado como o local de maior estresse pela população, superando até o mesmo o trabalho. Todas as pessoas que participaram do mutirão afirmaram ter passado por algum nível de estresse no último ano, com intensidades variando entre pouco, moderado, intenso e exagerado.

O resultado pode indicar um novo quesito para doenças cardiovasculares na modernidade, o estresse. Ainda segundo o estudo, 23,2% da população afirmou ter sofrido estresse em casa. Marido, filhos, cachorro ou a nova rotina feminina podem ser fatores determinantes para que as mulheres estejam desenvolvendo doenças cardiovasculares. 46,80% afirmaram que tiveram algum fator estressante no último ano: morte de familiar, perda de emprego, separação conjugal ou ruína financeira. Estresse intenso ou exagerado ocorreu em 23,2% dentro da própria casa; 15% dentro do trabalho; 10% dentro da sociedade e 25% de causa financeira. E as mulheres sofrem mais com o estresse dentro de casa: 28,34% delas revelaram estresse intenso ou exagerado. Entre os homens esse índice combinado cai para 13,07%. No trabalho, os níveis de estresse foram menores do que em casa.



Pesquisa comprova maior eficácia de teste HPV para detecção de câncer

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Passa a ser direito fundamental da pessoa com câncer a obtenção de diagnóstico precoce e acesso a tratamento universal.

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

A quantidade de pessoas que sofrem com problemas cardiorrespiratórios no Brasil é tão significativa que sobram estatísticas para contar a história.

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Segundo Dr. Geraldo Carvalhaes, casos de dor crônica também afetam pessoas mais jovens.

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Você é um Hipocondríaco?

Quando a preocupação com a saúde vira doença.

Você é um Hipocondríaco?

Número de prematuros aumenta no Brasil

Média de prematuridade no país atingiu 11,1% em 2020 e aumento pode estar ligado ao covid-19.

Número de prematuros aumenta no Brasil

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Pesquisa da Anab foi realizada com 1.006 usuários da saúde suplementar em todo o Brasil no mês de setembro.

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Acupuntura e outras técnicas podem ajudar no alívio dos sintomas e melhora global dessas condições.

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica

Trabalhos científicos mostram que 25% dos portadores de câncer de próstata morrem devido à doença.

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica

Qualidade de vida, apesar da dor

Lista de doenças dolorosas passíveis de tratamento é bem extensa.

Qualidade de vida, apesar da dor

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

A mulher não deve se sentir sozinha nessa jornada.

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

5 dicas para prevenir a osteoporose

Você sabia que uma em cada três mulheres têm osteoporose em todo o mundo?

5 dicas para prevenir a osteoporose