Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Anunciado o fim da emergência por zika e microcefalia

Anunciado o fim da emergência por zika e microcefalia

12/05/2017 Deutsche Welle

Casos de zika caem 95% no primeiro trimestre de 2017.

Anunciado o fim da emergência por zika e microcefalia

O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira (11/05) o fim da emergência nacional em saúde pública em decorrência do vírus zika e sua associação com a microcefalia, em meio a uma queda no número de casos registrados no Brasil.

Segundo o ministério, o país deixou de preencher os requisitos exigidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para manter o estado de emergência. Do início do ano até 15 de abril foram registrados 7.911 casos de zika em todo o país, uma redução de 95,3% em relação ao mesmo período de 2016, quando ocorreram 170.535 notificações.

Já os casos de microcefalia não registram aumento expressivo desde maio de 2016. Ao todo, desde o início da situação de emergência, em novembro de 2015, o Ministério da Saúde recebeu 13.490 notificações de casos de microcefalia, sendo 2.653 posteriormente confirmados.

Neste ano, foram confirmados 230 casos de microcefalia e outras alterações do sistema nervoso, enquanto 2.837 suspeitas continuam sendo investigadas pelo órgão público.

Segundo o ministério, o conjunto de ações voltadas para o combate ao mosquito Aedes aegypt, transmissor do zika, contribuiu para a diminuição dos casos, bem como a proteção pessoal da população.

Na prática, o fim do estado de emergência não vai alterar as políticas públicas de enfrentamento ao Aedes ou a assistência às crianças e mães, afirmou o órgão.

O fim da emergência no Brasil já foi comunicado à OMS e ocorre 18 meses após seu início, em novembro de 2015, quando foi registrado um surto de casos de microcefalia no país, principalmente no Nordeste. A malformação foi posteriormente relacionada ao vírus zika.

A OMS, por sua vez, declarou o surto de zika uma emergência em saúde pública de importância internacional em fevereiro de 2016, retirando o status em novembro do mesmo ano. 



55% dos brasileiros com mais de 18 anos consomem bebidas alcoólicas, diz pesquisa

Dado é de pesquisa do Instituto Brasileiro do Fígado.

55% dos brasileiros com mais de 18 anos consomem bebidas alcoólicas, diz pesquisa

A perda auditiva se manifesta em qualquer idade

A perda auditiva é uma queixa quase diária no consultório do otorrinolaringologista.

A perda auditiva se manifesta em qualquer idade

O consumidor é obrigado a dar o CPF nas farmácias?

Um ponto de dúvida para as pessoas, mas que é importante ter clareza, a exigência de CPF é ilegal para o fornecimento de descontos pelas farmácias.

O consumidor é obrigado a dar o CPF nas farmácias?

Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Casos aumentaram em 12 estados em relação ao ano passado.

Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Estamos todos saindo da UTI?

Nas últimas semanas, esses ambientes estão diferentes do que vivenciamos ao longo de quase 20 meses.

Estamos todos saindo da UTI?

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Elas têm mais autoconsciência, senso de empatia e tenta “se encaixar” mais socialmente que eles.

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Pesquisa comprova maior eficácia de teste HPV para detecção de câncer

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Passa a ser direito fundamental da pessoa com câncer a obtenção de diagnóstico precoce e acesso a tratamento universal.

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

A quantidade de pessoas que sofrem com problemas cardiorrespiratórios no Brasil é tão significativa que sobram estatísticas para contar a história.

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Segundo Dr. Geraldo Carvalhaes, casos de dor crônica também afetam pessoas mais jovens.

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Você é um Hipocondríaco?

Quando a preocupação com a saúde vira doença.

Você é um Hipocondríaco?

Número de prematuros aumenta no Brasil

Média de prematuridade no país atingiu 11,1% em 2020 e aumento pode estar ligado ao covid-19.

Número de prematuros aumenta no Brasil