Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Homens precisam fazer reposição hormonal?

Homens precisam fazer reposição hormonal?

29/11/2019 Divulgação

Especialista do Hospital São Camilo fala sobre problemas que podem afetar a saúde masculina.

Homens precisam fazer reposição hormonal?

Além de falar sobre a importância de diagnosticar precocemente o câncer de próstata, a campanha Novembro Azul também alerta para outros problemas que podem afetar a saúde do homem. A hiperplasia da próstata e a deficiência de testosterona estão entre eles e podem acometer homens com idade avançada.

O urologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo Dr. Augusto Caparica explica que a deficiência de testosterona é uma síndrome com sinais e sintomas clínicos.

Segundo ele, a deficiência de testosterona é mais frequente na medida em que o homem envelhece, por isso é conhecida pela sigla DAEM (Deficiência Androgênica do Envelhecimento Masculino).

Entenda a seguir mais sobre essa síndrome:

Quais os sintomas da DAEM?

Os sintomas da deficiência de testosterona são piora na vida sexual (queda na libido), perda de massa muscular, cansaço, obesidade central e irritabilidade.

Como a síndrome influencia a vida do homem?

O homem com deficiência de testosterona pode sofrer com alterações de humor, sensação de tristeza e desânimo, queda da libido e diminuição de energia e força muscular, influenciando seu bem-estar.

É possível reverter? Quais os tratamentos?

Há vários tratamentos disponíveis para reposição hormonal. Os mais usados são gel transdérmico ou injeção intramuscular trimestral.

O médico frisa que o acompanhamento é feito com dosagens regulares do nível hormonal no sangue.

Já a hiperplasia de próstata se caracteriza pelo crescimento do tecido glandular da próstata. Assim como a DAEM, a doença é mais comum com o avanço da idade.

Abaixo, o urologista explica quais são suas principais causas, sintomas e tratamentos:

Quais são as causas?

“É como se o ‘miolo’ da próstata aumentasse de tamanho, o que ocasiona obstrução da saída de urina da bexiga”, conta o especialista.

Estima-se que 80% dos homens aos 80 anos terão a doença. Não há causa estabelecida para o problema, mas acredita-se que a testosterona tenha um papel fundamental no desenvolvimento da doença.

Há sintomas?

Segundo o Dr. Caparica, os sintomas mais frequentes são aqueles associados ao ato da micção: urgência para urinar, aumento na frequência, jato miccional fraco e sensação de não esvaziar a bexiga completamente.

Casos mais graves podem apresentar infecções urinárias recorrentes, sangramento na urina e retenção urinária aguda.

Quais são os tratamentos para a hiperplasia de próstata?

O tratamento pode ser feito com medicações para auxiliar no esvaziamento da bexiga ou na diminuição do tamanho da próstata. Casos mais graves ou refratários às medicações são tratados com cirurgia.

“Dispomos de técnicas pouco invasivas e altamente eficazes para solucionar o problema e melhorar significativamente a qualidade de vida dos pacientes”, recomenda o especialista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo.

Fonte: Máquina Cohn&Wolfe



Ministério da Saúde lança campanha de amamentação

Amamentação reduz mortalidade infantil e risco de câncer de mama.

Ministério da Saúde lança campanha de amamentação

Seminário internacional sobre autismo aborda ética no tratamento

No dia 22 de agosto, acontece o XVIII Seminário Internacional do Instituto LAHMIEI - Autismo da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).


Como saber se tenho bruxismo?

Dor na mandíbula e cabeça ao acordar são sintomas comuns.

Como saber se tenho bruxismo?

As novas maneiras de olhar e cuidar da saúde física e mental

Muito tem se falado sobre o impacto da pandemia e do distanciamento social na vida das pessoas.


Consultas odontológicas diminuem 80% durante a pandemia

Pesquisa feita pela UFPel diz respeito às consultas odontológicas na rede pública.

Consultas odontológicas diminuem 80% durante a pandemia

Aspectos emocionais do câncer

O câncer coloca a pessoa em situação limite, pois carrega o estigma da morte e do sofrimento.


Vacinas: destrinchando as fases da produção

A história do processo de produção das vacinas remonta aos trabalhos realizados pelo naturalista e médico inglês Edward Jenner, no final do século XVIII.

Vacinas: destrinchando as fases da produção

Lançado e-book com rotina de médicos em UTIs na pandemia

Prosas, versos e muita emoção mostram a nova realidade dos profissionais.


Síndrome de Burnout deve atingir diversos profissionais pós-pandemia

Cansaço, fadiga e estresse no trabalho podem ser mais sérios do que se imagina

Síndrome de Burnout deve atingir diversos profissionais pós-pandemia

Qual é o plano futuro para o setor de saúde depois da pandemia?

O setor de saúde deverá se reinventar, assim como vários setores da economia.

Qual é o plano futuro para o setor de saúde depois da pandemia?

Baixa adesão faz Ministério da Saúde ampliar campanha contra sarampo

Pessoas de 20 a 49 anos poderão se vacinar até o dia 31 de agosto, em todo o país.

Baixa adesão faz Ministério da Saúde ampliar campanha contra sarampo

Dores no inverno: como amenizar o quadro em tempos de menor temperatura

Queixar-se da piora das dores em dias frios está longe de ser um drama ou frescura.

Dores no inverno: como amenizar o quadro em tempos de menor temperatura