Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Inca faz campanha para aumentar doações de sangue na Semana Santa

Inca faz campanha para aumentar doações de sangue na Semana Santa

15/04/2014 Da Redação

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) está preocupado com a falta de doadores no feriadão.

O Instituto Nacional de Câncer (Inca), do Ministério da Saúde, iniciou campanha para estimular doações de sangue e plaquetas no feriado prolongado da Semana Santa.

A assistente social do Serviço de Hemoterapia do instituto, Karla Savedra, disse nesta segunda-feira (14) que o quadro do Inca é preocupante, uma vez que o estoque de sangue tem caído bastante.

“Como são muitos dias de feriados, e a tendência é de muita gente acabar emendando os dias, a nossa preocupação é faltar sangue para atender, porque a gente já vem com um quadro de falta de doadores”, manifestou Karla.

Atualmente, o estoque de sangue do Inca mostra queda de 50%. Karla disse que o ideal é que houvesse uma média de 80 coletas efetivas de sangue por dia, mas a média tem sido de 40 coletas. O hospital precisa manter estoque suficiente para atender a cerca de 2 mil transfusões por mês, informou.

Qualquer pessoa pode doar sangue, desde que esteja em boas condições de saúde, tenha mais de 50 quilos e esteja na faixa etária de 16 a 69 anos. Os menores de 18 anos devem, porém, apresentar uma autorização do responsável, enquanto os mais velhos precisam ter feito pelo menos uma doação até os 60 anos.

O funcionamento do banco de sangue do Inca no feriadão é especial. Até a próxima quinta-feira (17), o Serviço de Hemoterapia estará aberto das 7h30 às 14h30; na Sexta-feira da Paixão (18) não abrirá; no sábado (19), receberá doações das 8h às 12h.

No domingo (20), o banco de sangue não funcionará, bem como nos dias 21 e 23. A princípio, a expectativa é de que o serviço funcione ao público na terça-feira imprensada (22), disse Karla Savedra, porque quarta-feira (23), Dia de São Jorge, também é ponto facultativo no Rio.

Fonte: Agência Brasil



Violência “no touch”

O assédio moral pode trazer sequelas emocionais e físicas.


Esfoliação ideal para uma pele linda e renovada

Dicas para manter uma pele saudável e bem cuidada.

Esfoliação ideal para uma pele linda e renovada

Fevereiro é mês de conscientização do Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

Embora sejam doenças que não têm cura o diagnóstico precoce e correto pode garantir melhor qualidade de vida aos pacientes.

Fevereiro é mês de conscientização do Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

Exercícios físicos x uso de prótese nos seios

O implante de próteses nos seios é uma das cirurgias plásticas mais procuradas pelas brasileiras.

Exercícios físicos x uso de prótese nos seios

Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo foca em crianças e jovens

Nesta primeira etapa serão enviadas 660 mil doses da tríplice viral, destinadas a crianças e jovens entre 5 e 19 anos.

Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo foca em crianças e jovens

Como utilizar corretamente o protetor solar

Dicas simples que podem te ajudar de forma correta este produto indispensável para a saúde.

Como utilizar corretamente o protetor solar

Transtorno de conduta infantil

O Transtorno de conduta (TC) não é uma simples desobediência.


Volta às aulas: as vacinas estão em dia?

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda que as vacinas das crianças e dos adolescentes estejam em dia.

Volta às aulas: as vacinas estão em dia?

Artrose nas mãos é comum, mas pode ser evitada

Doença normalmente associada à idade avançada, pode se manifestar muito cedo, causando dores e limitações motoras, mas é possível atenuar seus efeitos.

Artrose nas mãos é comum, mas pode ser evitada

Dia Nacional da Mamografia: um alerta sobre a importância do exame

Prevenção pode detectar lesões assintomáticas e possibilita tratamento do câncer de mama em fase inicial.

Dia Nacional da Mamografia: um alerta sobre a importância do exame

Hanseníase: entenda a doença

Considerada uma das doenças mais antigas do mundo, a Hanseníase foi registrada pela primeira vez no século 6 a.C., sendo conhecida naquela época como lepra.


Brasil terá 625 mil novos casos de câncer por ano até 2022

Para a população infantojuvenil são esperados mais de 8 mil casos, diz Inca.

Brasil terá 625 mil novos casos de câncer por ano até 2022