Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Malhação na terceira idade melhora qualidade de vida

Malhação na terceira idade melhora qualidade de vida

19/06/2017 Divulgação

Atividade física aliada à boa alimentação pode ajudar a prevenir doenças e regenerar o organismo.

Malhação na terceira idade melhora qualidade de vida

O exercício físico regular aliado à uma boa alimentação promove saúde e bem-estar a qualquer ser humano, independentemente da idade. Entretanto, também é sabido que, durante o processo de envelhecimento, o estilo de vida ativo pode ter uma relevância ainda maior, não só para melhorar a qualidade de vida, mas também, para ajudar na prevenção de doenças.

De acordo com o professor de educação física e coordenador da academia Turner Prime, Frederico Kempler, a atividade física na terceira idade tem se tornado cada vez mais comum. “Foi-se o tempo em que os idosos se conformavam com as limitações e o sedentarismo que normalmente chegam com a idade. Hoje em dia, eles desejam qualidade de vida, bem-estar e independência”.

De acordo com o profissional, o envelhecimento traz graduais mudanças físicas como alteração da massa muscular, da densidade óssea, da capacidade cardiorrespiratória, entre outras. “A atividade física regular na terceira idade promove manutenção da composição óssea e muscular, aprimorando o equilíbrio, reduzindo o risco de quedas e proporcionando independência ao idoso em suas atividades diárias”, explica.

E muito se engana quem pensa que os idosos só devem praticar atividades leves como caminhadas, hidroginástica, pilates,ioga, entre outras. Segundo Frederico, a Turner Prime recebe, diariamente, diversos alunos da terceira idade que não abrem mão da musculação. “A musculação é uma atividade muito completa, pois trabalha força e resistência, dois grandes pilares que ‘sustentam’ um corpo funcional”.

Elizarda Dias Pagani, aposentada, 81 anos, malha, ininterruptamente, há cerca de 15 anos. “Comecei a praticar atividades físicas, não só para sair da inércia, mas pela saúde e para que eu me sentisse bem. Me sinto leve, disposta e até a minha respiração é melhor por causa da ginástica. Já fiz pilates, natação e agora faço exercícios aeróbicos e musculação na Turner Prime. Uma vida ativa aliada a uma alimentação saudável proporciona qualidade de vida. Eu custo a adoecer”, conta.

Para que os benefícios da musculação ou qualquer outra atividade física sejam notados, é necessário praticar, continuamente, pelo menos três vezes por semana. No entanto, Frederico ressalta que, além do acompanhamento de um profissional da educação física, antes de começar a praticar qualquer exercício, o idoso deve passar por uma avaliação médica. “Como existe o risco cardíaco, a pessoa deve realizar exames para saber não só se está apto às atividades físicas, mas quais ela deve praticar”, finaliza.

Benefícios da musculação para a terceira idade

- Melhora a densidade óssea e muscular, além de aumentar a flexibilidade;
- Melhora o equilíbrio, reduzindo o risco de quedas;
-Alivia dores nas articulações;
- Ajuda na manutenção do peso;
- Controla a glicose no sangue, prevenindo doenças como diabetes;
- Melhora a frequência cardíaca e pressão arterial;
- Melhora a saúde mental, a autoconfiança e autoestima, uma vez que libera endorfina, causando sensação de prazer e bem-estar;
- Melhora o sono e a postura.

Fonte: Academia Turner Prime 



Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

A mulher não deve se sentir sozinha nessa jornada.

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

5 dicas para prevenir a osteoporose

Você sabia que uma em cada três mulheres têm osteoporose em todo o mundo?

5 dicas para prevenir a osteoporose

Ministério da Saúde lança campanha nacional de combate à sífilis

Gestantes representaram mais da metade dos casos contraídos em 2020.


Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Cerca de 3,7 milhões de atendimentos deixaram de ser feitos.

Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Uma pesquisa recente publicada pela Digital Turbine mostra que 20% dos brasileiros não ficam mais de 30 minutos longe do celular.

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

A região lombar costuma ser a mais afetada pela osteofitose

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

A renda obtida com a venda dos livros será doada ao Instituto Correndo Pelo Diabetes para incentivar a prática da atividade física.

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

10 curiosidades sobre o crânio e o cérebro que irão te surpreender

Ainda estamos longe de conhecer todo o mistério que envolve a interligação do cérebro com o nosso organismo como um todo, mas já temos importantes achados.


Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Com medo do contágio pelo coronavírus, as mulheres deixaram de lado a rotina de cuidados.

Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Em 2021, Brasil registra 299.304 pessoas mortas por doenças cardiovasculares.

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Conheça os riscos e benefícios de crianças e adolescentes usar lentes de contato.

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Medicações têm efeitos danosos, inclusive com risco de morte.

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor