Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Manchas e inflamações na terceira idade

Manchas e inflamações na terceira idade

09/10/2018 Da Redação

Dermatologista fala sobre as alterações de pele recorrentes na fase senil e aponta tratamentos.

Manchas e inflamações na terceira idade

O processo de envelhecimento humano provoca um grande número de mudanças fisiológicas, e um dos órgãos que mais sofre com o avanço dos anos é a pele.

Os principais problemas que podem atingir a pele na terceira idade incluem a queda na capacidade de formação de colágeno, elastina e ácido hialurônico; a diminuição das glândulas sudoríparas; e a baixa na produção de secreções por parte das glândulas sebáceas.

A junção destes fatores aliados a condições externas, como a exposição solar, negligência a hidratação, tabagismo, estresse, poluição, sedentarismo, consumo exagerado de gordura e açúcares, contribuem para que a pele apresente alterações na fase idosa, como ressecamento, marcas e sinais.

Segundo a dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Teresa Noviello, os problemas de pele que mais atingem a pessoa idosa podem abranger desde condições de menor gravidade, como as dermatites e manchas, até doenças mais graves, como o câncer de pele.

A dermatite, apesar de não ser uma condição específica desta faixa etária, aparece exatamente quando a pele vai perdendo sua hidratação e oleosidade natural. “A pele muito desidratada repercute em coceiras intensas. Em alguns casos, essa situação pode levar a um processo de escoriações e infecções secundárias, pois a unha é uma região de grande contaminação bacteriana”, lembra Teresa.

O hábito da hidratação deve ser adotado desde cedo e intensificado durante o envelhecimento. Pessoas que ingerem bastante líquido no transcorrer do dia e fazem o uso constante de um bom creme hidratante terão maior facilidade em manter o aspecto saudável da pele em idades mais avançadas.

Com o passar dos anos, é muito comum nos depararmos com um outro problema, as manchas. Sejam elas escuras, brancas ou acastanhadas, todas devem ser observadas e tratadas de maneira adequada.



Exercício físico para mulheres

Vamos conversar um pouco sobre exercício físico para mulheres e suas peculiaridades, numa visão ortopédica.

Exercício físico para mulheres

Saúde e bem-estar norteiam os hábitos alimentares globais

Estudo feito em oito países aponta que o lanche saudável está cada vez mais em alta,

Saúde e bem-estar norteiam os hábitos alimentares globais

Dicas de cuidados com a pele durante o Carnaval

Saiba como se preparar para curtir a folia sem problemas com a saúde.

Dicas de cuidados com a pele durante o Carnaval

Os desvios na coluna

As deformidades da coluna vertebral raramente ocorrem num único plano e são geralmente em três dimensões.

Os desvios na coluna

Três maneiras de encarar melhor o envelhecimento

Buscar a felicidade no dia a dia é essencial, diz especialista.

Três maneiras de encarar melhor o envelhecimento

Como identificar um câncer de pele?

Especialista reúne dicas sobre a doença que atinge 180 mil novos pacientes por ano.


Vaginismo afeta 5% das mulheres do mundo

Um distúrbio que impossibilita o sexo saudável, o vaginismo tem cura e tratamento.


Mantenha o corpo sempre hidratado

Um ser humano saudável consegue variar a ingestão de água entre 500 ml até 16 litros por dia.

Mantenha o corpo sempre hidratado

Quais exames as mulheres devem fazer de acordo com a idade

Cada fase da mulher pede um cuidado diferente para proteger a saúde.

Quais exames as mulheres devem fazer de acordo com a idade

Vitamina D e a sua importância para o organismo

A vitamina D é fundamental para o bom funcionamento do corpo.

Vitamina D e a sua importância para o organismo

Correção da orelha de abano pode ser feita na infância

Alteração anatômica nas orelhas é um dos defeitos congênitos mais comuns e pode ser corrigido.

Correção da orelha de abano pode ser feita na infância

Mamografias periódicas evitam mortes por câncer de mama

Exame deve ser feito anualmente em mulheres a partir dos 40 anos.

Mamografias periódicas evitam mortes por câncer de mama