Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Não consigo dormir!

Não consigo dormir!

25/03/2019 Da Redação

Quando a insônia surge, o ideal é fazer outras atividades relaxantes, como leitura, meditação ou ouvir música, recomenda especialista.

Não consigo dormir!

Quantas vezes já não ouvimos falar: "se não consegue dormir, conte carneirinhos!". Esse conselho existe há muito tempo, mas se realmente funcionasse não existiriam tantas pessoas sofrendo com a insônia, distúrbio do sono que, segundo a Associação Brasileira do Sono, acomete um a cada três brasileiros.

O sintoma caracteriza-se pela dificuldade em começar a dormir, manter-se dormindo, ou acordar antes do horário desejado. "Na maioria dos casos a insônia é um sintoma e não uma doença. Existem vários fatores que podem influenciar na geração desse sintoma", afirma a neurologista e especialista em sono do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), Dra. Patrícia Coral. A médica explica que na lista de fatores estão a ansiedade, dores e o estresse, sendo esses os principais que podem dificultar o início do sono. "Podemos ter outras causas como depressão , apneia do sono, e movimentos anormais", diz.

Quando o sintoma aparece, segundo a especialista, o ideal é não insistir para tentar dormir. Nesse caso a pessoa pode ficar a noite toda tentando. "Quando a insônia bater, orientamos que a pessoa faça atividades relaxantes até o sono voltar, como leitura, meditação ou ouvir música", comenta a especialista. Se os sintomas persistirem, é recomendado consultar um especialista, porque pode ser que a pessoa esteja passando por uma insônia crônica e nesse caso há tratamento. "Considera-se insônia crônica se a dificuldade que ocorre pelo menos três vezes por semana, por um período de no mínimo três meses", explica Dra Patrícia.

Além da sonolência excessiva durante o dia, a privação do sono pode ocasionar dificuldade de concentração e expressão de emoções, incapacidade para resolver problemas, irritabilidade e alterações de humor, e problemas de memória.

Um hormônio essencial para uma boa noite de sono é a melatonina, ligado ao ciclo circadiano, ou seja, à forma como o organismo organiza suas funções quando estamos acordados e durante o sono. "É um hormônio produzido pela glândula pineal, que auxilia na indução e manutenção do sono. Ele é fundamental para o nosso relógio biológico", diz a médica.

A substância começa é produzida no cérebro, na glândula pineal, quando o dia escurece para ajudar o organismo se preparar para dormir. Ela atinge seu nível máximo quando estamos dormindo. Com o nascer do sol e a volta da claridade, a glândula reduz a produção de melatonina, o que sinaliza que é o momento de acordar. Como hoje há cada vez mais estímulos luminosos mesmo durante a noite, com a televisão, computadores e o uso constante do celular, algumas pessoas podem ter uma produção menor ou mais irregular da melatonina. Em idosos também ocorre sua diminuição. "Em geral os idosos dormem menos porque a necessidade realmente diminuiu ao longo dos anos. Nessa faixa etária ocorre diminuição da produção da melatonina", afirma Dra Patrícia.

Fonte: Imprensa HNSG



Levantamento alerta para consumo de álcool no Brasil

Mais de dois milhões de brasileiros têm traços de dependência.

Levantamento alerta para consumo de álcool no Brasil

Maconha é apontada como a droga mais consumida no Brasil

Levantamento da Fiocruz aponta que 7,7% dos brasileiros usaram maconha pelo menos uma vez.

Maconha é apontada como a droga mais consumida no Brasil

Procedimento redesenha aréolas de mulheres que fizeram cirurgia plástica nas mamas

Através de tatuagem realista, mulheres que fizeram mamoplastia, colocaram silicone e que venceram o câncer podem melhorar a autoestima.

Procedimento redesenha aréolas de mulheres que fizeram cirurgia plástica nas mamas

8 aspectos que todos deveriam saber sobre AUTISMO

Não é nem tão difícil assim entender um autista, quando se consegue compreender o modo como vê o mundo.


Rotina de cuidados com a pele facial antes de dormir

Saiba como cuidar melhor da sua pele antes de dormir e tire suas principais dúvidas sobre o assunto.

Rotina de cuidados com a pele facial antes de dormir

Hábitos mais saudáveis podem evitar ou retardar o aparecimento da demência

Doença que já atinge mais de 50 milhões de pessoas em todo o mundo pode ser evitada com atividade física e reeducação alimentar.

Hábitos mais saudáveis podem evitar ou retardar o aparecimento da demência

O que é TDAH e como diferenciar de impulsividade

Segundo dados da OMS, cerca de 4% da população adulta mundial têm o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade – TDAH.


Agosto é o mês de incentivo ao aleitamento materno

Campanha visa sensibilizar a sociedade sobre a importância de todos contribuírem para garantir às mães a prática do aleitamento materno.

Agosto é o mês de incentivo ao aleitamento materno

O que aprender com as melhores instituições de saúde do mundo?

Profissionais especializados, tecnologia de ponta e muito conhecimento científico respaldando o trabalho médico.


Uso excessivo do celular pode causar vício e problemas psicológicos

Dados mostram que 12% dos americanos já desenvolveram dependência dos smartphones; psicólogo explica os riscos para a saúde mental.

Uso excessivo do celular pode causar vício e problemas psicológicos

Pesquisadores testam novo tratamento contra leishmaniose

Regiões Nordeste e Centro-Oeste são as mais endêmicas no Brasil.


Meus cabelos estão caindo! Quando devo me preocupar?

A queda capilar é algo que incomoda muita gente e pode representar tanto um processo natural do nosso corpo, quanto o sintoma de algum distúrbio ou doença.

Meus cabelos estão caindo! Quando devo me preocupar?