Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Novidades para a pós-cirurgia de redução de estômago

Novidades para a pós-cirurgia de redução de estômago

16/12/2006 Divulgação

A Novartis Medical Nutrition acaba de lançar no mercado brasileiro o primeiro produto indicado para auxiliar na reeducação alimentar dos pacientes submetidos à cirurgia bariátrica (redução de estômago). Optisource® repõe as proteínas necessárias ao organismo do paciente, que, após a intervenção, tem que reaprender a se alimentar adequadamente.

O Brasil é o segundo país em cirurgias desse tipo. Segundo dados da Sociedade Brasileira de cirurgia Bariátrica (SBCB), o número de operações realizadas no país chega a 20 mil por ano. A cirurgia é indicada para obesos mórbidos, que devem contar com acompanhamento médico, principalmente, após a intervenção, período em que sofrem alterações fisiológicas significativas, devido à falta de ingestão de proteínas essenciais para o bom funcionamento do organismo.

O medicamento supre essa carência de proteínas no organismo do paciente, sem comprometer a desejada perda de peso. O complemento alimentar é líquido e possui proteínas de alto valor biológico em sua composição, além de auxiliar na absorção de vitamina B12 pelo suco gástrico, o que é difícil nesse período. "Ao utilizar o produto, o paciente terá uma cicatrização correta, contará com uma nutrição balanceada, contribuindo para uma perda de peso saudável", afirma Patrícia Petrucci, gerente de produtos da Novartis Medical Nutrition. Patrícia garante ainda que o paciente não precisa se preocupar com ganho de peso, pois o produto possui apenas 200 calorias por embalagem.

As cirurgias de redução de estômago, para remover o excesso de peso, crescem na mesma proporção que o número de obesos no país. Nos últimos dois anos, houve um crescimento de 233%, segundo a SBCB. Esse procedimento é considerado o método mais eficaz no tratamento de obesidade mórbida e controle de peso em longo prazo. Mas, para que os resultados de uma intervenção como essa sejam satisfatórios são necessários certos cuidados, principalmente, no processo de reeducação alimentar.



55% dos brasileiros com mais de 18 anos consomem bebidas alcoólicas, diz pesquisa

Dado é de pesquisa do Instituto Brasileiro do Fígado.

55% dos brasileiros com mais de 18 anos consomem bebidas alcoólicas, diz pesquisa

A perda auditiva se manifesta em qualquer idade

A perda auditiva é uma queixa quase diária no consultório do otorrinolaringologista.

A perda auditiva se manifesta em qualquer idade

O consumidor é obrigado a dar o CPF nas farmácias?

Um ponto de dúvida para as pessoas, mas que é importante ter clareza, a exigência de CPF é ilegal para o fornecimento de descontos pelas farmácias.

O consumidor é obrigado a dar o CPF nas farmácias?

Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Casos aumentaram em 12 estados em relação ao ano passado.

Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Estamos todos saindo da UTI?

Nas últimas semanas, esses ambientes estão diferentes do que vivenciamos ao longo de quase 20 meses.

Estamos todos saindo da UTI?

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Elas têm mais autoconsciência, senso de empatia e tenta “se encaixar” mais socialmente que eles.

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Pesquisa comprova maior eficácia de teste HPV para detecção de câncer

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Passa a ser direito fundamental da pessoa com câncer a obtenção de diagnóstico precoce e acesso a tratamento universal.

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

A quantidade de pessoas que sofrem com problemas cardiorrespiratórios no Brasil é tão significativa que sobram estatísticas para contar a história.

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Segundo Dr. Geraldo Carvalhaes, casos de dor crônica também afetam pessoas mais jovens.

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Você é um Hipocondríaco?

Quando a preocupação com a saúde vira doença.

Você é um Hipocondríaco?

Número de prematuros aumenta no Brasil

Média de prematuridade no país atingiu 11,1% em 2020 e aumento pode estar ligado ao covid-19.

Número de prematuros aumenta no Brasil