Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O contágio mais perigoso que o Coronavírus

O contágio mais perigoso que o Coronavírus

05/03/2020 Leonardo Torres

O mundo hoje tem acordado em alerta devido à epidemia do vírus Covid-19.

O alerta deve vir acompanhado sempre de informações de prevenção, procura de ajuda, tratamentos, entre outras; contudo, também é necessário estar atento a quem emite tal alerta, pois há um perigo ainda maior do que a epidemia do vírus: a epidemia do pânico.

Recentemente, devido ao pânico gerado pelo coronavírus, alguns mercados foram saqueados em busca de máscaras e álcool em gel.

Hospitais começaram a regular as máscaras, pois alguns indivíduos que chegavam ao local acabavam por furtá-las, já que estavam em falta nos mercados.

Isso demonstra um profundo medo da população diante da epidemia do coronavírus, a tal ponto que as pessoas entram em um estado de pânico epidêmico e, quando isso acontece, é comum esperar violências de todos os tipos.

O pânico é um estado mental que contagia não somente quem está próximo, mas também pessoas conectadas às redes sociais, canais de televisão e qualquer outra forma de comunicação tecnológica.

O ser humano, por ser uma espécie que vive em grupo, tem maior facilidade em contagiar e se contagiar por fortes emoções.

Hoje, a Ciência já descobriu que quanto maior o vínculo entre pessoas, maior é o contágio psíquico entre elas, por isso um indivíduo ri quando outro ri, chora quando o outro chora, sente fome, ânsias, etc…

O estado de pânico é uma condição primitiva, ou seja, assim como em todos os animais, ele garante desde sempre a sobrevivência do indivíduo ou do grupo.

No ser humano, por possuir uma consciência mais desenvolvida, o pânico não surge somente da forma instintiva “ação-reação”, como um cão fugindo do carro.

O pânico passa a ser um estado mental em que o indivíduo ou grupo acaba por permanecer em estado constante de pânico, se estimulado.

Parte da grande mídia, com suas notícias sensacionalistas, cumpre o papel de trazer esse estado de pânico para a população ininterruptamente, que por sua vez, acaba por contagiar outros indivíduos por meio das redes sociais, gerando um efeito epidêmico de pânico.

O contágio de pânico não acontece somente hoje, diante da epidemia do coronavírus.

Basta lembrar as filas intermináveis da vacina da febre amarela, a procura por gasolina na greve dos caminhoneiros, ou então, de casos como a novela de Orson Welles cuja transmissão radiofônica gerou um contágio de pânico sem igual, levando as pessoas que se contagiavam à morte súbita, suicídios, saques generalizados, entre outras situações.

Diante disso, o que a população pode fazer? Obter informações consistentes e reais, nos portais e canais comprometidos com a verdade, e consultar profissionais de saúde, a fim de se precaver.

O pânico gerado por leigos, neste caso, serve somente para atrapalhar uma situação que já é complexa.

* Leonardo Torres é Professor e Palestrante, Doutorando em Comunicação e Pós-graduando em Psicologia Junguiana.

Fonte: R&F Comunicação Corporativa



Muito além do chip da beleza

Você, com certeza, nos últimos meses já ouviu falar do famoso “chip” da beleza.


Evolução da telessaúde

Maior segurança e respeito à autonomia de profissionais e pacientes.


Minas mobiliza população para receber proteção contra sarampo e gripe

Ações para estimular a vacinação ocorrem em todo o estado, pois coberturas contra o sarampo e a gripe continuam baixas.

Minas mobiliza população para receber proteção contra sarampo e gripe

Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

A cirurgia é um recurso muito importante e deve ser considerada para alguns pacientes.

Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

Quais os sintomas da candidíase?

A candidíase é uma infecção causada por uma levedura (um tipo de fungo) chamada Candida albicans.


O Influenza também está no nosso foco

Falar em vacinação nos dias de hoje nos tende a remeter quase que exclusivamente ao combate à Covid-19.

O Influenza também está no nosso foco

A nova era da Telemedicina no Brasil

Alguns números atestam que as consultas virtuais estão sendo utilizadas cada vez mais no país.

A nova era da Telemedicina no Brasil

É inaceitável que pessoas ainda morram de malária

Esta semana, de 25 a 29 de abril, marca a luta mundial contra a malária.


Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

Médico psiquiatra comenta a situação exclusiva de pessoas que perderam parentes queridos durante a pandemia. A ansiedade e o transtorno de humor são os mais prevalentes nesses casos.

Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Nutricionista fala sobre o poder dos alimentos para a nossa saúde.

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Por muito tempo o hábito de roncar tem sido visto como motivo de chacota ou algo corriqueiro.

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Tireoide não é a culpada pelo ganho de peso

É muito comum algumas pessoas associarem o ganho de peso excessivo e inexplicado a um problema de tireoide, chamado de hipotireoidismo que nada mais é, a falta dos hormônios tireoidianos.