Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Você sabe definir o que é uma caloria?

Você sabe definir o que é uma caloria?

09/11/2015 Cristiano Parente

Queimar, comer, perder calorias. Muito se fala sobre elas, mas quanto, de verdade, compreendemos sobre o assunto?

Caloria, ou melhor, quilocaloria (kcal, abreviadamente), é uma unidade de medida de energia que serve, por exemplo, para determinar a quantidade de energia que um alimento tem e oferece quando ingerido.

Estampado nas embalagens dos alimentos, uma quilocaloria representa a quantidade de mil calorias. A caloria também é usada para determinar, por exemplo, quanta energia se gasta na realização de determinada atividade ou mesmo para o corpo manter as funções básicas em funcionamento.

É muito comum ouvir que a pessoa “comeu um número determinado de calorias”. A frase é equivocada, já que, por se tratar de unidade de medida, o que se come ou se ingere é o alimento, que contem certa quantidade de calorias.

Em geral, uma pessoa jovem, com estatura média (1,70m) e com peso equilibrado (70kg) gasta no dia a dia, sem fazer atividades físicas, por volta de 2.000 kcal somente para manter as funções básicas do corpo e as atividades de uma vida sedentária, como é a de grande parte da população.

Para, então, manter o equilíbrio energético entre consumo e gasto, essa pessoa precisa ingerir alimentos que tenham uma soma total de energia de 2.000 kcal por dia. Porém, quando esse indivíduo ingere mais do que a necessidade diária, ou seja, ultrapassa as 2.000 kcal, o excesso de energia é armazenado, uma vez que não precisa ser usado. Essa sobra é retida no corpo humano na forma de gordura.

Por isso, a explicação para quem tem algum excesso de gordura está no fato de ter ingerido mais energia do que precisava. Simples assim. Agora, se a razão para explicar o excesso de calorias é simples, o que fazer para perder tal reserva guardada é igualmente simples: basta inverter a conta.

Ou seja, quem gasta 2.000 kcal por dia deve comer menos do que 2.000 kcal diários e continuar gastando o total dessa caloria ou ampliar o gasto de quantidade de energia. Como consumir menos energia? O que fazer para gastar mais energia? Não há fórmulas milagrosas para responder tais questões. Ingira menos alimento para reduzir o consumo de calorias ou exercite-se mais para ampliar o gasto calórico.

Se levarmos em consideração que uma pessoa grande, alta, gasta mais energia do que uma pequena, miúda, já que tem mais peso para movimentar e mais corpo para fornecer energia durante todo o dia, e se também considerarmos que não há procedimentos que nos torne mais altos, o caminho é fazer os músculos ficarem maiores.

Afinal, um músculo maior consome mais energia que um músculo menor para sobreviver durante todo o dia. O caminho para uma vida ativa e saudável é procurar gastar mais energia, fazendo exercícios para os músculos ficarem maiores e se movimentando mais do que se ingere ou se come.

Essas ações farão com que o nosso corpo tenha que buscar a diferença na reserva de energia armazenada, traduzindo-se em emagrecimento. E, claro, em mais qualidade de vida!

* Cristiano Parente é professor e coach de educação física, eleito em 2014 o melhor personal trainer do mundo em concurso internacional promovido pela Life Fitness.



Principais vacinas e reações em bebês

A vacinação infantil protege de inúmeras doenças e faz parte dos cuidados básicos.

Principais vacinas e reações em bebês

Campanha Nacional de Vacinação foca em poliomielite e multivacinação

Cerca de 40 mil salas de vacinação em todo o país começaram a aplicar os imunizantes. A campanha terminará em 9 de setembro.

Campanha Nacional de Vacinação foca em poliomielite e multivacinação

Sinusites e conjuntivites do inverno aumentam risco da celulite ocular em crianças

Os principais sintomas da celulite periorbital e orbital são vermelhidão e inchaço nas pálpebras.

Sinusites e conjuntivites do inverno aumentam risco da celulite ocular em crianças

Transtornos alimentares: conheça as diferenças de cada tipo e os sintomas

Os transtornos alimentares podem trazer consequências sérias para a saúde.

Transtornos alimentares: conheça as diferenças de cada tipo e os sintomas

Mito ou verdade: seguro de vida é usado somente em morte

O seguro de vida oferece diversas coberturas para serem utilizadas em vida.

Mito ou verdade: seguro de vida é usado somente em morte

O perigo dos cigarros eletrônicos para os adolescentes e jovens

Um pequeno dispositivo que cabe no bolso e que surgiu com a promessa de ser menos prejudicial que o cigarro normal e ainda ajuda a parar de fumar.

O perigo dos cigarros eletrônicos para os adolescentes e jovens

ANVISA aprova novos produtos de canabidiol no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprovou pela primeira vez dois produtos medicinais com teor de THC acima de 0,2%.

ANVISA aprova novos produtos de canabidiol no Brasil

Cuidados ao longo do dia melhoram aparência da pele e previnem doenças

Os diferentes tipos de pele e os cuidados que devem ser tomados em cada período do dia.

Cuidados ao longo do dia melhoram aparência da pele e previnem doenças

Rosácea aumenta risco de inflamação crônica nas pálpebras e olho seco

Doença afeta cerca de 5% da população e em 20% dos casos há manifestações oculares.

Rosácea aumenta risco de inflamação crônica nas pálpebras e olho seco

Benefícios da osteopatia na gravidez

Todo o processo focará na extinção e prevenção de qualquer tipo de dores e inflamações oriundas das alterações corporais.

Benefícios da osteopatia na gravidez

Entorse de tornozelo pode evoluir para lesões mais severas quando não tratado

Até um terço dos pacientes podem sentir dor depois de 12 meses da lesão.

Entorse de tornozelo pode evoluir para lesões mais severas quando não tratado

Diabetes aumenta em 35% o risco de desenvolver um glaucoma neovascular

Glaucoma neovascular está ligado ao diabetes e doenças que afetam o sistema vascular.

Diabetes aumenta em 35% o risco de desenvolver um glaucoma neovascular