Portal O Debate
Grupo WhatsApp


O seu controle remoto pode estar contaminado e você nem sabe

O seu controle remoto pode estar contaminado e você nem sabe

06/10/2020 Divulgação

Dica de limpeza é usar um pano limpo, de preferência de microfibra, e álcool 70º.

O seu controle remoto pode estar contaminado e você nem sabe

Embora os holofotes estejam há alguns meses voltados para as formas de contágio e principalmente em como prevenir a transmissão de Covid-19, há outras doenças que também podem ser transmitidas através de objetos de “alto toque”, como interruptores, maçanetas e corrimão.

A transmissão de doenças pode acontecer se, após o contato com superfícies contaminadas, tocarmos os olhos, boca e nariz. Portanto, se a dica é higienizar bem as mãos ao chegar em casa, lavando-as com água e sabão, resta ainda em casa um objeto que, muitas vezes, passa despercebido: o controle remoto.

Para eliminar agentes patogênicos -alguns vírus ficam ativos por até 48 horas em superfícies-, a dica do Renato Ticoulat, presidente da Limpeza com Zelo, rede especializada em limpeza de residências, pequenos escritórios e condomínios, é usar um pano limpo, de preferência de microfibra, e álcool 70º.

“Por muito tempo, associamos a limpeza de um ambiente a noções estéticas. Se parecia limpo, estava tudo bem. Hoje, por conta da pandemia, sabemos que não é bem assim e lugares que tocamos com frequência devem ser desinfetados. Coisa que antes nem passava por nossa cabeça”, comenta o executivo.

Fonte: Markable Comunicação



Incidência de câncer de pele é maior em homens

Dezembro Laranja chama atenção para cuidados de prevenção e da importância do check-up dermatológico para diagnóstico do câncer de pele.

Incidência de câncer de pele é maior em homens

O perigo do uso indiscriminado dos antibióticos

Estudos apontam que 700 mil mortes por ano são causadas em todo o mundo por infecções resistentes aos medicamentos.

O perigo do uso indiscriminado dos antibióticos

O repique da Covid-19: que não se repiquem os erros

Chegamos a uma nova encruzilhada na questão da Covid-19 em território brasileiro.

O repique da Covid-19: que não se repiquem os erros

A corrida para a vacina: quando os riscos valem a pena?

Os insumos necessários precisarão ser produzidos em uma escala inédita.

A corrida para a vacina: quando os riscos valem a pena?

Consumo de bebidas alcoólicas cresce entre as mulheres

O corpo leva de 1 a 3 horas para metabolizar uma dose de álcool no organismo.

Consumo de bebidas alcoólicas cresce entre as mulheres

Milhões de mortes por ano podem ser evitadas com atividade física

Combate ao sedentarismo deve ser praticado em todas as idades, diz OMS.

Milhões de mortes por ano podem ser evitadas com atividade física

Redes sociais e games em excesso causam tanta dependência quanto as drogas

A informação torna-se preocupante quando se verifica o quanto a internet está presente no cotidiano. Brasil é o segundo país onde se permanece mais tempo conectado durante o dia.

Redes sociais e games em excesso causam tanta dependência quanto as drogas

Pré-diabetes: como reverter o problema por meio de hábitos saudáveis

O diabetes é uma das principais doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) que acometem os brasileiros.

Pré-diabetes: como reverter o problema por meio de hábitos saudáveis

Gravidez depois dos 35: o que você precisa saber

Especialista explica principais mitos e verdades para mulheres que querem engravidar depois dos 35 anos.

Gravidez depois dos 35: o que você precisa saber

Low carb pode ser adotada por diferentes tipos de pessoas conforme necessidades e objetivos

Estratégia alimentar é recomendada para quem sofre de obesidade, diabetes e síndrome metabólica.

Low carb pode ser adotada por diferentes tipos de pessoas conforme necessidades e objetivos

Prematuros podem apresentar dificuldades no processamento sensorial

Especialista alerta para as morbidades que resultam do nascimento prematuro.

Prematuros podem apresentar dificuldades no processamento sensorial

Asma atinge 20 milhões de brasileiros

Pacientes com asma grave podem ter qualidade de vida com imunobiológicos.

Asma atinge 20 milhões de brasileiros