Portal O Debate
Grupo WhatsApp


País pagará 51% menos no remédio contra HIV

País pagará 51% menos no remédio contra HIV

10/05/2006 Da Redação

O Ministério da Saúde pagará, a partir de hoje, 51% a menos pelo medicamento tenofovir, que faz parte do coquetel utilizado para o tratamento dos portadores de HIV. O acordo foi assinado pelo ministro da Saúde, Agenor Álvares, e o vice-presidente da empresa Gilead Science, Joseph Steele, representando uma economia imediata de US$ 31,4 milhões por ano, que permitirá investimentos no próprio programa. O remédio é distribuído pelo governo federal gratuitamente para 11 mil pacientes. O valor do comprimido passou de US$ 7,68 para US$ 3,80.

Segundo o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, o acordo já vale para a aquisição de 8,1 milhões de cápsulas neste ano pelo governo brasileiro. De 1980 a junho de 2005, foram registrados 371.827 casos de aids no Brasil. A taxa de incidência da aids (casos da doença por 100 mil habitantes) mantém-se estável, 17,2 em 2004. A razão entre homens e mulheres continua caindo e hoje está em 1,5 caso em homens para 1 caso em mulher. No início da epidemia, a razão era de 16 casos em homens para 1 em mulher. Atualmente, 170 mil pessoas recebem gratuitamente o coquetel antiretroviral. 

Para Mariângela Simão, diretora do Programa Nacional DST/Aids, com o acordo será possível expandir em até 50% a distribuição gratuita do medicamento até o final do ano. O remédio, segundo ela, tem vantagens pela eficácia terapêutica, pela dosagem única no dia e pela redução de sintomas colaterais.



Alzheimer acometerá 152 milhões de pessoas em 2050

Dados da OMS apontam que atualmente existem 50 milhões de casos da doença no mundo.

Alzheimer acometerá 152 milhões de pessoas em 2050

Por que algumas pessoas piscam demais?

Especialista do Hospital CEMA explica quais são as principais causas do piscar excessivo. Entre elas estão doenças neurológicas e quadros irritativos.

Por que algumas pessoas piscam demais?

Janeiro é dedicado a Campanha Nacional de Hanseníase

Brasil é o 2º país com maior número de casos no mundo, atrás somente da Índia, alerta a Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Janeiro é dedicado a Campanha Nacional de Hanseníase

Saiba como ar condicionado e ventilador podem desencadear doenças respiratórias

Equipamentos precisam de manutenção e limpeza adequadas para não causarem danos à saúde.

Saiba como ar condicionado e ventilador podem desencadear doenças respiratórias

Cientistas descobrem célula que poderá tratar todos os tipos de câncer

Descoberta foi publicada na revista científica Nature Immunology.

Cientistas descobrem célula que poderá tratar todos os tipos de câncer

Nova tecnologia vai beneficiar 500 milhões de pacientes que sofrem com diabetes

A nova tecnologia foi desenvolvida pela empresa  Oramed Pharmaceuticals e poderá revolucionar os métodos de tratamento para milhões de pessoas que sofrem de diabetes.


Como sua coluna pode “sobreviver” à era dos smartphones?

O smartphone faz parte do cotidiano das pessoas de praticamente todas as idades.

Como sua coluna pode “sobreviver” à era dos smartphones?

Como combater alguns distúrbios do sono

Problemas para dormir afetam mais de 73 milhões de brasileiros. Saiba como melhorar a qualidade do repouso.

Como combater alguns distúrbios do sono

Uso excessivo de antibióticos pode causar infecções, tonturas e reações alérgicas

É muito importante seguir corretamente a prescrição médica e não reutilizar antibióticos que estejam disponíveis em casa.

Uso excessivo de antibióticos pode causar infecções, tonturas e reações alérgicas

Vive chorando sem motivo? Canal lacrimal obstruído pode ser a causa

Comum em recém-nascidos e terceira idade, bloqueio também pode acometer jovens e adultos.

Vive chorando sem motivo? Canal lacrimal obstruído pode ser a causa

Novos tratamentos contra o câncer da pele

Os novos tratamentos para combater o câncer da pele começam a chegar ao Brasil, aumentando as expectativas de melhoria da qualidade de vida de milhares de pacientes.


Plástica mamária: quando a cirurgia é questão de saúde

Se necessário, a operação na região dos seios pode trazer inúmeros benefícios físicos e psicológicos ao paciente que sofre de excesso de tecido mamário ou câncer de mama, por exemplo.

Plástica mamária: quando a cirurgia é questão de saúde