Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Quedas são a maior ameaça ao bem-estar dos idosos

Quedas são a maior ameaça ao bem-estar dos idosos

16/10/2017 Divulgação

Maior parte dos traumas que levam a fraturas ocorre em casa. Saiba o que fazer para evitar.

Quedas são a maior ameaça ao bem-estar dos idosos

O Brasil tem, hoje, 8,46% de sua população na faixa etária acima de 65 anos. Até 2030, a previsão é que esse índice seja de mais de 13%.

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e mostram, ainda, que a expectativa de vida ao nascer – hoje, de 76 anos, em média – poderá chegar a 78,5 anos no final da próxima década. Com esse aumento, cresce também a atenção ao bem-estar de pessoas idosas. Evitar traumas causados por quedas é um dos principais fatores para isso e deve começar em casa.

Fraturas como as de quadril, além de limitarem a mobilidade e a execução de tarefas do dia a dia por longos períodos, podem, até mesmo, colocar em perigo a vida do paciente. Um levantamento publicado na Revista Brasileira de Ortopedia apontou índice de mortalidade de 23,6% entre pessoas com idade superior a 65 anos, internadas por esse problema.

“O risco de morte de uma mulher de 50 anos, por exemplo, após quebrar o fêmur, é o mesmo que se apresentaria caso ela tivesse câncer de mama. Isso se dá porque o corpo reage à fratura destinando seus recursos para resolver esse problema, o que pode descompensar outras funções do organismo, como a pressão e ventilação pulmonar e o desempenho do sistema imunológico”, explica Luiz Fernando Cocco, ortopedista e coordenador do Núcleo de Ortopedia do Hospital Samaritano Higienópolis, em São Paulo.

Veja as quatro principais dicas para adaptar as residências, de forma a minimizar as chances de queda:

Chão – Mantenha tapetes e fios elétricos fora do caminho, os pisos limpos – sem água ou gordura – e não use cera. No banheiro, utilize tapetes antiderrapantes no boxe e em frente à pia e ao vaso sanitário. Nas escadas, instale piso antiderrapante;

Iluminação – Utilize lâmpadas de 100 watts ou mais, em todos os cômodos, e tenha os interruptores em locais de fácil acesso, como cabeceiras, perto das portas e nas extremidades da escada. Sempre acenda a luz para ter acesso a um cômodo, mesmo que esteja muito familiarizado com o ambiente. Manter a luz do banheiro acesa durante a noite também pode ajudar;

Apoio para caminhar – Instale corrimão dos dois lados de corredores, escadas e vias de acesso de forma geral. No banheiro, utilize também barras de apoio no boxe e próximo ao vaso sanitário;

Armários – Guarde objetos, utensílios e roupas utilizados no dia a dia em armários até a altura da cintura – isso evita que seja necessário subir em algo para alcançá-los ou que o peso deles acarrete um tombo.

“Além de adotar esses cuidados, é importante fazer visitas regulares ao médico, para controle de doenças crônicas, exames de acuidade visual e auditiva, ajuste de medicação – quando necessário – e orientações sobre atividades que preservem a coordenação, a flexibilidade, a força e o equilíbrio”, completa o médico.



Pesquisa comprova maior eficácia de teste HPV para detecção de câncer

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Passa a ser direito fundamental da pessoa com câncer a obtenção de diagnóstico precoce e acesso a tratamento universal.

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

A quantidade de pessoas que sofrem com problemas cardiorrespiratórios no Brasil é tão significativa que sobram estatísticas para contar a história.

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Segundo Dr. Geraldo Carvalhaes, casos de dor crônica também afetam pessoas mais jovens.

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Você é um Hipocondríaco?

Quando a preocupação com a saúde vira doença.

Você é um Hipocondríaco?

Número de prematuros aumenta no Brasil

Média de prematuridade no país atingiu 11,1% em 2020 e aumento pode estar ligado ao covid-19.

Número de prematuros aumenta no Brasil

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Pesquisa da Anab foi realizada com 1.006 usuários da saúde suplementar em todo o Brasil no mês de setembro.

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Acupuntura e outras técnicas podem ajudar no alívio dos sintomas e melhora global dessas condições.

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica

Trabalhos científicos mostram que 25% dos portadores de câncer de próstata morrem devido à doença.

Novembro Azul, câncer de próstata e cirurgia robótica

Qualidade de vida, apesar da dor

Lista de doenças dolorosas passíveis de tratamento é bem extensa.

Qualidade de vida, apesar da dor

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

A mulher não deve se sentir sozinha nessa jornada.

Auxílio psicológico a pacientes com câncer de mama

5 dicas para prevenir a osteoporose

Você sabia que uma em cada três mulheres têm osteoporose em todo o mundo?

5 dicas para prevenir a osteoporose