Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Reajuste do plano de saúde

Reajuste do plano de saúde

15/03/2019 Isabela Perella

Os aumentos abusivos na terceira idade.

É muito comum as operadoras de saúde reajustarem as mensalidades do plano de saúde de seus segurados quando estes completam 59 anos. Isso ocorre porque o Estatuto do Idoso proíbe o aumento após os 60 anos.

Assim, como uma forma de burlar a legislação, o segurado é surpreendido quando completa os 59 anos com um reajuste abusivo, tendo em vista ser a última oportunidade do aumento por faixa etária.

Muitos segurados, mesmo insatisfeitos, aceitam a mudança. O que poucos sabem é que o reajuste do plano de saúde por idade é válido apenas dentro de um percentual que seja considerado razoável.

Tal entendimento foi proferido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) no julgamento do recurso repetitivo tema 952 no final de 2016 e é aplicado ainda que o reajuste do plano seja previsto e permitido em contrato.

Sendo assim, para que o reajuste fundado na mudança de faixa etária do beneficiário seja válido, é necessário que haja previsão contratual e que sejam observadas as normas expedidas pelos órgãos governamentais reguladores.

É necessário ainda, que não sejam aplicados percentuais que onerem excessivamente o consumidor ou discriminem o idoso, ou seja, que não sejam considerados sem razão, aleatórios ou inadequados.

Nesse sentido, caso o segurado seja surpreendido com reajuste em percentual desarrazoado em razão da mudança de faixa etária, é possível questionar a sua validade por meio de ação judicial e assim requerer a sua cessação de forma imediata através de liminar.

De modo geral, não são permitidos reajustes abusivos anuais. Ainda que fujam da faixa etária, tais reajustes devem ser aplicados de acordo com a tabela da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) ou, quando se trata de planos coletivos, é necessário que a operadora comprove que há uma justificativa para aquele aumento, o chamado “sinistro”.

Portanto, seja o reajuste em razão da idade ou anual, se for desarrazoado ou aleatório, o consumidor pode e deve ir à justiça pleitear a cessação do aumento, inclusive podendo ser revistos os ajustes aplicados nos últimos cinco anos.

Fique atento aos seus direitos!

* Isabela Perrella é especialista em Direito do Consumidor do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados.

Fonte: Ex-Libris Comunicação Integrada



Por que as crianças sofrem mais com infecções no nariz, ouvidos e garganta?

Diagnóstico e tratamento precoces são essenciais para impedir a recorrência dos problemas.

Por que as crianças sofrem mais com infecções no nariz, ouvidos e garganta?

Insegurança alimentar grave atinge 10,3 milhões de brasileiros

Segundo IBGE, 10,3 milhões de pessoas residem em domicílios com insegurança alimentar grave.

Insegurança alimentar grave atinge 10,3 milhões de brasileiros

Vacinas, suas controvérsias e o mundo em pandemia

Temos pesquisadores do mundo todo, aliando forças em prol da produção de uma vacina em tempo recorde.

Vacinas, suas controvérsias e o mundo em pandemia

Má postura no trabalho é a principal causa de cervicalgia

Dados da Sociedade Brasileira de Estudo da Dor (SBED), de 30 a 50% da população sofre de cervicalgia.

Má postura no trabalho é a principal causa de cervicalgia

O transtorno de ansiedade

Você sabia que a ansiedade é biológica?

O transtorno de ansiedade

Número de doações de medula óssea cai 30% devido à pandemia

Campanha Setembro Verde chama atenção para importância da doação.

Número de doações de medula óssea cai 30% devido à pandemia

Uso excessivo do celular pode causar dores e inflamação dos dedos

Doença chamada de tenossinovite ficou conhecida como "WhatsAppinite".

Uso excessivo do celular pode causar dores e inflamação dos dedos

Campanha Setembro Amarelo conscientiza população sobre o suicídio

Campanha levanta a importância da ampla divulgação da temática com o foco na prevenção para a redução dos casos de suicídio.

Campanha Setembro Amarelo conscientiza população sobre o suicídio

Teste americano que detecta coronavírus em sete minutos chega ao Brasil

Teste é capaz de identificar o vírus ativo no organismo a partir do terceiro dia de contato com infectados e após a manifestação dos sintomas.

Teste americano que detecta coronavírus em sete minutos chega ao Brasil

Por que há idosos que se curam da Covid-19 enquanto jovens morrem?

Médico geriatra, nutrólogo e cardiologista Juliano Burckhardt faz uma análise da complexa e intrincada rede envolvida na imunidade do organismo no combate ao novo coronavírus.

Por que há idosos que se curam da Covid-19 enquanto jovens morrem?

Amamentação não deve ser interrompida por mães infectadas pela COVID-19

A enfermeira Katherine Maurente elenca medidas que devem ser tomas para evitar a contaminação para o bebê.

Amamentação não deve ser interrompida por mães infectadas pela COVID-19

Quatro gatilhos mentais que estão te impedindo de emagrecer

A mente pode ser tanto uma aliada quanto uma vilã quando o assunto é reeducação alimentar, por isso, ela deve ser a primeira a ser reprogramada para atingir o objetivo desejado.

Quatro gatilhos mentais que estão te impedindo de emagrecer