Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Reflexos emocionais do isolamento social

Reflexos emocionais do isolamento social

23/04/2020 Dr. Leonard Verea

Existem pessoas que possuem mais jogo de cintura, mas para muitas outras esse momento é ainda mais desafiador.

Após quase 30 dias de confinamento por conta da pandemia do coronavírus (COVID-19), você já parou para se perguntar sobre quais são os principais desafios emocionais enfrentados até aqui? Eu posso dizer que muitas pessoas acabam tornando o momento atual mais difícil por não conseguirem ter controle da situação e acabam aumentando o nível de tensão e ansiedade. Todo esse processo exacerbado de pensamentos faz um verdadeiro curto circuito mental, extrapolando o seu próprio limite de tolerância, que é construído entre cultura, experiência e vivência, ou seja, a maturidade que cada um constrói ao longo da vida.

Sabemos que existem pessoas que possuem mais jogo de cintura, mas para muitas outras esse momento é ainda mais desafiador. O período de confinamento gera medo, afinal, enfrentamos um inimigo invisível e as dúvidas que vêm junto com ele sobre o que ainda pode vir a acontecer. Esses pensamentos desestabilizam as emoções e fazem com que as pessoas desenvolvam sentimentos como insegurança e ansiedade.

Uma boa reflexão para mudar esses sentimentos pesados é absorver os ensinamentos para nos tornarmos seres humanos melhores. Entendo que sair da rotina habitual gera um impacto, mas uma ótima opção é se adequar ao que estamos vivendo hoje de uma forma mais leve.

Durante esse período de isolamento social, as pessoas conseguem desenvolver a percepção da própria fragilidade, que se manifesta passando por várias etapas sentimentais, como a tristeza e a saudade da antiga rotina. Porém, quando conseguimos administrar esses sentimentos, positivando as situações, conseguimos seguir com dias leves, pois sabemos que a quarentena vai acabar e tudo vai voltar ao normal.

Acredito que logo voltaremos a nossa rotina transformados, pois pude observar que durante este período de quarentena, as pessoas passaram por uma mudança importante e despertaram o sentimento de solidariedade, prova disso são as notícias que a mídia nos conta diariamente.

Para finalizar, gostaria de propor uma reflexão para que todos possam seguir em quarentena com uma percepção mais positiva da situação. Existem diferenças entre solitude e solidão. No estado de solitude, estamos em pleno contato com nós mesmos, nós desenvolvemos o autoconhecimento, nos encontramos. Já no estado de solidão, somos tomados por um vazio, um confronto de nossas ideias, o que pode nos levar a recorrer a artifícios como a compulsão. O ideal é nos observarmos e escolhermos qual delas queremos viver. Por mais que tenhamos medo, é necessário aprendermos a enfrentá-lo e é preciso enxergar que tudo traz um renascimento. Logo voltaremos a nossa rotina normal e podemos usar os aprendizados deste momento difícil para tornar a vida ainda mais positiva e criativa.

* Dr. Leonard F. Verea é médico, formado pela Faculdade de Medicina e Cirurgia de Milão, Itália. Especialista em psiquiatria, atua no Brasil desde 1985. Possui especialidade em Psicossomática e Hipnose Clínica e atua como Médico do Trabalho.

Fonte: CM Comunicação



Alimentação e atividade física: a sua rotina te ajuda a prevenir o câncer?

Cerca de 90% da população reconhece o tabagismo como fator de risco para o câncer, mas 50% da população desconhece a importância da alimentação e atividade física na prevenção.

Alimentação e atividade física: a sua rotina te ajuda a prevenir o câncer?

Principais vacinas e reações em bebês

A vacinação infantil protege de inúmeras doenças e faz parte dos cuidados básicos.

Principais vacinas e reações em bebês

Campanha Nacional de Vacinação foca em poliomielite e multivacinação

Cerca de 40 mil salas de vacinação em todo o país começaram a aplicar os imunizantes. A campanha terminará em 9 de setembro.

Campanha Nacional de Vacinação foca em poliomielite e multivacinação

Sinusites e conjuntivites do inverno aumentam risco da celulite ocular em crianças

Os principais sintomas da celulite periorbital e orbital são vermelhidão e inchaço nas pálpebras.

Sinusites e conjuntivites do inverno aumentam risco da celulite ocular em crianças

Transtornos alimentares: conheça as diferenças de cada tipo e os sintomas

Os transtornos alimentares podem trazer consequências sérias para a saúde.

Transtornos alimentares: conheça as diferenças de cada tipo e os sintomas

Mito ou verdade: seguro de vida é usado somente em morte

O seguro de vida oferece diversas coberturas para serem utilizadas em vida.

Mito ou verdade: seguro de vida é usado somente em morte

O perigo dos cigarros eletrônicos para os adolescentes e jovens

Um pequeno dispositivo que cabe no bolso e que surgiu com a promessa de ser menos prejudicial que o cigarro normal e ainda ajuda a parar de fumar.

O perigo dos cigarros eletrônicos para os adolescentes e jovens

ANVISA aprova novos produtos de canabidiol no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprovou pela primeira vez dois produtos medicinais com teor de THC acima de 0,2%.

ANVISA aprova novos produtos de canabidiol no Brasil

Cuidados ao longo do dia melhoram aparência da pele e previnem doenças

Os diferentes tipos de pele e os cuidados que devem ser tomados em cada período do dia.

Cuidados ao longo do dia melhoram aparência da pele e previnem doenças

Rosácea aumenta risco de inflamação crônica nas pálpebras e olho seco

Doença afeta cerca de 5% da população e em 20% dos casos há manifestações oculares.

Rosácea aumenta risco de inflamação crônica nas pálpebras e olho seco

Benefícios da osteopatia na gravidez

Todo o processo focará na extinção e prevenção de qualquer tipo de dores e inflamações oriundas das alterações corporais.

Benefícios da osteopatia na gravidez

Entorse de tornozelo pode evoluir para lesões mais severas quando não tratado

Até um terço dos pacientes podem sentir dor depois de 12 meses da lesão.

Entorse de tornozelo pode evoluir para lesões mais severas quando não tratado