Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Ressonância magnética um aliado da mamografia

Ressonância magnética um aliado da mamografia

05/10/2005 Da Redação

Em alguns casos, a ressonância magnética vem sendo cada vez mais indicada para assegurar um diagnóstico preciso.

"Pacientes de alto risco para câncer de mama, que têm implantes de silicone ou mamas muito densas, ou ainda que estão em fase de pré-operatório de câncer ou de avaliação de quimioterapia são beneficiadas pela RM, que apresenta maior sensibilidade", diz o doutor Guilherme Rossi, radiologista da URP Diagnósticos Médicos, de São Paulo.

Rossi acrescenta que entre 20% e 35% das lesões detectadas precisam ser avaliadas por outros métodos. "Pacientes que têm fibrose decorrentes de cirurgias prévias, mamas de alta densidade, alterações clínicas, mamográficas ou no exame ultra-sonográfico, podem dar margens a resultados equivocados ou falsos positivos. Daí a necessidade, muitas vezes, de integrar com outros exames".

O radiologista adverte, ainda, que embora seja um exame complementar eficiente, a ressonância magnética não substitui a mamografia. "Além de ser um método novo, não evidencia calcificações, que em muitos casos são os primeiros sinais de um câncer. Sem contar que representam um incremento significativo nos custos do rastreamento".

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), dos 467.440 novos casos de câncer com previsão de serem diagnosticados em 2005, o câncer de mama foi o segundo mais incidente entre a população feminina, sendo responsável por 49.470 novos.

Fonte: Dr. Guilherme Rossi, médico radiologista da URP Diagnósticos Médicos. 



Diabetes pode mascarar sintomas de infarto

Sociedade Brasileira de Diabetes orienta como pessoas com a doença podem reconhecer e prevenir quadros de ataque cardíaco.

Diabetes pode mascarar sintomas de infarto

Alzheimer acometerá 152 milhões de pessoas em 2050

Dados da OMS apontam que atualmente existem 50 milhões de casos da doença no mundo.

Alzheimer acometerá 152 milhões de pessoas em 2050

Por que algumas pessoas piscam demais?

Especialista do Hospital CEMA explica quais são as principais causas do piscar excessivo. Entre elas estão doenças neurológicas e quadros irritativos.

Por que algumas pessoas piscam demais?

Janeiro é dedicado a Campanha Nacional de Hanseníase

Brasil é o 2º país com maior número de casos no mundo, atrás somente da Índia, alerta a Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Janeiro é dedicado a Campanha Nacional de Hanseníase

Saiba como ar condicionado e ventilador podem desencadear doenças respiratórias

Equipamentos precisam de manutenção e limpeza adequadas para não causarem danos à saúde.

Saiba como ar condicionado e ventilador podem desencadear doenças respiratórias

Cientistas descobrem célula que poderá tratar todos os tipos de câncer

Descoberta foi publicada na revista científica Nature Immunology.

Cientistas descobrem célula que poderá tratar todos os tipos de câncer

Nova tecnologia vai beneficiar 500 milhões de pacientes que sofrem com diabetes

A nova tecnologia foi desenvolvida pela empresa  Oramed Pharmaceuticals e poderá revolucionar os métodos de tratamento para milhões de pessoas que sofrem de diabetes.


Como sua coluna pode “sobreviver” à era dos smartphones?

O smartphone faz parte do cotidiano das pessoas de praticamente todas as idades.

Como sua coluna pode “sobreviver” à era dos smartphones?

Como combater alguns distúrbios do sono

Problemas para dormir afetam mais de 73 milhões de brasileiros. Saiba como melhorar a qualidade do repouso.

Como combater alguns distúrbios do sono

Uso excessivo de antibióticos pode causar infecções, tonturas e reações alérgicas

É muito importante seguir corretamente a prescrição médica e não reutilizar antibióticos que estejam disponíveis em casa.

Uso excessivo de antibióticos pode causar infecções, tonturas e reações alérgicas

Vive chorando sem motivo? Canal lacrimal obstruído pode ser a causa

Comum em recém-nascidos e terceira idade, bloqueio também pode acometer jovens e adultos.

Vive chorando sem motivo? Canal lacrimal obstruído pode ser a causa

Novos tratamentos contra o câncer da pele

Os novos tratamentos para combater o câncer da pele começam a chegar ao Brasil, aumentando as expectativas de melhoria da qualidade de vida de milhares de pacientes.