Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Rinite Alérgica

Rinite Alérgica

15/05/2006 Divulgação

Caracterizada pela inflamação da mucosa nasal, sabe-se que a rinite não é contagiosa, mas é transmitida de pai para filho. Pais alérgicos terão de 50% a 70% de chance de deixar essa herança para o filho e perpetuá-la. Tudo por causa de um defeito relacionado à fabricação de um anticorpo presente em nosso organismo, a imunoglobina (Ige), responsável, por exemplo, para combater algumas parasitoses. "O indivíduo alérgico nasce geneticamente pré-disposto a fabricar esse anticorpo contra qualquer coisa, até aquela que não faz mal à maioria das pessoas, como, por exemplo, os ácaros", explica Mello.

Estima-se que o nosso País tenha 33% de pacientes com rinite, ou seja, aproximadamente 61 milhões de pessoas. Dados brasileiros apontam que cerca de 20% de crianças com idade entre seis e sete anos desenvolvem a doença. Já entre os 13 a 14 anos, esse índice sobe para os 30%. E quando a idade é superior, pode-se atingir os 35%.

Quando limpar o ambiente em que o rinítico vive não é o suficiente para estabilizar seu estado, Mello Júnior diz que é preciso usar a terapia medicamentosa, composta por diversas classes de medicamentos. Lançado em 2005 pelo o laboratório multinacional Farmalab-Chiesi, o Zyxem®, cujo princípio ativo é a levocetirizina, é o que existe dentro da nova geração dos anti-histamínicos usados para combater a doença. 
A levocetirizina age inibindo a liberação de agentes inflamatórios, além de diminuir os sintomas da reação alérgica. Uma das características do produto, explica o médico, é que ele tem ação rápida, seus efeitos são sentidos em uma hora e seu efeito é contínuo, por 24 horas. Outra vantagem é o custo, inferior se comparado aos demais produtos usados para tratar da rinite.



Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Medicações têm efeitos danosos, inclusive com risco de morte.

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Entenda como as diferentes posições para dormir interferem no funcionamento do organismo.

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença

"Conhecer demência é conhecer Alzheimer" é tema de campanha em 2021.

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença

Estamos esperando o quê?

Uma pesquisa rápida no Google Trends aponta o que qualquer cidadão do mundo já sabe: o termo mais mencionado e pesquisado no ano passado foi “Coronavírus”.

Estamos esperando o quê?

Proteção da CoronaVac em pessoas com comorbidade é superior a 90%

Pesquisa analisa 5 mil profissionais de educação e da segurança pública da rede estadual lotados em Manaus.

Proteção da CoronaVac em pessoas com comorbidade é superior a 90%

Fisioterapia precoce é essencial no tratamento da artrite idiopática juvenil

Doença é autoimune e pode afetar bebês e crianças pequenas.

Fisioterapia precoce é essencial no tratamento da artrite idiopática juvenil

Atividade física reduz risco de desenvolver glaucoma 

Estudo aponta que declínio do risco pode chegar a 73%.

Atividade física reduz risco de desenvolver glaucoma 

“Agir salva vidas” é tema de campanha Setembro Amarelo 2021

Campanha para reduzir índices de suicídio é uma iniciativa da ABP e do Conselho Federal de Medicina.

“Agir salva vidas” é tema de campanha Setembro Amarelo 2021

Por que terceira dose de vacina contra Covid é importante e necessária

Variantes do vírus fazem com que seja necessário "treinar" o organismo para poder prevenir infecções.

Por que terceira dose de vacina contra Covid é importante e necessária

Tabagismo aumenta chances de casos graves da Covid-19

Relação entre fumo e doença é mais um motivo importante para a decisão de parar de fumar

Tabagismo aumenta chances de casos graves da Covid-19

Dicas de alimentação na TPM, gravidez e menopausa

Toda mulher passa por diferentes fases no ciclo fértil.

Dicas de alimentação na TPM, gravidez e menopausa

Número de mortes por paradas cardíacas aumenta durante a pandemia

Pesquisa mostra que procura por atendimento hospitalar por AVC e ataques cardíacos sofreu redução no período.

Número de mortes por paradas cardíacas aumenta durante a pandemia