Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Sexualidade e fertilidade após tratamento do câncer

Sexualidade e fertilidade após tratamento do câncer

16/09/2006 Divulgação

Alteração na menstruação, menopausa precoce, inibição na libido e dificuldade para ter filhos são alguns efeitos colaterais a curto e longo prazo que podem afetar pacientes que passam pelo tratamento de linfoma, leucemia e transplante de medula óssea. Porém, esses efeitos podem ser minimizados se forem tomados alguns cuidados durante o tratamento. Para isso, o paciente deve se informar sobre esses assuntos, conversar abertamente com seu médico ou procurar a ajuda de um especialista na área.

Com o objetivo de informar os pacientes sobre esses cuidados, a Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (ABRALE) irá debater o tema "Sexualidade e Fertilidade Antes, Durante e Após o Tratamento" em seu Encontro semanal. O palestrante é o dr. Wilson Carrara, médico ginecologista e obstetra, que irá explicar quais os cuidados fundamentais relativos à vida sexual durante o tratamento do câncer e como a fertilidade pode ser afetada a longo prazo pela terapia. O especialista vai explicar também a importância de evitar filhos durante a quimioterapia e as precauções necessárias para que a fertilidade não seja afetada no futuro.

Pacientes com vida sexual ativa que passam pelo tratamento de quimioterapia podem se deparar com uma série de problemas. Um deles, por exemplo, é o risco de sangramentos graves durante a relação sexual devido à baixa quantidade de plaquetas no sangue. O tratamento de câncer pode mexer principalmente com a atividade hormonal de algumas mulheres e causar alterações na menstruação ou menopausa precoce, que além de alterar a fertilidade pode provocar também inibição de libido. 

De acordo com Instituto Nacional de Câncer (INCA), em 2006 surgirão cerca de 10 mil novos casos de leucemia no Brasil. Desse total, a maioria é formada por adultos jovens e também adolescentes e crianças, que futuramente entrarão em idade de gerar filhos. "Como a cura dessas doenças é uma realidade atualmente para 80% dos pacientes, existe uma preocupação por parte dos médicos e pacientes em utilizar quimioterápicos que não afetem a fertilidade", explica a onco-pediatra do Instituto de Tratamento do Câncer Infantil (ITACI), Ana Lúcia Cornacchioni, e membro do Comitê Científico da ABRALE. Caso isso não seja possível, ainda existe a opção de congelar os óvulos e espermatozóides de pacientes adultos e adolescentes antes de iniciar o tratamento.

Manter o paciente informado sobre o que pode acontecer com sua sexualidade e fertilidade é muito importante, especialmente para os mais jovens, que geralmente se preocupam com os efeitos colaterais imediatos e deixam de conversar com o médico sobre um detalhe importante de seu futuro que é a capacidade de ter filhos.

 A palestra será dia 29/09/2006, em São Paulo.

Inscrições gratuitas pelo tel.: 0800-773-9973, abrale@abrale.org.br ou site: www.abrale.org.br

Fonte: Comunicação ABRALE

 



Ministério da Saúde lança campanha de amamentação

Amamentação reduz mortalidade infantil e risco de câncer de mama.

Ministério da Saúde lança campanha de amamentação

Seminário internacional sobre autismo aborda ética no tratamento

No dia 22 de agosto, acontece o XVIII Seminário Internacional do Instituto LAHMIEI - Autismo da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).


Como saber se tenho bruxismo?

Dor na mandíbula e cabeça ao acordar são sintomas comuns.

Como saber se tenho bruxismo?

As novas maneiras de olhar e cuidar da saúde física e mental

Muito tem se falado sobre o impacto da pandemia e do distanciamento social na vida das pessoas.


Consultas odontológicas diminuem 80% durante a pandemia

Pesquisa feita pela UFPel diz respeito às consultas odontológicas na rede pública.

Consultas odontológicas diminuem 80% durante a pandemia

Aspectos emocionais do câncer

O câncer coloca a pessoa em situação limite, pois carrega o estigma da morte e do sofrimento.


Vacinas: destrinchando as fases da produção

A história do processo de produção das vacinas remonta aos trabalhos realizados pelo naturalista e médico inglês Edward Jenner, no final do século XVIII.

Vacinas: destrinchando as fases da produção

Lançado e-book com rotina de médicos em UTIs na pandemia

Prosas, versos e muita emoção mostram a nova realidade dos profissionais.


Síndrome de Burnout deve atingir diversos profissionais pós-pandemia

Cansaço, fadiga e estresse no trabalho podem ser mais sérios do que se imagina

Síndrome de Burnout deve atingir diversos profissionais pós-pandemia

Qual é o plano futuro para o setor de saúde depois da pandemia?

O setor de saúde deverá se reinventar, assim como vários setores da economia.

Qual é o plano futuro para o setor de saúde depois da pandemia?

Baixa adesão faz Ministério da Saúde ampliar campanha contra sarampo

Pessoas de 20 a 49 anos poderão se vacinar até o dia 31 de agosto, em todo o país.

Baixa adesão faz Ministério da Saúde ampliar campanha contra sarampo

Dores no inverno: como amenizar o quadro em tempos de menor temperatura

Queixar-se da piora das dores em dias frios está longe de ser um drama ou frescura.

Dores no inverno: como amenizar o quadro em tempos de menor temperatura