Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Teste americano que detecta coronavírus em sete minutos chega ao Brasil

Teste americano que detecta coronavírus em sete minutos chega ao Brasil

01/09/2020 Divulgação

Teste é capaz de identificar o vírus ativo no organismo a partir do terceiro dia de contato com infectados e após a manifestação dos sintomas.

Teste americano que detecta coronavírus em sete minutos chega ao Brasil

Laboratórios, drogarias e empresas brasileiras que fazem testagem em seus colaboradores a partir de agora terão um aliado mais ágil e eficaz no combate ao coronavírus. A Orbitae, empresa de diagnósticos humanos e forenses, acaba de trazer para o Brasil o Instant View Plus Covid-19 Ag View Alfa Test, da americana Alfa Scientific. Um teste que possibilita a identificação do vírus em apenas sete minutos e no momento inicial da doença, ou seja, três dias após a manifestação dos sintomas ou a partir do terceiro dia de contato com pessoas infectadas.

“O quanto antes for possível identificar a presença do vírus no organismo, menor a chance de propagação da doença e mais rápido a pessoa contaminada poderá ser tratada. E quanto mais rápido o tratamento iniciar, melhor será resposta à intervenção médica”, destaca Rodrigo Silveira, diretor da Orbitae.

O exame deve ser feito por um profissional da saúde que por meio da coleta de amostras de secreção do nariz, com o swab, um cotonete especial, a partir do terceiro dia de sintomas ou do contato com pessoas infectadas. Depois, o material coletado é depositado em um tampão, uma espécie de extrator, que separa o conteúdo e é adicionado no dispositivo de testagem.

Ele, se assemelha ao teste RT-PCR, uma testagem molecular que analisa o DNA do vírus, porém as amostras não precisam ser encaminhadas para análise em equipamento específico. O que reduz gastos e, principalmente, o tempo de espera para o resultado.

Fonte: Partnerscom



Tratamento dentário em crianças diminui até 89% na pandemia

Queda nos tratamentos foi mais intensa em estados do Nordeste.

Tratamento dentário em crianças diminui até 89% na pandemia

Sete motivos que levam à procrastinação da dieta

Para o médico endocrinologista e especialista em emagrecimento, Rodrigo Bomeny, uma das causas é não estar ciente dos verdadeiros motivos que impulsionam a mudança de hábito.

Sete motivos que levam à procrastinação da dieta

Consumo de álcool e dormir mal contribuem para o ganho de peso

Médico endocrinologista explica como o álcool e o sono influenciam o metabolismo do corpo com consequências para a saúde.

Consumo de álcool e dormir mal contribuem para o ganho de peso

As verdades sobre o mau hálito

Conhecida também como mau hálito, a halitose ainda está cercada de dúvidas e preconceitos.

As verdades sobre o mau hálito

Aplicativo brasileiro que monitora Covid-19 já está em uso por 15 países

App conta com versões gratuitas e customizadas de acordo com as necessidades das empresas.

Aplicativo brasileiro que monitora Covid-19 já está em uso por 15 países

Como diagnosticar a artrite reumatoide

Especialista explica os principais fatores que podem indicar o início da doença.

Como diagnosticar a artrite reumatoide

Obesidade é um problema de saúde pública no mundo

Em 2025 estima-se que 2,3 milhões de pessoas estejam com sobrepeso.

Obesidade é um problema de saúde pública no mundo

O seu controle remoto pode estar contaminado e você nem sabe

Dica de limpeza é usar um pano limpo, de preferência de microfibra, e álcool 70º.

O seu controle remoto pode estar contaminado e você nem sabe

Brasil inicia campanhas de vacinação contra pólio e de multivacinação

Outubro Rosa: mês de conscientização sobre os riscos do câncer de mama

Campanha alerta mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Outubro Rosa: mês de conscientização sobre os riscos do câncer de mama

Por que as crianças sofrem mais com infecções no nariz, ouvidos e garganta?

Diagnóstico e tratamento precoces são essenciais para impedir a recorrência dos problemas.

Por que as crianças sofrem mais com infecções no nariz, ouvidos e garganta?

Insegurança alimentar grave atinge 10,3 milhões de brasileiros

Segundo IBGE, 10,3 milhões de pessoas residem em domicílios com insegurança alimentar grave.

Insegurança alimentar grave atinge 10,3 milhões de brasileiros