Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Tratamento do câncer infantil

Tratamento do câncer infantil

04/11/2005 Da Redação

A falta de conhecimento sobre os sintomas do câncer na infância é um dos principais motivos do diagnóstico tardio, o que prejudica significativamente os resultados do tratamento oncológico.

Para amenizar este problema, a oncologista pediátrica da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Mônica Cypriano, está desenvolvendo um curso de sensibilização e treinamento voltado ao diagnóstico precoce do câncer na infância.
O Curso é direcionado a profissionais e estudantes da área de saúde, como parte do Programa de Educação Continuada do Instituto de Oncologia Pediátrica (IOP) da Unifesp, constituído com o suporte do Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (GRAAC).

Segundo Mônica, os pediatras tendem a não pensar em câncer na hora do diagnóstico. "Há sempre uma lista enorme de possíveis doenças e que são mais freqüentes que o câncer, o que pode retardar sua detecção e prejudicar o início do tratamento".

O fato de o atendimento nem sempre ser feito pelo mesmo profissional durante as consultas também dificulta muito o diagnóstico. Para Mônica, o acompanhamento é muito importante. "Os pais costumam ir a um médico e, se ele não apresenta um diagnóstico preciso logo no início, eles trocam de profissional. E isso só faz retardar a possibilidade do médico diagnosticar o câncer".

A pediatra recomenda também que os pais fiquem atentos a alguns sinais que a criança possa emitir, como queixas freqüentes de dores de cabeça, vômitos, alterações de comportamento, dores ósseas ou articulares, febre prolongada, aumento progressivo de ínguas ou do abdome, entre outros. Apesar de a presença desses sintomas ser comum em várias doenças de menor gravidade, como as viroses e parasitoses, a ida ao médico é fundamental e pode esclarecer o problema.

Fonte: Mônica Cypriano, oncologista pediátrica da Universidade Federal de São Paulo. 



Novembro Azul e a prevenção do câncer de próstata

A próstata é uma glândula de aproximadamente 25 gramas, no adulto jovem, que fica abaixo da bexiga e na frente do reto (parte terminal do intestino).


Mercado de estética cresceu 567% em cinco anos

Especialista afirma que as pessoas buscam cada vez mais saúde e bem-estar, o que impulsiona o setor.

Mercado de estética cresceu 567% em cinco anos

Novembro Azul: Mitos e verdades sobre alimentação e o câncer de próstata

Presidente da ABRAN afirma: “o consumo de determinados alimentos pode sim ajudar na prevenção da doença”.

Novembro Azul: Mitos e verdades sobre alimentação e o câncer de próstata

Campanha Novembro Azul alerta para a prevenção do câncer de próstata

Homens que possuem histórico familiar de câncer de próstata, devem se preocupar com esse fator de risco.

Campanha Novembro Azul alerta para a prevenção do câncer de próstata

Como funcionam as consultas médicas online? Tire suas dúvidas!

A telemedicina facilitou as consultas médicas online, mas ainda gera dúvidas entre os pacientes. Entenda melhor como ela funciona.

Como funcionam as consultas médicas online? Tire suas dúvidas!

Alimentação e câncer de próstata

Saiba qual é a relação entre os dois.


Déficit nutricional pode comprometer a visão no médio prazo

Oftalmologista revela o que as pessoas devem comer para enxergar melhor.

Déficit nutricional pode comprometer a visão no médio prazo

Ministério da Cidadania lança campanha de prevenção ao uso de drogas

Com o conceito ‘Você nunca será livre se escolher usar drogas’, ação foca em jovens de 14 a 18 anos.


Medidas antitabaco diminuíram em 40% o número de fumantes no Brasil

Estimasse que no Brasil tenha 19 milhões de pessoas fumantes, cerca de 9,3% da população.

Medidas antitabaco diminuíram em 40% o número de fumantes no Brasil

Dentes de leite

Os dentes de leite são a principal referência para o sucesso dos dentes permanentes.


AVC é a segunda maior causa de morte entre as mulheres brasileiras

Segundo o Ministério da Saúde, 73.920 mulheres morrem por ano no Brasil em função do derrame.

AVC é a segunda maior causa de morte entre as mulheres brasileiras

Poliomielite tipo 3 é declarada erradicada do mundo

Anúncio foi feito na Suíça no dia mundial de combate à doença

Poliomielite tipo 3 é declarada erradicada do mundo