Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Três programas de saúde para Ouro Preto

Três programas de saúde para Ouro Preto

23/03/2006 Da Redação

O município de Ouro Preto recebeu três dos principais programas do Ministério da Saúde. O ministro Saraiva Felipe inaugurou um CEO (Centro de Especialidades Odontológicas), uma unidade do Programa Farmácia Popular do Brasil e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192). O investimento federal totaliza cerca de R$ 1,3 milhão.

O centro de especialidades de Ouro Preto, que faz parte da estratégia de Saúde Bucal, é classificada como tipo II e tem sete cadeiras odontológicas. No local, trabalharão 12 dentistas, 17 auxiliares de consultório dentário e dois técnicos de higiene dental. Para a inauguração do CEO e do laboratório de próteses, o ministério investe R$ 80 mil e R$ 56,5 mil. Para custeio das atividades, os recursos são de R$ 15,4 mil mensais.

O novo CEO tem capacidade para realizar tratamentos de periodontia (em gengivas); endodontia (canal), cirurgias orais, prótese total, diagnóstico oral, ortodontia preventiva e atendimento de pacientes portadores de necessidades especiais. Em Minas Gerais, além da unidade inaugurada em Ouro Preto, outros 38 centros de especialidades odontológicas já estão implantados. O Ministério da Saúde destinou este ano R$ 3,16 milhões aos CEOs do Estado, que contará ainda com outros 17 CEOs hoje em fase de implantação.

A implantação do Samu/192 resulta de parceria entre o governo federal, a secretaria estadual de Saúde e a secretaria municipal. Com o serviço, cerca de 120 mil pessoas terão acesso ao número de telefone 192, o número nacional de urgência médica. A ligação é gratuita. Serão quatro ambulâncias (três unidades de suporte básico e uma unidade de suporte avançado), que representam investimento de R$ 456 mil.



UFSCar desenvolve aparelhos ortopédicos com custo até 80% menor

Além de mais barata, tecnologia agiliza o processo de produção das órteses

UFSCar desenvolve aparelhos ortopédicos com custo até 80% menor

Novembro Azul e a prevenção do câncer de próstata

A próstata é uma glândula de aproximadamente 25 gramas, no adulto jovem, que fica abaixo da bexiga e na frente do reto (parte terminal do intestino).


Mercado de estética cresceu 567% em cinco anos

Especialista afirma que as pessoas buscam cada vez mais saúde e bem-estar, o que impulsiona o setor.

Mercado de estética cresceu 567% em cinco anos

Novembro Azul: Mitos e verdades sobre alimentação e o câncer de próstata

Presidente da ABRAN afirma: “o consumo de determinados alimentos pode sim ajudar na prevenção da doença”.

Novembro Azul: Mitos e verdades sobre alimentação e o câncer de próstata

Campanha Novembro Azul alerta para a prevenção do câncer de próstata

Homens que possuem histórico familiar de câncer de próstata, devem se preocupar com esse fator de risco.

Campanha Novembro Azul alerta para a prevenção do câncer de próstata

Como funcionam as consultas médicas online? Tire suas dúvidas!

A telemedicina facilitou as consultas médicas online, mas ainda gera dúvidas entre os pacientes. Entenda melhor como ela funciona.

Como funcionam as consultas médicas online? Tire suas dúvidas!

Alimentação e câncer de próstata

Saiba qual é a relação entre os dois.


Déficit nutricional pode comprometer a visão no médio prazo

Oftalmologista revela o que as pessoas devem comer para enxergar melhor.

Déficit nutricional pode comprometer a visão no médio prazo

Ministério da Cidadania lança campanha de prevenção ao uso de drogas

Com o conceito ‘Você nunca será livre se escolher usar drogas’, ação foca em jovens de 14 a 18 anos.


Medidas antitabaco diminuíram em 40% o número de fumantes no Brasil

Estimasse que no Brasil tenha 19 milhões de pessoas fumantes, cerca de 9,3% da população.

Medidas antitabaco diminuíram em 40% o número de fumantes no Brasil

Dentes de leite

Os dentes de leite são a principal referência para o sucesso dos dentes permanentes.


AVC é a segunda maior causa de morte entre as mulheres brasileiras

Segundo o Ministério da Saúde, 73.920 mulheres morrem por ano no Brasil em função do derrame.

AVC é a segunda maior causa de morte entre as mulheres brasileiras